Quinta-feira, 31 de Agosto de 2006
À margem das Festas

Eu, que até já voltei a "acreditar" no Pai Natal e em vacas voadoras (já vi uma... era um brinquedo, é certo, mas voava), ainda continuo a surpreender-me com certos disparates que ouço!
E, quando vejo um(a) "Carranca", nem queiram saber!
Para quem tenha esquecido, "carranca" é um substantivo feminino que significa o mesmo que "cara feia; semblante carregado ou sombrio; mau aspecto; cara de pedra, madeira ou metal que serve de adorno em construções; máscara"...
A que propósito vem isso, perguntarão vocês?
Ok, eu sei que já devia ter-vos dado conta deste disparatado episódio, ocorrido na noite de 25 de Agosto, mas preferi ponderar se valia ou não a pena fazê-lo. Decidi comparti-lo convosco e, por isso, passo a explicar!
Em Paço de Arcos, há certas famílias históricas, a maioria das quais me merece todo o respeito... Porque o são, mas não o apregoam aos quatro ventos. Outras, não o sendo, querem fazer-se passar como tal e o "alarido" acaba por ser "ensurdecedor".
E falam "tão alto" que até se esquecem que "as paredes têm ouvidos" ou, como no presente caso, que quem está a seu lado até podem ser ( e são ) meus Grandes Amigos!
Saía eu e a minha mulher do beberete de inauguração das Festas em honra do Senhor Jesus dos Navegantes, quando me deparei com um casal conhecido, a quem respeitosamente, como sempre, cumprimentei.
Não trazia nenhuma máscara, não vinha de semblante carregado nem fiz nenhuma cara feia, enfim, não tinha "carranca"!
Eu bem via os meus Amigos a fazerem-me sinais... mas, primeiro, estava o dever de civilidade!
E não é que, para meu espanto (ou talvez não...), fiquei a saber de mais uma "estória parva" neste "reino da Arcolândia"?
Isto porque, o dito casal (acompanhado pelo casal Messias... que não se manifestou) comentava que "eu devia era ter vergonha na cara, pois já não sendo Presidente da Junta, não tinha nada que ir ao beberete"...
Ora essa!
Então eu e a minha mulher somos convidados, aceitamos, estamos presentes - sem estrilho nem comentários (por enquanto) - e somos acusados de "penetras" e "sem vergonha"?
Ao que chegámos?!
Eu é que pergunto: Esse casal não tem vergonha na cara? Se não tem, eu posso recordar-lhes um episódio ocorrido há largos anos, com uma funcionária da Junta de Freguesia na Delegação de Caxias...
E andei eu a preocupar-me, a contactar e a saber do estado de saúde dos dois, quando em diferentes ocasiões passaram por momentos menos bons...
Para quê? Para ouvir destas? Para merecer-lhes esta "consideração"?
É ou não motivo para uma grande "Carranca"?
Assim, para que não restem dúvidas no espírito deste "histórico" casal, reproduzo abaixo cópia - frente e verso - do convite gentilmente enviado pela Comissão de Festas...

0006g4dk    0006h0gz

E, já agora, para calar possíveis novas "línguas viperinas", deixo também cópia do convite para o jantar de encerramento!

0006k66b
(Clicar em todos, para ampliar)



Publicado por rui.freitas às 01:49
Link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 28 de Agosto de 2006
Obrigado, Amigo Políticopata!

0005c6yb

O Meu Caro (e desconhecido) Amigo "Políticopata" (cuja foto actualizada reproduzo acima), acaba de surpreender-me com a colocação de um "post" no seu famosíssimo "blog" acerca da minha pessoa.
Sem falsas modéstias e porque tenho a consciência absolutamente tranquila pelo trabalho que desempenhei ao serviço de Paço de Arcos, não resisto a sugerir-vos a leitura do mesmo.
Basta clicarem aqui...
Ao Amigo "Políticopata", o meu mais sincero Obrigado!



Publicado por rui.freitas às 18:04
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 25 de Agosto de 2006
Conto com a vossa opinião...

Depois de alguns dias de confusão, desorganização e desavenças entre Feirantes e membros (?) da Comissão, começam hoje as Festas em honra do Senhor Jesus dos Navegantes 2006.
Tenho andado por ali, escutado algumas "queixas" e comentários, apreciado a colocação das tendas, "barraquinhas" e roulotes no terreno e, no que a tal se refere, tenho a minha opinião.
Quanto ao que vai acontecer a partir de hoje, só no dia 4 de Setembro, naturalmente, se poderá fazer o balanço final que, espero sinceramente, seja positivo, para bem do bom nome de Paço de Arcos.
Para já, a única coisa que vos posso adiantar, é que se confirma a presença do "grupinho itinerante" que, numa "barraquinha" de "comes e bebes", anda a "rodar" as Festas em todo o Concelho de Oeiras.
Como vos disse, tenho a minha opinião formada desta fase crucial da montagem das Festas. Todavia, e como compreenderão, não quero, não devo e não posso divulgá-la aqui - pelo menos, para já -, sob pena da mesma, se positiva, levar à desconfiança de alguma ironia da minha parte ou, sendo negativa, proporcionar aos meus detractores "matéria" suficiente para me acusarem, mais uma vez, de provocar "guerrilhas" apenas por "dores de cotovelo".
Assim, respeitando o título deste "post", solicito aos habituais visitantes do meu "blog" e a todos quantos o venham a ler, que exprimam livre e sinceramente a sua opinião, deixando o seu comentário (identificado ou anónimo) sobre o desenrolar das Festas 2006.
Agora, estou mesmo a falar sério!



Publicado por rui.freitas às 16:47
Link do post | Comentar | Ver comentários (10) | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 23 de Agosto de 2006
Recebi, sim senhor!

Tendo já recebido, com todo o gosto, os convites que me foram dirigidos pela Paróquia de Paço de Arcos e pela Direcção da Associação "Paço de Artes" (aos quais aproveito, desde já, para agradecer e confirmar a presença), venho publicamente confirmar, também, o convite que me foi hoje endereçado pela Comissão de Festas em honra do Senhor Jesus dos Navegantes, para o beberete de inauguração que terá lugar no Restaurante "Arte & Tapas", ao qual certamente comparecerei.
E, como vou continuar a "andar por aí" durante os dez dias dos festejos da terra que me "adoptou", espero ser igualmente bem recebido no beberete de encerramento... Apesar de ainda não saber se será no mesmo local !



Publicado por rui.freitas às 23:18
Link do post | Comentar | Ver comentários (12) | Adicionar aos favoritos
|

Afinal, o meu "blog" é didáctico!

Caros leitores,
Sete meses depois de o ter "criado", cheguei à conclusão - que já desconfiava - de que este meu simples e despretencioso "blog", através do qual apenas vos transmito a verdade, só a verdade e nada mais do que a verdade, começa a ter uma função didáctica!
Recordam-se que, no dia 19, sob o título "Mais novas da... Arcolândia", referi a existência de duas "caldeiras" junto ao "Arte & Tapas" que estavam por calcetar?
Pois não é que, passados "apenas" três dias... uma delas (mas só uma), já estava devidamente calcetada, hoje à tarde?
A outra, também constitui perigo para os transeuntes e utentes daquele estabelecimento, mas, como está mais "escondida", deve ter sido esquecida. Digo eu, que sou "má língua"!
Já não é a primeira vez que, quem manda, "emenda a mão"... mas desta vez, não pude conter-me sem vos contar!
Afinal, o meu "blog" sempre é didático e "obriga" à reacção de quem anda "distraído".
Valha-me isso...



Publicado por rui.freitas às 00:58
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Terça-feira, 22 de Agosto de 2006
De Espanha, sempre vem "bom vento"...

Quem comigo priva mais de perto, conhece o quanto aprecio Espanha para gozar todos os períodos de férias possíves.
Mas, muitas vezes - diria mesmo, demasiadas vezes -, tenho que admitir que nos deixamos "subjugar" por Espanha, pelo simples facto de que, aos mais diversos níveis (sobretudo, o económico), o país vizinho está sempre vários passos à nossa frente.
Continuamos a provar ao Mundo que, nós, portugueses, somos capazes das maiores façanhas, "damos cartas" nas mais variadas áreas, somos campeões do "desenrasca" e, nas coisas mais simples, somos incapazes de nos "desenrascar". E explico porque o digo!
Desde o ano passado (porque transpiro que nem um desalmado até no Inverno, quanto mais de Verão) que ando a tentar instalar um aparelho de ar condicionado em minha casa. Não porque tenha "enriquecido" subitamente, mas sim porque os preços já começaram a ser acessíveis ao meu "bolso". E ando, desde o ano passado, a tentar encontrar uma empresa que me instale o desejado aparelhinho... Sem resultado!
Este ano, como os "abençoados refrescadores" estão ainda mais ao alcance do meu orçamento, decidi: é desta!
Fui a uma grande superfície, onde o preço era tentador... mas, montagem, só lá para as calendas!
Falei com amigos que conheciam outros amigos e, entre outras peripécias, aconteceram-me estas: um amigo de outro amigo montava ares condicionados, e pensei: estou safo!
Pois... só que o amigo do meu amigo só trabalhava com "aquela" marca de ar condicionado e, entre aparelho e montagem, a coisa ficava-me quase em 1.300 euros!
Outro amigo que tinha um amigo, cedeu-me um folheto de uma empresa que vendia e/ou montava ares condicionados. Pelos preços, pareceu-me uma boa opção. E lá liguei para o n.º publicitado... E nada! Dois dias depois, voltei a ligar, deixei mensagem... E nada!
Como o "arzinho fresco" me faria jeito, insisti e lá me atendeu o pai do "meu contacto" mas, como o filho estava de férias, só dois dias depois me poderia dizer "alguma coisa". Lá esperei os dois dias... E nada!
Felizmente, lembrei-me de "apelar" para o "e-mail" indicado no folheto... E, espanto dos espantos, três dias depois recebi de volta uma mensagem electrónica que dizia mais ou menos isto. A nossa empresa não tem, de momento, capacidade de resposta para os pedidos, pelo que o aconselhamos a dirigir-se à Makro (passe a publicidade), onde algumas marcas têm os contactos das empresas que montam os seus aparelhos"...
Desesperado com o calor sufocante, assim o fiz! E era, verdade: junto a aparelhos de duas ou três marcas, lá estavam os pequenos cartazes com os números de telemóvel das empresas encarregues da montagem dos mesmos.
Anotei e, no dia seguinte, liguei para uma delas... E Nada! O telemóvel tocava, tocava, mas ninguém atendia!
Numa outra, apenas uma mensagem que dizia: "de momento, o número do telemóvel que pretende contactar, não está disponível"... E andei nisto quase uma semana!
Há pouco mais de 15 dias, já desinteressado e convencido que deveria ser "castigo dos deuses" não conseguir ter um ar condicionado em casa como qualquer simples mortal, entrei no Carrefour (passe a publicidade, novamente) e, um desses "deliciosos aparelhinhos" decidiu "olhar para mim... e eu para ele". Curiosamente, o preço até era dos mais "simpáticos que havia encontrado, tendo em conta que tinha uma potência de "12.000 btu's" (não faço ideia o que seja, mas era o que me tinham aconselhado, quando eu já me contentava com um de 9.000). Falando com um responsável dessa secção, lá me foi explicando as vantagens de uns (até vieram entregar a casa) e desvantagens de outros, até que lhe "disparei" a fatal pergunta: "e os Srs, encarregam-se da montagem?". Que sim senhor - dizia o funcionário -, mas isso é feito por outra empresa e demora aí uns 10 dias.
"Não cabendo em mim de contente", voltei a perguntar: "só?"...
Bom, disse-me ele, como agora é período de férias (quem terá inventado o mês de Agosto?), talvez uns 15 dias...
Passados 12 dias, falando com uma amiga que tinha um amigo nesse sector, lá consegui - à boa maneira portuguesa - "meter-lhe uma cunhazita" para apressar o "processo". No dia seguinte (vêm como a "cunha" funciona?), alguém me ligou para o telemóvel a confirmar a montagem do "sagrado" aparelhinho para hoje... E nada!
Ao final da tarde, outro contacto para o telemóvel (agora, da empresa encarregue da montagem da marca que eu havia comprado), a perguntar-me se podiam vir montar o ar condicionado... amanhã!
Que já tinha sido contactado para o virem montar hoje... Que não foram eles a contactar-me... Enfim, um desencontro que não entendi bem. Mas, o essencial, é que amanhã, quarta-feira, dia 24 de Agosto do ano de 2006 depois de Cristo... espero ter O MEU TÃO DESEJADO APARELHO DE AR CONDICIONADO MONTADO E A FUNCIONAR!

