Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007
O Sr. Tesoureiro...

Às vezes, parece que ando mal informado!

Não é que só hoje vim a saber que, o meu amigo Carlos Vidal (PS caxiense inveterado), para além do "lugarzinho" na "Oeiras Viva", é também Tesoureiro da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos?

A mesma que o seu "caxiense" amigo, Luís Viana, não "engole" nem "à lei da bala"?



Publicado por rui.freitas às 03:01
Link do post | Comentar | Ver comentários (11) | Adicionar aos favoritos
|

Terça-feira, 27 de Novembro de 2007
Algés já está "on-line"

A Junta de Freguesia de Algés já tem on-line o seu site oficial, cuja imagem de abertura reproduzo, constituindo a mesma um link para a citada página.

 

000y6e31

 

De navegação fácil, leve e intuitiva, o novo site disponibiliza um sem-número de informações sobre a Freguesia, o dia-a-dia da Autarquia, os serviços que presta, editais, pedidos de documentação on-line, obras realizadas ao abrigo da Delegação de Competências, horários de atendimento e das reuniões, composição da Assembleia e Executivo da Junta de Freguesia, etc.

Concretiza-se, assim, um projecto há algum tempo pensado e, agora, concretizado.

A todos os Autarcas de Algés, endereço os meus parabéns, na pessoa da sua presidente, a Amiga e Companheira Alda Lima.



Publicado por rui.freitas às 00:10
Link do post | Comentar | Ver comentários (10) | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 26 de Novembro de 2007
Parabéns ao "Lerparaver"

A 26 de Novembro de 1999, era colocado on-line o site "Lerparaver", concebido e mantido para divulgar o mais amplamente possível o mundo dos cegos, dos seus problemas, conquistas, virtualidades e, sobretudo, formar e informar "quem não quer ver".

Aconselho vivamente frequentes visitas a este site (que há tempos aqui referi), para o que basta clicar na imagem abaixo:

 

000y794z

 

Ficam aqui os meus sinceros parabéns pelo 8.º aniversário, dos muitos que se seguirão!

 



Publicado por rui.freitas às 23:52
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 25 de Novembro de 2007
Unidade sem Anestesia (1)

Sarar feridas é imperioso

 

Se permanecerem os agravos no interior do PPD/PSD, continuaremos enfraquecidos e nunca alcançaremos uma vitória eleitoral nas próximas legislativas.

As feridas que não são saradas têm tendência a agravar cada vez mais. Do ponto de vista ético é necessário que cooperemos com toda a lealdade, não continuando a alimentar guerrilhas, que somente impedirão a credibilização do partido.

O caminho que tem vindo a ser seguido levará à obtenção de resultados, ou seja: eleições directas para a eleição do líder e apaziguamento entre militantes. Contudo está a ser lento e é ainda muito insuficiente.

Perante o País e os eleitores ainda não conseguimos a credibilização suficiente para ganhar as legislativas pese, embora, o desgaste que se começa a sentir na governação.

Claro que há um “mal – estar”. Mas isto não quer dizer que todo o País esteja a lidar mal com os objectivos da contenção do défice e das reformas ensaiadas. Quanto ao crescimento económico, políticas de emprego e à promoção da coesão e segurança social, por muita propaganda que se faça, e faz, serão muito poucos os convencidos.

Tenhamos a força de vontade e a coragem moral para, juntos no partido, podermos mudar e salvar o nosso País levando-o aos níveis de bem-estar dos nossos parceiros europeus!

Depois de não haver feridas abertas no partido, em profusão, e ressarcindo quanto possível os mais atingidos pelos danos colaterais das guerrilhas, é forçoso lutar pela credibilização do PPD/PSD, enfrentando todos os moinhos de vento, para acabar de vez com a falta de transparência interna e externa.

Guerra aos caciques de novo pois, o tempo é da coragem.

Não esquecer que o resultado das próximas eleições autárquicas não deixará de ter repercussões profundas no actual executivo.

A guerra ao pagamento de quotas arregimentado e aos financiamentos envenenados visando o tráfico de influências é outro combate indispensável.

Guerra a tudo que não seja lealdade, competência e sentido do dever de servir com altruísmo.

Estas e muitas outras conhecidas manobras de baixo nível dentro do partido são um assunto sério, pois minam a credibilidade do partido e do regime político, e devem ser combatidas com determinação e sem demagogias.