Vamos agora ao porquê da Espanha "entrar em cena" neste episódio.

Segundo este meu último interlocutor, o Carrefour envia um e-mail para Espanha a comunicar a venda e necessidade de instalação;
No dia seguinte, de Espanha, é enviado um e-mail à empresa encarregue da montagem, para que a vá efectuar a casa do cliente.

Será que percebi bem? Quase não queria acreditar!
Portugal pede a Espanha a montagem de um simples aparelho de ar condicionado e Espanha dá ordem a uma empresa portuguesa para o fazer?

Depois, pensei que o "estúpido" era eu, pois há alguns meses, ao lavar o carro numa daquelas máquinas com fitas rotativas, "colei" mal a antena ao tejadilho (pois esta, calcificada, não saía) e... pufffffff! Lá se foi a antena!
Dirigi-me a um representante da marca e... espanto dos espantos, outra vez: Que sim senhor, mas tinha que aguardar dois dias, pois tinham de encomendar uma antena à Citroen espanhola e aguardar o camião TIR que a traria. E, quando digo "uma antena", estou a dizê-lo no sentido literal da palavra!
Essa empresa encomendou - apenas - uma antena (que me custou menos de cinco euros) ... nada mais!

É caso para perguntar (eu, que até gosto de Espanha): "Ao que chegaste, Portugal... meu POBRE PAÍS!?"



Publicado por rui.freitas às 23:31
Link do post | Comentar | Ver comentários (8) | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 21 de Agosto de 2006
Três meses para responder... mais um para "viajar" entre Paço de Arcos e Caxias

0006fh4p   (clicar, para ampliar)

Foi acompanhado por este Ofício, datado de 10 de Julho (porque não me entregou na Assembleia passada?) mas recebido a 11 de Agosto (conforme podem confirmar no Livro de Protocolo), que me chegaram às mãos as "respostas" às cinco questões constantes de outros tantos Requerimentos que a Bancada do Partido Social Democrata na Assembleia de Freguesia de Paço de Arcos endereçou - através da Mesa - ao Sr. Presidente da Junta.
Analisemo-los, então!

De uma "assentada" e num único Ponto, o Sr. Presidente e restante Executivo (à excepção do Vogal Abrunhosa), "respondem" a três dos cinco Requerimentos feitos pela Bancada PSD e, curiosamente, através do Ponto 3 da Acta n.º 10/2006, de 18 de Abril, precisamente nove dias antes do PSD formular sequer esses mesmos pedidos!
Para "tirarem as dúvidas", cliquem na imagem abaixo e leiam com atenção...

0006a5ke   (extracto da Acta n.º 10/2006, de 18/4)

Ou seja, o Executivo "considerou nula a celebração de dois contratos feitos pelo Sr. Presidente". Como houve três votos contra em quatro presenças, presumo que o único "voto favorável" foi o do Sr. Presidente!?
Só não explica (como é claro nos Requerimentos), com quem "foram" celebrados, em que moldes estavam elaborados, razões para as contratações, etc., etc., etc.
Vejamos, então, a "ilegalíssima" questão dos 5.000 euros... que se "transformaram" em 4.300 + 608,99 + 91,01 euros!
Para começar, o depósito dos 4.300 euros (e não 5.000) foi feito (em "numerário", claro) no dia 5 de Abril. Mas, o que eu acho "engraçadíssimo", é o facto (?) das compras de "material para obras" (608,99 €) e o depósito (também em "numerário) dos 91,01 euros, estarem datados de 28 de Abril, exactamento no dia imediato à entrada dos Requerimentos do PSD na Mesa da Assembleia de Freguesia. Não acham "damasiada coincidência"?
E que tinha o Sr. Presidente que efectuar compras de "material para obras" com dinheiro do seu bolso e sem que tal acto fosse aprovado pelo restante Executivo?
Além disso, também não me foi fornecido o "documento de entrada" dos 5.000 euros nem cópia da Acta em que tal atribuição foi (será que foi?) comunicada ao Executivo...
Como sempre falo a verdade e me baseio em provas, elas aqui ficam também!
Basta clicar... para comprovarem.

0006bcfk    0006d6kh    0006ckp5

Ainda reportando-me ao segundo parágrafo do Ponto 3 da Acta atrás referida, achei também curioso que o Executivo considerasse "no mínimo irregulares" outros "factos praticados pelo Sr. Presidente ou por ordem sua", pois eles são inequivocamente ILEGAIS!
Apesar das "desculpas e justificações" do Sr. Presidente (que até usou o seu "voto de qualidade" para "fazer passar" a ilegalidade), pode ler-se que os eleitos pelo PSD votaram contra (como lhes competia) e os Srs. Presidente e Secretário votaram a favor. Já agora, o Sr. Secretário, "malgré" a sua "declaração de voto", deveria saber bem que as "situações mais complexas" consubstanciam mesmo um grave ilícito.
A propósito de ter dito entender "não haver falta de dinheiro" (leia-se: os 5.000 euros acabaram por "aparecer" na sua totalidade), recordo que eu próprio disse em Assembleia de Freguesia (está em Acta e gravação) "não acreditar que o Sr. Presidente tivesse metido um cêntimo ao bolso". Mas que é ilegal, lá isso é!
Ficam, assim, para vos explicar, os Relatórios da Delegação de Competências referentes ao 4.º trimestre de 2005 e 1.º trimestre de 2006.
Por hoje - e para criar algum "suspense", "Fónix" -, fico-me por aqui, não sem antes relembrar que o Sr. Presidente da Assembleia AINDA NÃO RESPONDEU aos dois Requerimentos feitos pela Bancada do Partido Social Democrata, em 27 de Abril de 2006. Será neste século? 



Publicado por rui.freitas às 00:10
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 20 de Agosto de 2006
Finalmente, o Programa "oficial...

000655y6   (clicar, para ampliar)

Para que não me "acusem" de não fazer publicidade às Festas em honra do Senhor Jesus dos Navegantes (já que no "site" da Junta... nem vê-las), reproduzo aqui o Programa "oficial" a que, finalmente, tive acesso... num Restaurante da terra.
No essencial, não houve notórias alterações em relação ao publicado na "A Voz de Paço de Arcos", salvo que "desapareceu" o "Hip Hop" e "apareceram" os "Palhaços"...
Ah! E também se confirma a Homenagem ao patrão Lopes e D. Leonor, as Regatas, os Torneios Desportivos na Praia, a inauguração com a Fanfarra dos nossos Bombeiros e o Espectáculo Piromusical, a encerrar!
Leiam bem porque já não repito...

Sexta-feira - 25
22H00 - Abertura Oficial das Festas com a Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos
22H15 - Grupo “Ai a dança” - Espectáculo de dança com Rumba, Sevilhanas e Salsa – Palco da Feira
Sábado - 26
14H00 - Regata “Patrão Lopes” - Vela, em frente ao Centro Náutico - Org. CDPA
16H00 - Garraiada na Praia Velha
18H00 - Inauguração da Exposição de Pintura “Salão da Vila” - Org. Associação Artistas Plásticos “Paço de Artes” e Junta de Freguesia de Paço de Arcos
(Horário: domingos - 16h às 23h * restantes dias - 20h às 23h)
(Já agora, recordo que o “1.º Salão da Vila” se realizou a 28 de Agosto de 2004)
18H30 - Tarde Infantil com Palhaços e Fantoches no Coreto
22H00 - Banda “Café com Leite” – Noite de animação e recordações no Palco da Feira
Domingo - 27
10H00 - Homenagem ao “Patrão Lopes” junto ao monumento do Herói
10H10 - Romagem ao túmulo do “Patrão Lopes” e à campa de D. Leonor Faria Gomes - Cemitério de Oeiras
11H00 - Regata “Patrão Lopes” - Vela, em frente ao Centro Náutico - Org. CDPA
17H00 - Bênção das embarcações na Baía da Praia Velha de Paço de Arcos
17H30 - Sardinhada oferecida aos Atletas e Participantes nas Regatas “Patrão Lopes” - no Centro Náutico - seguida de distribuição de prémios
22H00 - Actuação da Banda “Grupo Solidariedade Musical de Talaíde” - Coreto
Segunda-feira - 28
22H00 - Noite Africana - Actuação da Banda “Chico Barata” - Palco da Feira
Terça-feira - 29
22H00 - Actuação de Ronalda, irmã de Cristiano Ronaldo, que irá apresentar em 1.ª mão o seu último trabalho discográfico “Tudo para te amar” - Palco da Feira
Quarta-feira - 30
22H00 - Grande Noite do Fado com a colaboração dos seguintes artistas: Linda Rosa, Carlos Madureira e Ana Camacho acompanhados à guitarra por Pinto Varela, à viola por Ribeiro Cardoso e à viola baixo por Jorge Sebastião. No final haverá uma pequena sessão de Fado Vadio - Palco da Feira
Quinta-feira - 31
21H00 - Actuação do categorizado “Grupo Gerações” dirigido pelo maestro Dr. Mário Santos - Igreja de Paço de Arcos
22H00 - Noite da juventude com a actuação da banda “Pop Korn” que apresentará temas dos “U2”, “Xutos”, “Red Hot” e outros - Palco da Feira
Sexta-feira - 1
21H00 - Noite Portuguesa - Actuação do Rancho Folclórico “Macanitas de Tercena” – Coreto
22H00 - Dulce Guimarães, grande cançonetista portuguesa que apresentará o seu último trabalho discográfico composto por temas populares e ritmos contagiantes - Palco da Feira
Sábado - 2
19H00 - Torneios de Futsal, Vôlei e Beach Tennis na praia de Paço de Arcos
21H00 - Noite Popular - Actuação do Rancho Folclórico de Vila Fria - Coreto
22H00 - Actuação do grupo “Canta e Dança” do CCD de Oeiras - Palco da Feira
Domingo - 3
10H00 - Campeonato Regional de Kayak de Mar - II, K1 e K2, inserido no troféu “Patrão Lopes”, no Centro Náutico - Org. CDPA, com o apoio da Ass. de Canoagem da Bacia do Tejo
12H00 - Distribuição dos Prémios no Centro Náutico
17H30 - Tarde Dançante - Baile Sénior abrilhantado pela banda “Onda Nova” no Ringue
(a mesma banda que animava “outras” Tardes Dançantes)
19H00 - Actuação do Grupo Coral “Externato António Sérgio” de Beringel
(de volta às Festas, ao fim de sete anos)
19H00 - Torneios de Futsal, Vôlei e Beach Tennis na praia de Paço de Arcos
22H00 - Baile de Encerramento abrilhantado pelo conjunto “Real Idade”
24Hoo - Encerramento das Festas com magnífico espectáculo Piromusical pela Pirotecnia Oleirense


Publicado por rui.freitas às 20:12
Link do post | Comentar | Ver comentários (5) | Adicionar aos favoritos
|

Sábado, 19 de Agosto de 2006
Mais "novas" da...

0005yz5f   ... "fresquinhas"!

Há uma coisa que este vosso "humilde escriba" tem de admitir publicamente: a culpa de não ir, mais assiduamente, tomar um cafezinho ao centro do "reino". "Pecado" que prometo desde já tentar remediar...
Quanto mais não seja, para apreciar a recatada passeata do "Conde de Costa Pinto" pelo recinto dos festejos que hão-de comerçar - se Deus e "quem manda" quiser - de hoje a oito dias!
Comigo estava um "plebeu" que me questionou: "este não era o tal que, não há muito tempo, se queixava na Assembleia do "Reino" que a pedra n.º 489.587 estava deslocada do seu lugar"?
Pois era, confirmei eu! E depois?
E depois? "Então ele ainda não viu que as caldeiras das árvores arrancadas em Maio passado - junto ao 'Arte & Tapas' - continuam por calcetar, podendo provocar - como ele tanto se queixava - a queda de qualquer idoso ou criança" Sobretudo agora, que se aproximam os "festejos"?
Fiquei a matutar na pergunta e não consegui responder-lhe, vindo-me apenas à memória que, de facto, o meu "plebeu" Amigo tinha razão. Eram tantas as queixas, tantas as anomalias milimetricamente apontadas, que não resisti a associar as antigas reivindicações aos actuais "nins"! A ponto do "Conde" nem ter estado presente (por razões que só ele saberá), na reunião de Executivo que "obrigou" o Sr. Presidente da Junta a fazer "marcha atrás e usar o seu voto de qualidade", no caso dos 5.000 euros! (Depois, "mostro-vos" o documento em questão).
Nada que mais um "queijo Limiano" não resolva! Sobretudo, no momento em que o seu "chefe" decidiu aceitar "funções" tão "generosamente atribuídas".

Como "continuei a andar por ali", fui escutando a sabedora voz do povo e, confesso-vos que fiquei convencido que não há limites para a capacidade de me surpreenderem!

Sabeis vós porque é que os Escuteiros foram "escorraçados" do "recinto dos festejos" (tal como já ocorrera nos idos de 1996, e que motivou uma "guerra" entre a Autarquia e o então Padre Armando Duarte), só resolvida em 1998?
Nada mais nada menos que o (falso) facto de que o grelhador lançava para o parque infantil perniciosas fagulhas. Que pobre argumento! Nunca tal se ouviu!
Pois se os Escuteiros possuíam um pequeno grelhador, colocado atrás do Coreto "do jardim real", protegido por grandes placas de contraplacado e bem distante do parque infantil, como é que o mesmo era prejudicado? Ele há coisas...

Só espero que voltem a repetir o gesto de há dez anos... passeando-se, "acorrentados" e empunhando "papiros" ilustrativos, pelos "jardins do reino"!
Mas mais:
Sabeis vós, simples "gentalha", que a "agência de empregos" que se pretendia instalar na "corte" se transferiu para a "clubística instituição do reino"?
Ah! Não sabiam!
Expliquem-me, então, como é que a Sra. Dra., filha de "D. Amarelo de Figueirão", impedida que foi por este "escriba" de integrar a "corte", é agora "assalariada" contratada pela novel equipa directiva do Clube do "reino"?
Ele é que há coisas, não é?
Dizem-me que, na "queijaria real", o "limiano" está a vender-se quem nem "água"!
Pudera...



Publicado por rui.freitas às 01:21
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Só duas pequeninas notas...

Dei hoje uma primeira "vista de olhos" aos documentos que o Sr. Presidente da Junta me enviou... E, surpresa das surpresas, só uma pequeníssima parte das minhas perguntas estava respondida!
Amanhã (hoje) sábado, vou comparar as perguntas com as respostas e cá voltarei para vos explicar... caso a caso!
Fiquei com a impressão de que, para as minhas mais "quentes" perguntas, não há resposta.
Mas vou ler atentamente os documentos... antes de fazer mais comentários!
Para "memória futura", deixo-vos a resposta obtida da Inspecção-Geral do Território. O resto, virá depois!

00060hxs   (clicar, para ampliar)

Ah! Já me esquecia: Hoje, às 15H45, o carro do Sr. Presidente da Junta estava estacionado junto ao Pavilhão do CDPA... não frente à Junta de Freguesia!



Publicado por rui.freitas às 01:03
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 18 de Agosto de 2006
Às "nozes", juntam-se "mais vozes"...

0005zy40   com a devida vénia a:

http://www.cavalonet.com/loja_online/loja_online4.php

A muito custo, caros leitores, consegui obter finalmente uma fotografia do "intrépido cavaleiro" "D. Amarelo de Figueirão", defensor da "honra e autoridade" de "El Rei D. João Serrano", "regente-mor" do reino da "Arcolândia".
Isto porque, pensava eu que a confirmação por duas "fontes" fidedignas, era suficiente para garantir a veracidade do "édito" ontem publicado neste "blog".
Qual não é o meu espanto, quando hoje sou confrontado com a mesma versão (algo mais refinada) proveniente de outras "fontes". E, ao que me disseram, "já todo o Paço de Arcos sabe da história"!
É que, "D. Amarelo de Figueirão" - do alto da sua "importância" - não queria deixar descarregar as "tendas que se destinavam aos festejos reais", dizia-me um...
Indo logo fazer "queixinhas" a "El Rei" que, por simples acaso, se encontrava a dormitar no novo "cadeirão clubístico".
Quem não gostou mesmo nada - garantem-me - foi "D. Arnold So Ares", que na "taverna" se queixou aos amigos de mais este negro episódio perpetrado e engendrado por "D. Figueirão", cuja omnipresença começa a desagradar-lhe cada vez mais!
Impávido e sereno, "El Rei" vai deixando "andar o barco", percebendo agora este "humilde escriba" o porquê da sua reacção, quando nos idos de 2005 D. C. o questionou se, por razões da sua saúde, não seria melhor assumir a "regência clubística" do que a "regência do reino".
Na altura, como se recordam (e está por aí escrito), "D. João Serrano" retorqiu-me que "nas lides clubísticas não ganhava, mas nas lides do reino sim"... (400 mil reis, pois os descontos são irrisórios).
Nada de mais verdadeiro! Será?
Mas, nem de propósito, quando hoje levei a minha "quadriga" ao "ferrador", um "plebeu" questionou-me sobre "o que andava a fazer D. João Serrano", pois que "lhe havia assegurado ir acabar com os pombos 'residentes' em terras de J. Pimenta", "reforçar a potência e número de candeeiros" de ruelas e veredas mas, agora, depois de eleito "S. Majestade", lhe havia respondido que... "isso é impossível"! (Ainda se fosse um filmezito com "donzelas em trajes reduzidos", dava-se um jeito - digo eu - mas acabar com os pombos e colocar mais e melhore candeeiros... isso já é pedir demais!)
E perguntei-lhe eu, "humilde escriba":
Foi com base nessas obviamente falsas promessas que "impuseram a coroa" a "El Rei"?
"Acaso alguem é suficientemente ingénuo para acreditar em 'promessas' tão inconsistentes"?
Pelos vistos, sim, senão, "El Rei D. João Serrano" não teria sentado o "dito" nesse e no outro "cadeirão".
Agora, aguentem-no!



Publicado por rui.freitas às 00:31
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Quinta-feira, 17 de Agosto de 2006
Era uma vez, na...