Os fautores são bem conhecidos e todos os militantes terão de assumir as consequências dos seus actos que causaram danos ao partido.

Por estranho que possa parecer, quanto maior o afastamento e o desinteresse pela política dos cidadãos, provocado pelo conhecimento público de tais diatribes imorais de militantes sem escrúpulos, mais os partidos têm de gastar nas suas actividades eleitorais para mobilizar os eleitores, de si, totalmente descrentes no sistema político.

Lá bem no fundo todos sabemos que é o povo eleitor que, além de pagar, acaba sempre por ser o prejudicado com os caminhos ínvios daqueles que só procuram na política aquilo que ela lhes pode dar.

Os eleitores vão dando provas de saberem isso, fazendo da abstenção o maior partido.

 

António Reis Luz

ex-Autarca



Publicado por rui.freitas às 02:37
Link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
|

Não fui eu que disse...! (7)

000eqt2b  ... foram eles!

 

"Em vez de alhos, a nova oposição fala de bugalhos",
in Arnaldo Madureira

 

"Ribau o inquisidor...",
in "Guerra das Laranjas"



Publicado por rui.freitas às 02:29
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Dois novos "blogues"... de Oeiras para o Mundo!

É com enorme prazer que vos comunico o "nascimento" de dois novos "blogues".

Não apenas porque os "partos" ocorreram em Oeiras, não apenas porque os "pais" dois Amigos, mas porque a "blogosfera" ficou mais rica!

A ordem com que os apresento, tem apenas a ver com a data do "nascimento".

Chegou primeiro, o do Zé António que, como ele próprio o diz, reflecte um acto de "loucura", pois veio juntar-se aos outros sete que já mantém "on-line". Uma "loucura saudável", diga-se, já que com o seu "Instantes", "ocupa" um espaço que é dedicado à divulgação das suas obras literárias.

É de sua lavra, a explicação:

"Não são apenas os deuses que devem estar loucos...
Também eu pareço não escapar ao tropel do ensandecer. Que outra justificação poderá existir para que eu junte aos meus sete blogs, mais UM ?!
Devo ter enlouquecido pela certa !!
Na verdade, a razão é simples.
Necessito de um blog para publicação exclusivamente literária, isto é, para publicar os meus contos, estórias, memórias e ficções. E, já agora, os devaneios e as alucinações, balouços pelos mares do escrevinhar, gatafunhar e rabiscar. Os meus instantes de esbracejar bramido e agitado, de anacoreta perdido em mar encapelado, náufrago dominado pelo temor e terror de se afogar...
"

O "link", é a própria imagem do "blog" que reproduzo:

 

000y41d0

 

Saúdo, igualmente, a chegada de outro Amigo que "ousou" finalmente "aventurar-se" nesta saudável "loucura" dos "blogues"; o Companheiro Jorge Pracana.

Advogado de reconhecidos méritos, não se estranhem as suas incursões naturais pelos temas mais "ligados" à sua profissão. Sendo igualmente "cidadão do Mundo", parece não querer restringir-se a isso - e ainda bem - e nem sequer à Freguesia onde reside (Barcarena) ou mesmo ao Concelho que o elegeu como Deputado à Assembleia Municipal. Irá muito mais longe, tenho a certeza... e estes são os seus "primeiros passos"!

Bem-vindo, Jorge... o "Pracana's" está aqui, para ser lido!

"Mas afinal Sócrates, qual é a tua ocupação? (Platão in Apologia de Sócrates):

 

000y515y



Publicado por rui.freitas às 01:41
Link do post | Comentar | Ver comentários (5) | Adicionar aos favoritos
|

Como (ainda) "não devo dizer coisas"... digo isto!

Mantenho (ainda) o silêncio que eu próprio impus ao "Pinhanços", o que não me impede de vos comunicar, Caras e Caros leitores, algumas excelentes novidades que quero partilhar convosco.

Permitam-me, pois, que as divida em três partes e, em razão disso, noutros tantos "posts".

O primeiro, servirá para vos dar a conhecer o "nascimento" de dois novos e importantes "blogues" (um dos quais já me havia comprometido a divulgar e disso me penitencio, com um abraço ao Zé António);

O segundo, pretende ser como que um eco daquilo que me apetecia escrever mas (ainda) não devo;

O terceiro, é poder anunciar-vos que, a partir de hoje - com a periodicidade que ele entender -, saúdo efusivamente o regresso às lides político-partidárias de um Bom Amigo que me dá a honra de publicar os seus escritos, pensamentos e sentimentos no "Pinhanços dixit...", num espaço que se intitula "Unidade sem Anestesia".

Bem-vindo, Amigo Reis Luz!


tags:

Publicado por rui.freitas às 01:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Sábado, 24 de Novembro de 2007
da UE caíu uma estrela...

Bastava ao leitor reparar (e votar, também) na sondagem/inquérito existente no lado direito deste "blog", para saber qual a minha opinião sobre o Sim ou Não ao Referendo sobre o Tratado de Lisboa (da UE). Fui o primeiro a votar e, claro: votei SIM AO REFERENDO!

Por diversas razões, sendo uma delas a coerência com o compromisso eleitoral do PSD para com os eleitores.

Que o Partido Socialista tenha - mais uma vez e como é habitual - "metido o Referendo na gaveta", o problema é entre esse partido e a sociedade portuguesa.

Não consigo é perceber porquê o Partido Social Democrata lhes segue agora as pisadas...?

Por aquilo que ouço e leio, há muita gente atarefada a querer "explicar-nos" duas coisas (e apenas duas) que consideram "essenciais": "as mudanças não irão afectar os cidadãos... antes introduzir melhorias nas suas vidas" e "este Tratado (de Lisboa) é uma simples continuidade dos anteriores".

Se é assim tão "simplex", porque não "perderam" um pouco mais de tempo a "explicar-nos" as "letras miudinhas"? Nessas, é que costumam estar (e estão) as "rasteiras" ao Zé Pagante!

Só para "refrescar" a memória de alguns "esquecidos", aconselho vivamente uma visita aqui:

(http://www.portugal.gov.pt/portal/pt/governos/governos_constitucionais/gc17/documentos/doc_programa_governo_17.htm)

Trata-se, nem mais nem menos, do Programa do XVII Governo Constitucional que, no seu Capítulo V - Portugal na Europa e no Mundo, refere claramente a dado passo (2. Portugal na construção europeia), o seguinte:

"No curto prazo, a prioridade do novo Governo será a de assegurar a ratificação do Tratado acima referido. O Governo entende que é necessário reforçar a legitimação democrática do processo de construção europeia, pelo que defende que a aprovação e ratificação do Tratado deva ser precedida de referendo popular, amplamente informado e participado, na sequência de uma revisão constitucional que permita formular aos portugueses uma questão clara, precisa e inequívoca."

Afinal, isso é "coisa do passado" e já não interessa!

 

000y3635

 

Pela sua oportunidade, atrevo-me a reproduzir aqui, com a devida vénia ao autor, a "Carta do Editor" da mundialmente famosa Revista "Selecções do Reader's Digest", José Mendonça da Cruz, edição portuguesa de Dezembro de 2007.

E que começa assim:

"Mas alguém lhe pediu opinião?

António Barreto, o nosso entrevistado, tem, juntamente com a inteligência e em razão dela, um grande pudor dos juízos categóricos. Mas ao pensar as debilidades do nosso sistema político não deixa de apontar o dedo ao Parlamento e a uns deputados que as direcções partidárias querem passivos e como «burros de orelhas a abanar».

No dia 13 de Dezembro será assinado pelos 27 Estados-membros da União Europeiao Tratado de Lisboa. Nos termos desse tratado, acabam as presidências rotativas como esta que tivemos, sendo eleito um presidente europeu. Perde poderes a Comissão Europeia (onde deixamos de ter direito a um comissário), ganham poder o Parlamento (onde perdemos 2 dos nossos 22 deputados) e o Conselho. As votações, passam a ser feitas por maioria (ponderando o número de Estados-membros e respectivas populações) e Portugal perde o direito de veto em questões que firam o seu interesse vital. Segurança, Defesa Nacional e Política Externa são esvaziadas de conteúdo, e o centro de decisão será Bruxelas.

Não sabia disto? Se não sabia, é porque não foi informado. Como jornalista, tenho especial obrigação de sublinhar isto: a cobertura noticiosa das negociações do tratado foi uma vergonha. Decidindo não informar, optando pelo nojo a toda a objecção, recreando-se em impertinências e desdém contra os países que defenderam os seus interesses nacionais (Polónia, Itália, Espanha, Inglaterra, que, aliás, conseguiram, todos eles, ganho de causa), a generalidade da comunicação social salivou por esse provinciano triunfo de ter o nome da capital num documento internacional, andou de braço dado com o Governo e sorriu para a fotografia. Fique, portanto, registado o momento: no dia 13 de Dezembro, nos Jerónimos, será assinado um tratado intitulado de Lisboa, negociado sob a presidência portuguesa, durante o governo Sócrates, e nos termos do qual é retirada a Portugal a mais substancial fatia de soberania.