 0005yz5f   (terra imaginária de duendes, sem fadas)

Como todas as histórias de "crianças", também esta começa pelo habitual "Era uma vez..."
"Já só faltavam nove dias para as grandes Festas do Reino e, atarefados, os "escravos" andavam "numa fona" a ultimar os preparativos para que tudo estivesse conforme os desejos de "Sua Majestade". Os "nobres senhores", que agora já não eram um, nem dois, mas sim três, cuidavam para que nehum pormenor fosse descurado, menosprezado, esquecido..., não fosse "El Rei" descortinar alguma falha e, como castigo, indicar-lhes o caminho das masmorras.
O primeiro "
nobre", "Conde de Costa Pinto" - directamente nomeado por "D. João Serrano" -, assumira a responsabilidade directa pelos "reais festejos", mas o súbito aparecimento do "Marquês de Bivalves" (agora com nova "montada 4 x 4"), cuja grande influência na "capital do reino" era notória e conhecida, veio contribuir para "ofuscar" e complicar o seu denodado trabalho, razão pela qual o seu sono - até então repousante e repousado - passou a ser ensombrado por "terríficas" visões de "perda de autoridade"!
E com razão, diga-se em abono da verdade, já que o "arauto" contratado para descrever as cerimónias, a "plebeia" encarregue de insuflar os coloridos balões e alguns dos "históricos saltimbancos" que há mais de três décadas animavam o terreiro dos festejos, deixaram de ser quem ele queria, por "ordem" do "
Marquês".
Como se isto não bastasse, entrou na liça o quase septuagenário mas dilecto amigo de "
El Rei", "D. Amarelo de Figueirão" que, no passado sábado, de "papiro-notas" debaixo do braço e acompanhado de perto pelo seu fiel "escudeiro" "D. So Ares de Breu"  - perante o olhar deste vosso "humilde escriba" (que se encontrava em amena cavaqueira com "D. Nando Gordinho") - "vistoriaram o nobre terreiro dos festejos", saudando ostensivamente os plebeus e plebeias que por ali se regalavam com os derradeiros raios de sol do fim da tarde.
Quatro dias depois, certamente desagradados como que viram, "desembainharam espadas" contra os dois "mandantes" dos folguedos, vociferando "
D. Figueirão" contra os "nobres" que mais directamente privam com "El Rei" (na "corte" e não no "grupo clubístico"), aos quais pouco faltou para acusar de "traidores" dos ideais de "Sua Majestade".
Só que, tais dislates chegaram aos ouvidos do "
Conde de Costa Pinto" mas, pior do que isso, feriram igualmente os ouvidos de "D. Arnold So Ares", o qual, tomando-se de brios, inquiriu o próprio "D. João Serrano" acerca de tal "intromissão" (que, aliás, se vem repetindo com crescente frequência e nos mais díspares sectores da "corte").
E que fez "
El Rei", perguntam-me vocês?
Do alto do seu novo "trono"
(leia-se "cadeirão") onde dormitava, comunicou esse facto (nesse tempo, não existiam telemóveis) a "D. Figueirão", o qual, por sua vez, pretendeu tirar "desforço" com o "Conde" e "D. Arnold" (este último, já algo farto dos disparates de "D. João"), a ponto dos "Guardas do Reino" (leia-se Polícia de Segurança Pública, que também "não existia" ainda) ter entrado em acção por ordem de "El Rei", tendo valido - felizmente para o "reino", a calma e serenidade habituais de "D. Arnold" e do "Conde de Costa Pinto".
Por isso, e só por isso, não estamos agora a lamentar um vergonhoso e quase inevitável "duelo mortal" entre "nobres verde-alface" e um "nobre verde mais escuro"...
Se, na época em que este escriba com a sua "pena" passa a papiro tão ignóbil episódio existissem telenovelas, quase se atreveria a escrever :
"Aguardem as cenas dos próximos capítulos"! Haverá "sangue"? "Rolar de cabeças"?
A "coisa" promete...



Publicado por rui.freitas às 00:08
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 16 de Agosto de 2006
Só podiam ser "Namorados"... se sempre estiveram tão próximos!

0005wp7b   (clicar, para "entender")

Ele há coisas que "o Império tece" que a nós, simples mortais, nos custa "entender", mas que a cartografia permite "explicar".
A alentejana Vila de Beringel (Distrito e Concelho de Beja), terra natal do Sr. Presidente da Junta, está ali "paredes-meias" com o Município de Mértola.
Mas isso é o menos... pois, "fazendo download ao meu chip de memória" acabei por lembrar-me que, nas minhas andanças jornalísticas pelo País, havia há muito dado conta da antiga "paixão" entre "João Serra" e a "Ribeira de Oeiras". Amor "arrebatado", certamente, que o tempo acabou por "abençoar", nos idos de 1986!
Olhando o mapa, constatei outra feliz coincidência que, afinal, justifica a inabalável "paixão" de "João Serra" por "Oeiras"!
E, para que os leitores não duvidem que, mais uma vez e sempre falo a verdade, aqui vos deixo - devidamente destacado a "verde-alface" -, a prova provada daquilo que afirmo!
Cliquem na imagem e constatem que, afinal, "João Serra" e a "Ribeira de Oeiras", há muito que são "Namorados".
O único possível obstáculo a este mui justo enlace é que, pelo meio, surge um "aborrecido" "Corte de Pão e Água"...

Isto é que ele há coisas... Não?



Publicado por rui.freitas às 19:53
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Terça-feira, 15 de Agosto de 2006
Erro meu dificultava comentários

Alguns Amigos comunicaram-me que, nas últimas duas semanas, não puderam colocar os seus "comentários" neste "blog", o que eu, aliás, já começava a estranhar.
Afinal, ao que parece, o "erro técnico" foi meu, pois ao fazer alguns acertos na configuração, "presumo" que acabei por dificultar a vida a quem, habitualmente ou não, comenta os meus "posts", quer com nome, quer com pseudónimo, quer anonimamente.
Com o meu sincero pedido de desculpas pela "nabice", julgo que, a partir de hoje, tudo voltou à normalidade.
Se calhar, foi efeito do calor, porque férias só daqui a um mês!



Publicado por rui.freitas às 00:50
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Pensava eu que as "trapalhadas" eram exclusivo da nossa Junta

Afinal, vejo que não!
Em verdadeira encenação e propaganda, o governo PS assumiu o compromisso de, a tempo e horas, mobilizar meios terrestres e aéreos, civis e militares, humanos, logísticos e financeiros para um eficaz combate aos fogos em 2006.
E o que vemos, infelizmente?
Que, afinal, não era assim tão "simplex"!
O balanço final ainda não foi feito (nem podia ser), mas já o ministro António Costa entrou em contradições: no dia 3 de Agosto, diz que ainda é cedo para "balanços", para dez dias depois já os estar a fazer...
Mas, como tudo estava tão "certinho", também acabou por "estalar o verniz" entre o MAI, MAmbiente, ICN e Parque Nacional...

(Ler notícias em JN):
- http://jn.sapo.pt/2006/08/13/nacional/ambiente_responde_mai.html
- http://jn.sapo.pt/2006/08/14/nacional/prevencao_produziu_resultados_deseja.html
- http://jn.sapo.pt/2006/08/13/nacional/ambiente_responde_mai.html



Publicado por rui.freitas às 00:35
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 14 de Agosto de 2006
Quem não se sente...

Caros leitores, palavra de honra que, acima de tudo, o que me interessa é que a Junta realize obra em prol da população.
Todavia, não consigo deixar passar "em branco", três situações referidas na "Informação" referente ao segundo trimestre deste ano.
É certo que foi neste segundo trimestre que as "conquistas" foram obtidas por este Executivo. Mas, para que conste e porque não gosto de "engolir sapos", deixo à vossa consideração estes três casos:
Colocação de "sinal de rua sem saída" na Rua das Pias, na Terrugem (foto abaixo)!

0005gqw0   (clicar, para ampliar)

Para que saibam, a colocação deste sinal havia já sido solicitada (a 28-06-05) no meu mandato ao Sr. Vereador Luís Pires, a quem enviei a presente foto-montagem para melhor localização!

0005h53r   (clicar, para ampliar)

Na mesma "Informação", é referida a "colocação de bancos na rampa de acesso à praia" (presumo que seja aqui?). E que bem necessários eram...

Todavia, a 10 de Agosto de 2005, na sequência de anteriores contactos, já eu havia solicitado a substituição dos bancos existentes, como faço prova na foto e na cópia do e-mail então enviado ao Exmo. Sr. Eng. Manuel Pinto.

0005edx7   0005ftw3   (clicar, para ampliar)

Finalmente, no que concerne ao premente arranjo do Chafariz Velho, cumpre-me igualmente referir que, a 23-08-05 (quase há um ano), eu próprio enviei à CMO as quatro fotos abaixo, "reforçando" dessa forma a urgência da intervenção neste Monumento considerado de "Interesse Municipal", dado o estado de degradação que começava a atingir.

0005r2g0   0005q2ra

0005ktsz   0005p2bw

(clicar, para ampliar)

O importante é que as obras foram ou sejam realizadas mas, convenhamos também que é bom devolver "o seu a seu dono..."!



Publicado por rui.freitas às 03:32
Link do post | Comentar | Ver comentários (11) | Adicionar aos favoritos
|