É verdade que a União Europeia ganha alguma operacionalidade a curto prazo, e é verdade que nos vêm mais fundos e que o leitor pode concordar ou discordar do tratado. Mas ninguém lhe perguntará nada. O Governo e o maior partido da oposição acham bastante perguntar aos deputados. Se a promessa do referendo for quebrada, já sabe como Governo e oposição preferem ver-nos: de orelhas a abanar."

 

E agora, ainda acham que "contamos" para alguma coisa?

Pelos vistos, poucos se preocupam, dada a escassa participação na sondagem/inquérito aqui colocada... 38 votos, até hoje (30 pelo SIM e 8 pelo NÃO).

 

(Aconselho também - vivamente - a leitura da entrevista concedida por António Barreto, nesta mesma edição - págs. 66 a 75. Acutilante, como sempre!)



Publicado por rui.freitas às 01:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007
"dia de festa"

20 de Novembro: "DIA DE FESTA", de Aniversário... e já cá contam 56, faltando portanto mais 43 para o termo do primeiro "contrato" subscrito com S. Pedro. Renovável depois, de ano a ano, naturalmente...!!!

E como É BOM TER AMIGOS à nossa volta. Havia mais convidados, mas só fizeram falta os que lá estiveram...

Ao todo, 18 adultos e 4 crianças, para além de mim e da minha mulher, claro.

Local: Restaurante "O Faustino", na Rua "A Gazeta de Oeiras"; Ambiente na sala: excelente, descontraído e... raiando a saudável confusão total entre os convivas!

Deixo-vos a "foto-reportagem" (clicar, para ampliar).

 

O motivo...

000x252s

000x3dq0

000x4q8s

As prendas (algumas)...

000x5gwd

000x6sh0

000x756k

000x9fdc 000xa9ks 000x8pk6
uma "maldadezinha" muito especial...

Os AMIGOS...

000xdwsf

000xbgs8

000xk0pq

000xcfs2

000xeppp

000xh2bw

000xfee5

000xpqs1

000xqd5c

000xrqyz

000xspes

000xtbx0

000xxp1p

000xw4xy

000xyqq2

000xz0x9

000xg141

000y0ehf

O "discurso" da praxe e... as "continhas do porto"!

000y10qq

000y2scb

 

Se Deus quiser, PARA O ANO HÁ MAIS...



Publicado por rui.freitas às 00:42
Link do post | Comentar | Ver comentários (8) | Adicionar aos favoritos
|

Terça-feira, 20 de Novembro de 2007
"Da Vida Real - O pacto dos patos"

Hoje, por ser "dia de festa", não pensava publicar rigorosamente nada.

Li o artigo abaixo há quatro dias e admito que já o deveria ter trazido ao "Pinhanços".

É com todo o gosto que o faço hoje, até porque a autora sabe bem porquê!

 

 

(Artigo de Opinião, publicado no "Correio da Manhã" de 15 do corrente, com a devida vénia)

 

"Mas bons, bons, importantes mesmo, não são pactos sobre a Justiça ou a Segurança Social, bons são os pactos do cimento (...)
Para nosso mal, existe no País uma cultura parasitária do Sistema, que consiste em saber o que pode ele dar a cada um, nas muitas actividades que existem nas sociedades actuais.

Ela há ‘gente gira’ em Portugal, tão gira que tem tendência para exigir almoçar à nossa conta (dos nossos impostos), como se fora a coisa mais natural do Mundo, como se tal lhe fora devido pelo simples facto de podermos usufruir da sua tão maravilhosa quanto inútil existência.

Sem interrogação sobre o propósito da existência ou das exigências desta ‘gente gira’, não há como não evocar (e invocar) o retrato de Dorian Gray (numa síntese simplista, a podridão escondida sob a mais produzida forma).

É evidente que combater esta cultura instalada é um inferno e, não raro, assassina os temerários combatentes.

Sobre a Ota – essa montanha de desperdício – o Governo já está enredado numa série de suspeições, num contexto em que inegavelmente a CIP prestou e presta um serviço ao País.