Os comentários “esperados” à Assembleia de 20 de Julho
Para sossegar as minhas “queridas” comentadoras “Sigarta” e “S” (entre outros leitores), “dou a mão à palmatória” e peço desculpa pelo atraso, mas só hoje me apetece comentar o essencial da Assembleia de Freguesia ocorrida no passado dia 20 de Julho.
Antes, porém, quero “comunicar-vos” que já recebi do Sr. Presidente da Junta as respostas aos cinco Requerimentos feitos pela Bancada do PSD no já longínquo dia 27 de Abril... Confesso que ainda não as li e, portanto, não sei se respondem mesmo às questões então colocadas. Prometo lê-las e comentá-las em breve!
Mas (há sempre um “mas”), o curioso da “história” é que o documento está datado de 10 de Julho e só o recebeu a minha mulher (e assinou o Protocolo) na sexta-feira 11 de Agosto, o que me leva a tecer dois comentários prévios:
Se está datado de 10 de Julho, porque não me foi entregue na Assembleia de 20 desse mês?
Se só o recebi a 11 de Agosto, por onde andaram estes famigerados documentos? Mistério...
Refere também a Lei 5-A/2002, no seu Art.º 38.º, nº 1, alínea d), que ‘compete ao presidente da junta de freguesia’, “Responder, no prazo máximo de 30 dias, aos pedidos de informação formulados pelos membros da assembleia de freguesia através da respectiva mesa”... Sem comentários!
Adiante!
Começo por recordar que, na referida Assembleia (na qual voltámos a apresentar três Requerimentos), o Sr. Presidente da Junta me informou (está gravado) que, “a mim, passará a responder-me só por escrito”, levando-me a concluir que, “pelo andar da carruagem”, as questões levantadas a 20 de Julho só deverão ser-me respondidas lá para finais de Novembro!
Ah! A propósito! Ainda se lembram das “famigeradas” Actas 1-A e 2-A (de 4 e 9 de Novembro do ano passado, respectivamente)? Essas mesmo. Pois continuam por rectificar, apreciar e aprovar. Oito meses, é obra!
Sobretudo, quando o Sr. Presidente da Assembleia já afirmou que não quer repetir o que ocorreu no anterior mandato, em que as Actas levavam quase um ano a serem aprovadas..., esquecendo-se, propositadamente, que isso só aconteceu uma vez e num período de férias de duas funcionárias e baixa psiquiátrica de outra, pelo que volto a agradecer publicamente o esforço acrescido da Vitória Fidalgo e Ana Benedi na transcrição das mesmas.
Antes, nunca se importou com a dificuldade na transcrição, por deficiência na captação de som... Agora, até já usa isso como argumento. Mudam-se os tempos (e os lugares)...
Quanto aos dois Requerimentos dirigidos ao Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia, até agora, nada, “nickles”, “népia”, zero... Ainda está pior do que o Sr. Presidente da Junta.
Separemos, então, a Assembleia de 20 de Julho em duas partes: uma questão colocada pela Bancada do PSD antes do “Ponto 4” (apesar de não haver PAOD, pois tratava-se de uma reunião de continuação de 29 de Junho) e que foi esta: - “Quais os resultados práticos das Moções aprovadas e referentes ao encerramento da Escola EB 1 N.º 2 (Joaquim Moreira Rato)”?
Relativamente ao já citado “Ponto 4” - - “Informação escrita acerca da actividade da Junta no 2.º trimestre”, foram estas as nossas perguntas (não respondidas na referida reunião):
- “A carrinha Toyota Hiace (QP-85-56), que na Informação se prevê ‘volte a estar em condições, com selo e com seguro regularizado logo após a inspecção’, está efectivamente operacional? Oferece mesmo condições de segurança, sobretudo tendo em conta que poderá voltar a transportar crianças? Já tem seguro e selo? Ficará ao serviço de que entidade(s)?”
- “Porquê a decisão de recuperá-la, se havia sido pedida prévia autorização à Assembleia de Freguesia (que a deu) para o seu abate”? “O que mudou, entretanto”?
- "E já agora, o que foi feito do material oferecido pela IGF, cujo abate também foi autorizado pela Assembleia?"
- “Quando me responderá o Sr. Presidente da Junta à pergunta sobre quem paga a iluminação pública existente na passagem junto à Sede da «Paço de Artes», pois consta que é esta Associação e a “Escola de Artes Decorativas” quem a paga”?
- “Dado que já na anterior Informação eram referidas ‘reuniões preparatórias para a Festa de Nosso Senhor dos Navegantes’ (SIC), quando terá a Assembleia conhecimento do conteúdo dessas reuniões”?
- Quanto às ‘obras de recuperação do Chafariz Velho’ (já por mim solicitadas à CMO em 2005), parece que a nossa sugestão para a execução de novos azulejos por técnico conhecedor foi considerada, mas pusemos a seguinte questão: “Foram apenas ‘cortadas as ramadas das duas árvores ali existentes’ ou também as raízes das mesmas, já que essas são - em meu entender - as causadoras da quebra dos azulejos”?
- Destaque-se aqui termos “lembrado” ao Sr. Presidente da Junta que, das 22 iniciativas constantes da “Informação” do 2.º trimestre, 10 delas eram, pura e simplesmente, “repetições” da “Informação fornecida no trimestre anterior, tendo sido curiosa a resposta do Sr. Presidente, ao dizer que “o que interessa é divulgar o que foi feito”. Ou seja - digo eu -, quando chegarmos à última “Informação” do ano 2006, a mesma deve ter para aí umas 30 páginas... de “repetições” e “repetições” e “repetições”!
- Mas, porque assumimos desde o início do mandato uma postura séria, transmitimos na Assembleia o nosso elogio a três iniciativas vertidas na Informação: comemoração do “Dia Mundial da Criança” (já referida neste “blog”), colocação de sinalética no Parque Infantil do Jardim Municipal e a “1.ª visita de todo o Executivo à Freguesia”.
Neste último caso (em que o representante da Bancada IOMAF apenas e só “encontrou” alguns erros de português (?!?!?!), lamentamos não ter obtido resposta às seguintes perguntas: “o que foi feito, desde essa data?” “Esse levantamento de situações anómalas, foi para quê? Para a Junta solucionar ou para ‘engrossar’ o número de ofícios já enviados à CMO?”, “O lancil e passeio do Largo 7 de Dezembro já não haviam sido arranjados no trimestre anterior?”, “Na Rua Adelino Amaro da Costa e no Bairro da Couraça só existe um candeeiro?” (isto, porque são citadas anomalias nestes locais, “junto ao candeeiro”(?)).
Digo e repito: isto não é embirração... É confusão!
Relembro que a Lei 5-A/2002, no seu Artigo 17.º, n.º 1, diz claramente na alínea o) que ‘compete à Assembleia de Freguesia’, “Apreciar, em cada uma das sessões ordinárias, uma informação escrita do presidente da junta acerca da actividade por si ou pela junta exercida, no âmbito da competência própria ou delegada, bem como da situação financeira da freguesia (…).
E o que é que tem acontecido? O Sr. Presidente da Junta continua a não remeter à Assembleia (leia-se, órgão fiscalizador da actividade do Executivo) qualquer Relatório que refira quais as obras realizadas por “competência própria ou delegada” (conforme foi admitido e mereceu concordância do próprio Presidente daquele órgão), o que nos leva, com todo o direito, a questionar em cada sessão o que faz a Junta e o que faz a Câmara?
E mais: foi com toda a legitimidade que “provámos” ao Sr. Presidente da Junta estar no nosso direito de o questionar, já que no próprio órgão oficial do Município (Boletim “Oeiras Municipal”) não consta qualquer verba transferida para a JFPA (para as outras nove Juntas, sim), no âmbito da Delegação de Competências!
É legítima a dúvida ou não, caros leitores?
E mais ainda: Refere o mesmo Art.º 17.º, n.º 2, alínea l), que é também competência da Assembleia de Freguesia “Ratificar a aceitação da prática de actos da competência da câmara municipal, delegados na junta”.
Todavia, e apesar do “Oeiras Municipal” n.º 163, de Abril de 2006, referir na página 4 (com pompa e circunstância e com direito a presença da Comunicação Social e tudo - a “tal” cerimónia de entrega do famoso cheque de 5.000 euros) que “foi firmado protocolo que define a delegação de competências nas Juntas de Freguesia”, a Assembleia de Freguesia de Paço de Arcos (e parece que o Executivo também), continua sem conhecer (porque não lhe foi presente, como manda a Lei) o teor do referido Protocolo e, portanto, sem o poder “ratificar”, tornando assim ilegais todos os actos desde aí decorrentes!
Voltei a chamar a atenção do Sr. Presidente da Junta para este facto, mas parece que o alerta voltou a “cair em saco roto”!
Questionei ainda o Executivo sobre as seguintes questões (espero que o Sr. Presidente me “responda por escrito”, como se comprometeu):
- “Foi ou não - e em que moldes - admitido um novo funcionário para executar tarefas da Delegação de Competências?”;
- “Foi ou não admitido - mais uma vez - de forma ilegal?” E “despedido” posteriormente?:
- “Existe ou não uma nova Advogada a prestar aconselhamento jurídico à população?”;
- “Em que moldes foi admitida, quanto aufere de vencimento, em que dias e horas atende os eleitores?”;
Querem saber o porquê desta segunda pergunta? Porque no “site” da Junta é referido que as consultas “acontecem quinzenalmente, à sexta-feira”, mas na realidade as mesmas são dadas à terça-feira... não sei a que horas! É ou não mais uma “trapalhada” por explicar?
(Já agora, porque só é possível marcar consulta pessoalmente ou por telefone, quando o “site” da Junta podia permitir marcações via Internet?).
- E foi também a Bancada PSD que questionou o Executivo (aguardamos resposta, naturalmente), sobre se estão a ser - ou não - atribuídos subsídios a entidades da Freguesia, como consta das GOP’s e Orçamento para 2006?
A ajuizar pelas chamadas “Informações trimestrais” prestadas à Assembleia de Freguesia, desde Novembro de 2005 até 20 de Julho de 2006, não houve um único cêntimo atribuído, fosse a que entidade fosse?
E sabem o que mais me espanta no meio de toda esta “trapalhada”?
É que, pelos vistos, só eu e a Bancada do Partido Social Democrata nos apercebemos e denunciamos estas práticas de irregularidades e ilegalidades... Para as outras forças políticas, tudo parece “passar ao lado” ou não merecer qualquer interesse, preferindo abordar questões “caseirinhas” (algumas com interesse para a Freguesia, é certo) e esquecendo que quem pauta o seu mandato por estas atitudes deve - no mínimo - ser chamado à atenção!
Mas, como sempre, “o pirata sou eu”!
Felizmente, alguns Fregueses já vão “acordando para a realidade” e, por exemplo, estranhando as injustificáveis e prolongadas ausências do Sr. Presidente dos seus deveres na Junta de Freguesia!
O “mau da fita” era eu, que não “entrava às nove horas da manhã”!
Pois...


Publicado por rui.freitas às 03:17
Link do post | Comentar | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
|

Sábado, 12 de Agosto de 2006
Um "Políticopata"...

0005c6yb   ... mesmo "Incontornável"

Meu Caro Amigo, ao fazer o favor de citar-me no seu "blog", contribuíu para que eu passasse de integrante da "lista negra" para a "lista carvão"!
Só por isso, nestes dias, deixei de comer caracóis e coentros... coisas que, aliás, detesto!
Também por isso, nestes dias, não almocei... duas vezes!
A habitual imperial "loirinha", nestes dias, parecia-me algo morenaça!
Falando, MUITO A SÉRIO:
Obrigado, "Políticopata" e continue a contar com as minhas visitas... em prol de uma "Blogosfera" LIVRE e INDEPENDENTE!



Publicado por rui.freitas às 02:22
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Festas em honra do Senhor Jesus dos Navegantes 2006

0005b8g9   Um sincero OBRIGADO à nossa Paróquia!

Por ter tido a gentileza (quem sabe, nunca esquece...!) de me fazer chegar às mãos (a tempo e horas) o PROGRAMA RELIGIOSO das Nossas Festas de Paço de Arcos. E que é o seguinte:

Dias 23 e 24 de Agosto (4.ª e 5.ª feira) - Igreja Paroquial
                                             19H00 - Missa
                                                          Capela do Senhor Jesus dos Navegantes
                                              21H00 - Vésperas, com Pregação
Dia 25 de Agosto (6.ª feira) - Igreja Paroquial
                                              17H00 - Celebração Comunitária da Penitência
                                              19H00 - Missa
                                                           Capela do Senhor Jesus dos Navegantes
                                              21H00 - Vésperas, com Pregação
                                             21H30 - Procissão até à Igreja Paroquial, com a Imagem do Senhor  Jesus dos Navegantes
Dia 26 (sábado) - Igreja Paroquial
                                              19H00 - Missa Vespertina
Dia 27 (domingo) - Igreja Paroquial
                                              11H00 - Missa Solene
                                              16H30 - Vésperas
                                              17H00 - Saída da Procissão e Bênção do mar
Dia 28 (2.ª feira) - Capela do Senhor Jesus dos Navegantes
                                              19H00 - Missa de Acção de Graças
(O nosso Prior agradece, que os residentes nas (habituais) ruas por onde passa a Procissão, ornamentem as suas janelas)

Infelizmente, a Comissão de Festas (cujo principal responsável é nomeado pela "nossa" Junta de Freguesia), como não me fez chegar o Programa Lúdico das mesmas, "obrigou-me" a (com muito gosto) reproduzir aquilo que veio publicado no Jornal "A Voz de Paço de Arcos" de Agosto/Setembro de 2006 (a quem aproveito para, na pessoa do seu Director - Sr. Joaquim Coutinho -,  homenagear por ocasião do seu 27.º Aniversário):

"Folguedos

Sexta-feira, 25 de Agosto - Noite Latina
22H00 - Palco Principal - Grupo "Ai a Dança"
Sábado - 26 de Agosto
16H00 - Praia Velha - Garraiada Popular
22H00 - Palco Principal - "Banda Café c' Leite"
Domingo - 27 de Agosto
22H00 - Coreto - Actuação da Banda "Grupo Solidariedade Musical de Talaíde"
Segunda-feira - 28 de Agosto - Noite Africana
21H00 - Coreto - "Hip-Hop Nova Morada"
22H00 - Palco Principal - "Banda Chico Barata"
Terça-feira - 29 de Agosto - Noite Portuguesa
22H00 - Palco Principal - "Ronalda"
Quarta-feira - 30 de Agosto - Grande Noite de Fado
22H00 - Linda Rosa, Carlos Madureira e Ana Camacho
Quinta-feira - 31 de Agosto - Noite da Juventude
21H00 - Igreja - "Grupo Gerações"
22H00 - Palco Principal - "Pop Korn"
Sexta-feira - 1 de Setembro - Noite Portuguesa
21H00 - Coreto - Rancho Folclórico "Macanitas de Tercena"
22H00 - Palco Principal - "Dulce Guimarães"
Sábado - 2 de Setembro - "Noite Popular"
21H00 - Coreto - "Rancho Folclórico O Vila Fria"
22H00 - Palco Principal - Grupo "Canta e Dança CCD Oeiras"
Domingo - 3 de Setembro - "Baile Sénior"
17H30 - Palco Principal - Banda "Onda Nova"
19H00 - Coreto - "Grupo Coral Externato António Sérgio de Beringel"
(para quem não saiba, é a "terra" do Sr. Presidente da Junta)
22H00 - Palco Principal - "Baile de Encerramento"
Conjunto "Real Idade"

Desporto

26 de Agosto - Vela (org. CDPA) - 14H00
27 de Agosto - Vela (org. CDPA) - 11H00
2 de Setembro - Torneios: Futsal, Volei, Beach Tennis - 00H00 - Praia Nova
3 de Setembro - Campeonato Regional de Kayak de Mar - II, KI e K2
10H00 - (org. CDPA) e apoio Associação de Canoagem da Bacia do Tejo
12H00 - Distribuição de prémios"

Eu não queria, palavra que não queria tecer qualquer comentário... mas é mais forte do que eu!
Inocentemente, pergunto:
A Fanfarra dos nossos Bombeiros não estará na abertura/inauguração das Festas?
A Associação "Paço de Artes" não organiza o seu "3.º Salão da Vila"?
O heróico patrão Lopes será homenageado condignamente, com romagem ao busto no Jardim e ao seu túmulo, no Cemitério de Oeiras?
Não se realizam as tradicionais "Regatas Patrão Lopes"?
"Last but not least": não haverá o sempre esperado espectáculo piro-musical?
- Além disso: "Noite Latina", "Noite da Juventude", "Noite Africana", "Grande Noite de Fado", "Baile Senior" = "Noite de Baile", "Torneios de Futsal, Volei, Beach Tennis"... fazem-me lembrar qualquer coisa... Não sei porquê?
São questões pertinentes... ou não?

As "outras", deixo-as para depois, com votos de que tudo corra pelo melhor!



Publicado por rui.freitas às 00:53
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|

Quinta-feira, 10 de Agosto de 2006
CDPA elegeu Órgãos Sociais

0005a7df

Para que não se diga que estas coisas me "passam ao lado", aqui fica o registo da nova Direcção eleita no passado dia 28 de Julho (foto inserta no site oficial do CDPA).
José Moreira Rato é o Presidente da Mesa da Assembleia Geral, António Carvalhal Rebelo o Presidente do Conselho Fiscal, e João dos Santos Aguiam Serra o Presidente da Direcção.
Está já disponível neste "blog" (em primeiro lugar) o link para o nosso "PA".



Publicado por rui.freitas às 02:19
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 9 de Agosto de 2006
Verão é tempo de...

00059shs

O período de férias tem destas coisas... O "pessoal" anda mais descontraído, com mais tempo livre, farto de transpirar, cansado das praias cheias de banhistas, de estradas congestionadas, de restaurantes apinhados e, depois... desata a falar do que sabe e do que não sabe!
"Cantam" que nem uns passarinhos... Essa é que é essa!
Bastaram-me três idas ao centro de Paço de Arcos (esta linda terra pela qual me apaixonei perdidamente) e... zás! Lá apareceram as "novidades"! Algumas das quais eu próprio já havia constatado.
Ora, não é que me disseram duas Freguesas "Seniores" (daquelas que muito prezo e respeito), que, "ultimamente, é quase impossível falar com o Sr. Presidente da Junta"???!!!
Pois é! Nada que eu não tivesse "antecipado".
Como é que o homem pode "dar atenção" à Autarquia, se agora tem tantas preocupações "clubísticas" com que se ocupar? Eu avisei!
E também antecipei que, "lá pelas bandas das Festas", as coisas não corriam assim "tão de feição", não foi?
Mas, por agora, aquilo que "eles" não sabem que eu sei... é que eu sei! Mas vou fazer "caixinha", por enquanto. "Fónix", um gajo tem direitos, não? Como diz o "odiado" Políticopata!
Pensavam "eles" que tudo eram facilidades e o dinheiro em patrocínios "caía do Céu"? Era bom, não era?
Mas não se preocupem, porque "alguém" há-de "abrir os cordões à bolsa", para "salvação do convento"! Ao menos o "arco" já começou a ser erguido...
Para mim, "a grande novidade" foi "segredarem-me" que "o Dr. Isaltino me tinha convidado para integrar a lista IOMAF a Paço de Arcos... e eu recusei".
Volto a repetir, meus caros amigos: PESSOALMENTE, NÃO TENHO NADA CONTRA O DR. ISALTINO!
Chiça! Acreditam ou não?
Mas, a verdade verdadeira é que isso não aconteceu! Certo?
Há uma coisa que acho que ele já sabe que eu sei e que tem a ver com o funeral da minha falecida mulher. Não, não esqueci!
Mas, de qualquer modo, se houvesse "convite", não teria aceite, já que ele liderou um projecto contrário ao Partido no qual milito e ele próprio já militou. Está, naturalmente, no seu direito... E eu no meu!
Para que conste e acabe aqui o "diz que disse"!
Também me disseram - e tenho vindo a constatar - que a nova "galdéria" (como dizia o Edmar, "incorrigível bonacheirão"), costuma "desaparecer" durante dias a fio... e noites também!
Ah! Não sabem do que falo? Eu explico:
A antiga "galdéria", era a carrinha Toyota Hiace... que andava na mão de todos e ninguém sabia onde andava!
Agora, temos uma nova "galdéria": a carrinha Renault Express... que também ninguém sabe onde e com quem anda. Nem os restantes quatro elementos do Executivo da Junta. Se calhar, só o Sr. Presidente sabe!
Manhãs, tardes, noites, fins-de-semana e feriados, é vê-la... ou melhor, é "não a ver" no seu local de estacionamento habitual: o parque da Junta.
Lá estão vocês a pensar que eu estou contra. Não estou!
O que não entendo, é que ninguém saiba onde ela pára... Isso é que eu não entendo!
Se a "Quitanda" já reabriu (e até já teve direito a esplanada em tempo recorde), por onde é que andará a nova "galdéria"? Mistério!!!
Mas, também, não vale a pena perguntar ao Sr. Presidente, pois apesar dele ter dito em Assembleia de Freguesia (está gravado...) que, a mim, "só responde por escrito"... a verdade é que nem a isso tenho direito, porque ele, pura e simplesmente, NÃO RESPONDE!
Algumas das perguntas feitas (por escrito e através da Mesa da Assembleia, como manda a Lei), "já têm barbas"...
Também me "confidenciaram" que há "estúpidas perseguições" a quem esteve "do meu lado" e "não se vendeu por tuta e meia". Custa-me a crer, mas parece que é verdade.
Mais! Ainda me "segredaram" que "anda para aí a ser escrito um livro"... que deve sair lá para Fevereiro ou Março do próximo ano!
Estou desejoso de o ler. Palavra de Honra!
Para terminar - por hoje -, apenas três simples notas:
Primeira: Estou "em falta" com os meus leitores, pois ainda não vos dei conta do teor da Assembleia de Freguesia do passado dia 20 de Julho. Mas, caramba, um homem não é de ferro!
Segunda: "Recuso-me" a acreditar que esteja a ser preparado o "assalto" aos Órgãos Sociais da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos. (Cuidado, João Pimenta da Costa!);
Terceira: Se quiserem encontrar o Sr. Presidente da Junta, só o conseguem lá para as 20 ou 21 horas... Antes, será uma "lotaria". Ou então, aí por volta das cinco da manhã, quando as insónias apertam e o Guarda Nocturno (coitado do Xico) se "assusta" ao ver luz e porta aberta. Já não é a primeira vez...



Publicado por rui.freitas às 02:47
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Sabedoria Oriental

   eu, por acaso, até sou Escorpião... de signo!