Foi Luís Marques Mendes quem primeiro ergueu a bandeira política anti-Ota, sublinhando a desproporção da ‘coisa’, pelo que o actual líder do PSD – oposição ao anterior Líder do PSD – clamou pela Ota e desejou longa vida à Ota (tinha sempre de dizer o contrário do anterior Líder, alguém lho garantira).

Agora ouvimos ao actual Líder do PSD: “Se já está decidido que é a Ota, não vale a pena fazer as pessoas perder tempo e gastar dinheiro”. O actual Líder do PSD quer fazer da OTA um facto consumado?

Afinal e por uma vez, constata-se agora, dizer o contrário do anterior Líder até era o que lhe ia na alma. Porquê esta constatação? Ao afirmar recentemente, como se novidade fosse, que o Governo é que quer a Ota, que já decidiu a Ota (claro que o Governo já tinha decidido a Ota, mas teve de recuar, não é assim?), o Líder do PSD imputa a outros o que afinal quer (ou faz). É uma actuação que transformou em estratégia sua e que utilizou a outros propósitos.

Foi noticiado que o Senhor Presidente da República veio afirmar não acreditar no que dissera o Líder do PSD, que veio, por seu turno, dizer acreditar no Senhor Presidente da República, ou seja, não acreditar no que dissera horas antes e, finalmente, “esclarecer” que o Senhor Presidente da República... “tem” de acreditar no Governo!

Isto da Ota surge assim muito a propósito do proposto pacto do cimento (mais Ota = a mais cimento). O actual Líder do PSD manifestou-se contra os pactos (lembram-se?). Mesmo os necessários para a estruturação do regime ou para impedir a funcionalização da Justiça. Mas bons, bons, importantes mesmo, não são pactos sobre a Justiça ou a Segurança Social, bons são os pactos do cimento, rebaptizados pelo Líder do PSD de acordos parlamentares.

O pacto dos patos lançaria sobre todos os empresários sérios e qualificados a dúvida injusta e descansaria os que não devem ser descansados. E aí nós, feitos patos outros, pagaríamos a conta. Gente gira.
"

 

Paula Teixeira da Cruz, Advogada

Convém SEMPRE "refrescar a memória" aos "esquecidos"!

 



Publicado por rui.freitas às 01:23
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007
anjo ou diabo...?

 

Dezembro de 1998

 

 

Novembro de 2007

 

Sem comentários...



Publicado por rui.freitas às 01:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 18 de Novembro de 2007
Recuso-me

Por muito que adore assistir a competições de Fórmula Um e/ou de desporto automóvel em geral, por muito que me empolgue com disputas na pista com o especial virtuosismo desta (que tive o gosto de assistir pela TV), RECUSO-ME a fazer da minha vida uma competição permanente que vise apenas subir ao degrau mais alto do pódio!

Contento-me (lamento, se desiludo alguns "iluminados") com o segundo, terceiro ou o último lugar, se com essa "posição" tiver de alguma forma contribuído para que outros "falassem pela minha voz".

A minha "cultura", felizmente, não é "made in USA"... Primeiro, os fracos; depois logo se vê!

 

Obrigado aos que, por comentário, e-mail ou telemóvel me têm incentivado a continuar!

 

 

 



Publicado por rui.freitas às 02:01
Link do post | Comentar | Ver comentários (5) | Adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007
À "beira da morte"?

É isso mesmo, Caras e Caros Leitores,

Tudo leva a crer que, por uma questão de coerência e de VERGONHA, o "Pinhanços dixit..." tenha os dias contados!

Porquê, concretamente?

Porque continuam a "existir", alguns filhos de 000x018c (clicar, para saber de quem...), a quem outros filhos de 000x018c têm de "obedecer"...!

CREDIBILIDADE, COERÊNCIA e, acima de tudo, VERDADE, norteavam e foram a razão de ser do "nascimento" e da "vida" do "Pinhanços dixit..."

Se esses três importantes princípios desaparecerem de vez, qual a razão da continuidade do "Pinhanços dixit..."? Nenhuma!

Por ora, fico-me por aqui... apenas com este "pormenor publicitário":

000x1gwp



Publicado por rui.freitas às 23:59
Link do post | Comentar | Ver comentários (17) | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007
Não fui eu que disse...! (6)

000eqt2b  ... foram eles!

 

 

000wyccx

000wzhqb

 

Há aqui qualquer coisa que me faz "confusão":

O Estado vai gastar 61 milhões em viagens em 2008?