Um mestre do oriente viu que um escorpião estava a afogar-se e decidiu tirá-lo da água, mas, quando o fez, o escorpião picou-o. Pela reacção e dor, o mestre soltou-o e o animal caiu de novo na água e estava prestes a afogar-se de novo.
O mestre tentou tirá-lo e, novamente, o animal o picou. Alguém que estava a observar,  aproximou-se do mestre e disse-lhe:
"Desculpe-me, mas você é teimoso! Não entende que todas as vezes que tentar tirá-lo da água ele irá picá-lo?"
O mestre  respondeu:
"A natureza do escorpião é picar, mas isso não vai mudar a minha, que é ajudar".
Então, com a  ajuda de uma folha, o mestre tirou o escorpião da água e salvou-lhe a vida.
Moral da história:
Não mude a sua natureza se alguém lhe fez algum mal; apenas tome precauções.
Alguns, perseguem a felicidade; outros criam-na.


Eu, preocupo-me mais com a minha consciência do que com a minha reputação.
Porque a minha consciência é o que eu sou, a minha reputação é o que os outros pensam de mim.
E o que os outros pensam, é problema deles.

Nada de mais verdadeiro... nos tempos que correm!
(há quem diga que os escorpiões, quando "encurralados", se suicidam! Se calhar, há "escorpiões" desses... Não sei!)



Publicado por rui.freitas às 01:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 7 de Agosto de 2006
Há 40 anos...

00057yf9   ... eu estava lá!

Orgulho-me e não me arrependo!
Era "Comandante de Castelo Arvorado" da Mocidade Portuguesa (jovenzinho, vindo da Madeira)... E isso permitiu-me conhecer, pela primeira vez, o "Continente"!
6 de Agosto de 1966... já lá vão 40 anos! Como o tempo passa!
Lembro que a "Ponte" nunca foi "Salazar" ou "25 de Abril"! Sempre foi "Ponte sobre o Tejo"!



Publicado por rui.freitas às 02:33
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

A "teia"... (*)

00056qgc

Quando, a 18 de Fevereiro, decidi criar o “Pinhanços Dixit”, não o fiz por rancor ou “revanchismo” de mau perdedor - como alguns dos meus detractores quiseram (e querem) fazer crer. Estavam (e estão) muito enganados! Basta ver o tempo que mediou entre o resultado das Eleições Autárquicas (9 de Outubro de 2005) e o aparecimento deste “Blog”... Mais de quatro meses!
Criei-o, com o único propósito de “chegar” ao maior número possível de leitores (especialmente da Freguesia de Paço de Arcos), pois a noção que tinha deste “mundo” era de que o mesmo costumava funcionar como “bola de neve”... Um Amigo conta a outro Amigo, este a outro Amigo e assim sucessivamente.
Porquê? Simplesmente, porque a “minha voz” (leia-se: Bancada do PSD na Assembleia de Freguesia) apenas se “ouvia em circuito fechado”, sem eco ou resultados práticos!
Chegara a “hora” de ir mais além, de ser “ouvido lá fora”, comentado e, até, criticado, se fosse caso disso.
Alguns Amigos (com “A” maiúsculo) já me chamaram a atenção para o facto de eu exercer “demasiada pressão” sobre os visados nas minhas críticas. Por mim - e apesar de reconhecer na Amizade o mais nobre dos sentimentos -, não o entendo assim, relembrando-lhes que, aqueles que me acusam de “mau perdedor” mais não são do que “péssimos ganhadores”, já que têm absoluta necessidade de “colar-me” esse e outros “rótulos” que apenas pretendem denegrir um trabalho sério, vertical, honesto e empenhado de sete anos e meio em prol da Freguesia e Fregueses de Paço de Arcos.
Só isso me “faz correr”... e nunca o “politicamente correcto” para agradar a “gregos e troianos”!
Pelas falhas, omissões e erros cometidos nestes 10 meses de mandato, não reconheço aos tais “visados” qualquer legitimidade para se insurgirem contra as verdades (e só as verdades) que continuo e continuarei a denunciar neste “blog” que pretendo “caseiro”, ou seja, prioritariamente virado para as questões que afectam (por excesso de ilegalidades ou inércia na acção) a Autarquia paço-arcuense e não só, contrariamente aos outros quatro que abaixo referirei e que visam o Concelho no seu todo.
Aqueles que me conhecem bem, sabem que “reajo muito com o coração”. Esse é, certamente, um dos meus principais “pontos fracos”... Não há nada a fazer!
Tudo isto já foi por mim escrito e descrito, não sendo esse o tema que hoje quero aqui abordar.
Quero sim dizer-vos, para começar, que este contacto mais estreito com a “blogosfera” me permitiu “abrir novos horizontes”, saber o que pensam e como reagem outros “blogueiros”, aprender e aperfeiçoar-me (duas coisas que sempre pautaram a minha vida).
Naturalmente, passei a dar “prioridade” à leitura - agora assídua - dos “blogs” mais directamente relacionadas com e sobre o Concelho onde vivo: Oeiras.
E, caros leitores, acreditem que, por estas bandas, a “blogosfera” está “ao rubro”, valendo quase tudo, no que aos comentários colocados diz respeito.
Sem pretender efectuar uma análise ou estudo aprofundados aos quatro “blogs” que mais me chamaram a atenção (embora outros refiram temas de Oeiras, mas com menos acuidade), digo-vos já que esta pode (e deve) ser considerada uma abordagem parcial... estou no meu pleno direito de o fazer.
E começaria exactamente pelo direito de cada um criar, manter e “alimentar” o seu “blog” sem qualquer interferência exterior... leia-se “censura”, aberta ou encapotada directa ou indirectamente.
Percebo o(s) “compromisso(s)” inerentes, mas tanto me faz que o “Um tempo novo” use, abuse ou teça loas na “defesa” dos poderes instituídos no nosso Município ou do ataque acérrimo e continuado ao Partido Social Democrata, aos seus líderes a vários níveis (especialmente ao Presidente do Partido) ou àqueles com quem discorda, pois dá-me assim razão para também exercer o direito à presente crítica!
Ou que o “Oeiras Local” opte por ser apenas uma “correia de transmissão” de pequenas queixas avulsas (justas, na sua maioria, diga-se) contra a Edilidade, sem nunca ter a coragem de buscar ou apontar o cerne do problema.
Como disse antes, qualquer deles está no seu pleno direito de seguir o caminho escolhido. Como eu escolhi o meu!
E se o “Cais da Linha” me tem merecido uma ou duas visitas diárias, mercê das posições que tem assumido (mau-grado algumas serem divergentes das minhas opiniões), que dizer então de um outro que - segundo me haviam dito já há largos meses -, tem “abalado” as estruturas do poder instituído no nosso Concelho?
Desse, confesso ser leitor muito assíduo!
Refiro-me ao “Políticopata”, esse “incontornável” crítico da actividade política do movimento IOMAF que suporta a Edilidade e não, necessariamente, da própria Autarquia.
Eu próprio, às vezes, dou comigo a “magicar” se devo levar a sério o seu autor (ou não?), pois tanto me “aponta” caminhos ínvios trilhados pelos responsáveis municipais, como “resvala” para “senderos” que nada têm a ver (aparentemente) com a Autarquia à qual pertenço enquanto eleitor.
Que fique bem claro que não conheço a identidade de qualquer deles (bem gostaria, no caso do Políticopata, sobretudo)... !
Pode ser que, um dia, “ele” se digne ler este meu “post” e, de duas uma: passarei a ser mais um dos seus “inimigos” ou (espero eu) um seu reconhecido e fiel leitor, que já não consegue passar um dia que seja sem aceder ao seu “blog” verrinosamente apetecível. “Fónix”!
Divirto-me “à brava” a lê-lo e a relê-lo... Confesso! Quem pode ignorá-lo?
Dizem-me alguns Amigos que, quem “manda”, anda desejoso de saber quem ele é!
Também eu gostaria de saber... Apenas e só para descobrir que “métodos” usa e que “fontes” utiliza, quanto mais não fosse para “engrossar” o número de visitas ao meu “despretencioso” “Pinhanços”...
Olhando a Lua (quase cheia) pergunto de mim para “comim”: quem é você, que tantos ânimos tem vindo a acirrar?
Diz você (e já me confirmaram que sim), que foi “censurado” e que está na “lista negríssima” de alguns ex-militantes do meu próprio Partido... hoje "transvestidos" de "verde alface"!
Pudera: tal como eu (desculpe-me a imodéstia), você não gosta de “engolir sapos” e muito menos “elefantes”. Custam a passar-nos pela garganta, não é?
Umas vezes “brejeiro”, outras “certeiro”; umas vezes “político”, outras “pata”, mas sempre na senda do “picador-mor” da Corte Oeirense, apenas “invejo” o número sempre crescente de visitas ao seu “blog”.
Qualquer dia, terá de confidenciar-me qual é o seu “segredo”. Ok?
Até lá, espero e confio que não esmoreça nem se deixe intimidar pelas pressões que, ao que me dizem, continuam a exercer sobre as suas intervenções!
Por mim, continuarei a “visitá-lo” as vezes que eu entender...
Estamos num País livre ou não?

(*) - “Teia”, “Rede” = Web (de World Wide Web, resumidamente conhecida pela sigla “www”)



Publicado por rui.freitas às 02:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 4 de Agosto de 2006
Comunicado da Distrital de Lisboa do PSD

Para quantos julgavam que nada ia mudar (e se enganaram como eu previra), e sobretudo para informação (desejada) aos verdadeiros militantes Social Democratas, deixo-vos, para primeira reflexão, um Comunicado emitido ontem (2006.08.03) pela Comissão Política Distrital de Lisboa, presidida pela Companheira Paula Teixeira da Cruz.