Então, a nossa Presidência Europeia não termina em Dezembro?

Mesmo assim, os nossos (des)governantes vão gastar mais 10 milhões do que em 2007?

É caso para adaptar aos nossos dias a velhinha canção:

"Ó ZÉ APERTA O CINTO,

Ó ZÉ APERTA-O BEM,

COM O CINTO BEM APERTADO,

NÃO FAZES MAL A NINGUÉM."

ou, em alternativa, "É QUE ELES TE LIXAM... E BEM!"



Publicado por rui.freitas às 00:04
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 9 de Novembro de 2007
CARLOS CARREIRAS é o novo Presidente da Distrital de Lisboa. Parabéns!

Com uma Atitude Positiva, CARLOS CARREIRAS foi eleito presidente da Comissão Política Distrital e, rapidamente, porá em marcha o seu projecto para uma Lisboa Positiva e um Distrito Positivo.

Sem trafulhices, sem desinformação, sem contra-informação, sem alegar ter apoios que não tinha (como fez a lista opositora, que chegou a usar mesmo o nome do presidente do PSD - tenho SMS que o prova), CARLOS CARREIRAS tem agora pela frente muitos meses de trabalho árduo e (garante quem o conhece bem) certamente já "arregaçou as mangas" para se deitar ao trabalho!

Pela minha parte, como Militante social-democrata, como seu apoiante e como delegado eleito na Lista D, deixo-lhe o meu abraço de PARABÉNS!

Às Companheiras e Companheiros que acreditaram na equipa de que me honro fazer parte e votaram LISTA D, deixo um abraço de AGRADECIMENTO!

 

000wxc2z

 

Resultados na Secção de Oeiras:

CARLOS CARREIRAS: 236 VOTOS

HLC: 61 VOTOS

Listas de Delegados à AML:

Lista A = 163 VOTOS

Lista C = 47 VOTOS

Lista D = 66 VOTOS.



Publicado por rui.freitas às 01:58
Link do post | Comentar | Ver comentários (25) | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2007
CARLOS CARREIRAS a Presidente da Distrital de Lisboa? CLARO QUE SIM!

000www6p

 

Ontem, tive o prazer de almoçar com o próximo-futuro presidente da Comissão Política Distrital de Lisboa do Partido Social Democrata, CARLOS CARREIRAS.

O repasto congregou, informalmente - como deve ser -, presidentes de Juntas de Freguesia dos Concelhos de Oeiras e Cascais e primeiros eleitos nas Freguesias destes Municípios.

Resumidamente (porque quem merece o meu voto, não precisa de longas prelecções), digo-vos o seguinte:

CARLOS CARREIRAS dirigiu-se aos presentes de "mangas arregaçadas" (como na foto), e isso agradou-me sobremaneira! De "mangas de alpaca" estamos nós todos fartos...

CARLOS CARREIRAS falou-nos, olhando-nos nos olhos! E de cabeças baixas estamos nós todos fartos...

CARLOS CARREIRAS não fez promessas! E de "promessas" estamos nós todos fartos...

CARLOS CARREIRAS pediu (o que é distinto de exigir) o apoio de todos para esta nova luta! E de "convencidos" estamos nós todos fartos...

CARLOS CARREIRAS assumiu cumprir o seu programa se for eleito... e, se não for (o que duvido), disponibilizou-se para ajudar com a sua experiência os Autarcas eleitos nas Freguesias! De perdedores que nos viram as costas estamos nós todos fartos...

CARLOS CARREIRAS teve a humildade de reconhecer que, sozinho, não triunfará! E de "papos-de-vento" estamos nós todos fartos...

CARLOS CARREIRAS focalizou os problemas com que se defrontam os presidentes de Junta e primeiros eleitos nas listas do PSD no Distrito de Lisboa! E, com a "força da sua razão", sensibilizou-nos!

CARLOS CARREIRAS comprometeu-se (o que é diferente de "prometer"...) a ajudar os presidentes de Junta e primeiros eleitos a levarem a bom termo a sua missão em prol dos seus Eleitores! E de ser deixados "ao abandono" estamos nós todos fartos...

CARLOS CARREIRAS alertou-nos para os tempos difíceis que aí vêm! E de "virtuais" futuros cor-de-rosa estamos nós todos fartos...

CARLOS CARREIRAS TERÁ O MEU VOTO, AMANHÃ, DIA 8 DE NOVEMBRO!

 

Em Oeiras, irei contribuir para a