COMUNICADO
A Comissão Política Distrital de Lisboa do PSD, tomou conhecimento pela Comunicação Social, da eventual disponibilidade dos Vereadores do Partido Socialista em aceitarem pelouros na Câmara Municipal de Oeiras e assim colaborarem activamente com a actual maioria.
O PSD tem sobre esta matéria uma posição de todo distinta do Partido Socialista.
O PSD apresentou-se ao eleitorado, com um programa eleitoral próprio, fundado em princípios e valores, propondo a sufrágio, um projecto de futuro para Oeiras.
Não obtivemos o apoio maioritário do eleitorado, cabe-nos em respeito aos princípios democráticos, sermos oposição.
O respeito pelas escolhas do eleitorado, é fundamental, para a credibilidade dos partidos políticos.
O Partido Socialista, com a alegada disponibilidade manifestada pelos seus Vereadores, desrespeita os seus compromissos eleitorais, esquece o que afirmou na campanha eleitoral, as queixas crime que apresentou, os livros negros que distribuiu, optando exclusivamente pela partilha de lugares e de conveniências.
De acordo com o hoje noticiado no Diário de Noticias, os seus Vereadores, pedem pois, para participar activamente na gestão do Município, executando um orçamento municipal de que publicamente discordaram e votaram contra.
Para os Vereadores do Partido Socialista o orçamento municipal, que não mereceu a sua aprovação, pode ser executado por quem o rejeitou, sem qualquer alteração, mediante as instruções directas do Presidente da Câmara Municipal de Oeiras.
Serão pois meros executores das opções politicas de um movimento que afirmaram ser populista.
Estes comportamentos, são política e eticamente reprováveis e desacreditam os seus autores.
A Comissão Politica Distrital do PSD, não pode deixar de salientar o profundo silêncio das estruturas distritais e nacionais do Partido Socialista sobre a alegada disponibilidade dos seus Vereadores de Oeiras. O PSD convida pública e expressamente o Partido Socialista a pronunciar-se sobre este alegado comportamento dos seus Vereadores.
Aos Oeirenses, o PSD quer assegurar que não mudará de rumo, não partilhará responsabilidades de gestão, e não cederá aos interesses e às conveniências e que respeitará a escolha dos eleitores.
Assim com a participação de todos, construiremos uma alternativa séria e credível para o futuro de Oeiras.
A Comissão Política Distrital de Lisboa do PSD 

3 de Agosto de 2006



Publicado por rui.freitas às 03:42
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 2 de Agosto de 2006
Visitantes, entre 18 e 31 de Julho

00053kc2   Gráfico das visitas

Tal como havia referido, decidi "acertar" o número de visitantes a este despretencioso (mas verídico e verdadeiro) "blog", deixando de o fazer aos dias 17 de cada mês (pois assim havia começado) e optando por divulgar os gráficos e demais elementos entre os dias 1 e 30 ou 31 de cada mês.
Para isso, aqui ficam os dados relativos ao número de visitantes entre os dias 18 e 31 de Julho.
Para já, apraz-me registar que, nestes 14 dias, tive a honra de "acolher" 696 internautas, 87 dos quais pela primeira vez (o que é bom sinal) e... 212 "repetentes" (o que também é de assinalar).

00054ap3

De assinalar, também (e porque presto atenção a estas coisas, foram as 16 "visitas" feitas a partir da Câmara Municipal de Oeiras (cujo IP continuo a "resguardar" parcialmente... cá por coisas!), a quem agradeço o interesse demonstrado "várias vezes e mais de num só dia".

00055hyt
(para ampliar, clicar nos gráficos)



Publicado por rui.freitas às 23:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Terça-feira, 1 de Agosto de 2006
Ele há coisas... que só por milagre!

0005116q   ... Quitanda "já tem " esplanada

Durante longos anos, João de Sousa, proprietário do "Restaurante Quitanda" (na Rua Veiga Beirão, Bairro Comendador Joaquim Matias, em Paço de Arcos) tentou conseguir autorização camarária para "montar" uma esplanada no relativamente amplo espaço fronteiro ao seu estabelecimento.
Em vão... Os diversos projectos que submeteu à CMO e mesmo o Parecer favorável (mas não vinculativo, como diz a Lei) da Junta de Freguesia a que presidi, não surtiram qualquer efeito prático e João de Sousa acabou por nunca conseguir "sentar" uma única pessoa na ambicionada esplanada.
Dizem-me que, há bem pouco tempo, alguém bem conhecido e próximo, adquiriu por trespasse o dito estabelecimento (há quem garanta que viu a carrinha da Junta a transportar cadeiras e mesas...) e, de repente, a esplanada "nasceu".
(A foto, obtida em dia de descanso semanal, não a mostra).
E ainda dizem que não há "milagres"?
Claro que há... é preciso é conhecer o "milagreiro" certo!



Publicado por rui.freitas às 04:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Cada vez lhe cresce mais...

000526zf   ... o nariz, claro!

Agora, que o Sr. Primeiro-Ministro vai gozar umas merecidas e curtinhas férias (espero que não se atreva a voltar a esquiar na neve), dou comigo a pensar como anda a "gozar" comigo e com milhões de portugueses.
Felizmente, não fui dos que acreditaram na "palavra" do Secretário-Geral do PS que, então na liderança da oposição e candidato a governante, prometeu "mundos e fundos" ao "zé povinho": baixar os impostos, criar 150.000 novos empregos, cativar o precioso investimento estrangeiro, proteger os idosos, as crianças, o ambiente, blá, blá, blá...
Para mim, não foi surpresa que tivesse feito exactamente o contrário (excepção feita, diga-se em abono da verdade) a algumas (poucas) justas medidas com as quais estou sinceramente de acordo.
E não foi surpresa, porque como há dias comentei num outro "blog", o "zigue-zague" é apanágio do Partido a que preside. Lembram-se - dizia - da anedota que se contava em 74/75/76 sobre Sá Carneiro, Álvaro Cunhal e Mário Soares terem apanhado o mesmo táxi à saída de S. Bento? Questionados pelo motorista para onde queriam ir, Sá Carneiro dizia: "vá pela direita"; Álvaro Cunhal dizia: "não, vá pela esquerda"; e Mário Soares dizia: "olhe, vá assim, assim"! É a pura e dura realidade!
Os impostos (directos, indirectos e quejandos) aumentaram e não foi pouco, o desemprego é notícia de abertura nos telejornais (apesar do INE, milagrosamente, ter descoberto a "mágica fórmula" para afirmar o contrário), o prometido investimento estrangeiro não chega e o que existe vai-se embora (criando mais desemprego), os idosos vêm as suas reformas "emagrecerem" cada vez mais, as crianças assistem ao continuado e, nalguns casos, inexplicável encerramento de dezenas de escolas (Paço de Arcos é um desses exemplos), a protecção do ambiente arrisca-se a ver chegar em breve a co-incineração (de eficácia nunca devidamente provada), os centros de saúde prometidos não arrancam e alguns até são encerrados (com natural prejuízo para as populações, sobretudo idosas), as futuras mães vêem encerrar blocos de parto (supostamente "perigosos", segundo uma "comissão" tipo "yes minister") e até têm de deslocar-se a Badajoz (felizmente, não por muito mais tempo), com risco de vida e saúde própria e dos seus "espanholeses", o Desporto Escolar corre o risco de não existir este ano lectivo, os Bombeiros Voluntários estão à beira da falência porque o transporte de um doente custa 58 cêntimos e o Ministério da Saúde só paga 37, o Governo avança e recua (felizmente para mim, que sou fumador inveterado) na legislação anti-tabaco, que até pretendia imputar aos donos dos restaurantes as coimas devidas pelos clientes, o mesmo Governo quer dar uma ajudinha a Bagdade... mas se calhar nem a ONU o quer, um ministro (mais um) demite-se "colunavelmente", mas não sem louvar o motorista que transportava a sua família (ih ih ih ih), vão aparecer milhões para a ampliação do Aeroporto de Lisboa à Base de Figo Maduro (como eu sempre defendi enquanto jornalista de Turismo), mas é só por uns anitos... a OTA é que é, a idade da reforma aumenta e as contribuições e penalizações também (quando a esperança de vida aumenta e devia ser justamente gozada por quem trabalhou e descontou), o Exército, as Polícias (sobretudo os sindicalistas da PSP que, na oposição, o PS "apoiava"), os Professores, os Funcionários Públicos estão cada dia mais descontentes, enfim, um rol interminável de "desenganos" que me levaria a ficar aqui toda a noite...
Para cúmulo, hoje (e no final da passada semana), ouvi, li e vi em órgãos de Comunicação Social (será que já estão a "virar o bico ao prego"?) notícias que me fizeram acreditar ainda mais que a "suposta história" sobre Sá Carneiro, Álvaro Cunhal e Mário Soares continua actual.
Depois da "contestação" da ANMP sobre os Vereadores que acumulam com cargos em Empresas Municipais, o Governo recuou... (eu até não discordo totalmente, desde que aufiram apenas um vencimento e porque um "administrador" privado paga-se e paga-se bem...)!
De tão "Simplex" que era, o chamado "selo do carro" - com compra obrigatória pela NET para as empresas e por métodos "mormais" para os privados -, "deu raia", vindo a ser adiada, adiada e adiada (eu, que à boa maneira portuguesa, costumo pagar nos últimos dias, "armei-me em herói" e tentei pagar pela NET... sem sucesso; depois, nas Finanças da minha área, sem sucesso; acabando por o adquirir numa pequena tabacaria/papelaria junto de casa. "Simplex"... Nunca mais me apanham a ser cumpridor!).
Depois de ter "ameaçado" os contribuintes durante largos meses com uma listagem de 4.000 (sim, quatro mil) devedores ao Fisco, cujos valores já iam em 1.700 milhões de euros, o Ministro prova que "a montanha pariu um rato"... Afinal, eram só 290, 240 dos quais com dívidas de IRS e APENAS 50 com dívidas de IRC.
Claro, os "criminosos" são sempre os mesmos... os "singulares" que não podem "fugir"! E que até são SÓ 240. As empresas e/ou empresários, também são SÓ 50...
Vergonha! Ou falta de coragem para "mostrar a careca" aos outros 3.700 "caloteiros" que, segundo parece, até já "regularizaram" as dívidas (alguém acredita?) ou têm processos a decorrer (alguém acredita?). O mais certo (eu já o havia lido, muito antes do CDS-PP o dizer) é que o Sr. Ministro "arrepiou caminho", pois o mais justo era o próprio Estado encabeçar essa famosa lista como principal devedor, já que tem contribuído para asfixiar (e até falir) empresas e Autarquias, agora "obrigadas" a exasperantes ginásticas para cumprirem, elas também, com os seus compromissos a outras tantas centenas de empresas...
O que vale (ih ih ih ih ih) é que, agora, TODOS os cidadãos já podem ter endereço electrónico na sua Estação de Correios. Como se o "ti Manel", morador na localidade da Picha (a sério que existe e sem qualquer desprimor para o tal "ti Manel") percebesse "patavina" dessa "coisa dos computadores". Viva o "Choque Tecnológico", que vem criar novos "analfabetos informáticos"!
Mas, tudo isto é "Simplex", pois talvez o Sr. Primeiro-Ministro volte das suas curtas férias com "novas e brilhantes ideias" para nos continuar a lixar a vida!?!?!?
Até agora (e até quando?) tem conseguido esgueirar-se por "entre os pingos da chuva" e só aparece para receber louvores... nunca críticas (que deixa para os seus ministros), conseguindo assim enganar os "papalvos" e subir nas sondagens. Ao menos (valha-nos isso), o Partido Socialista já começou a descer...



Publicado por rui.freitas às 03:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Sempre na hora certa
anti-corrupção
Visitantes desde Maio 06
Acordo Ortográfico
Prémios recebidos
ThinkingBlogger blog com tomates
Visitantes on-line
online
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Meteorologia
     
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS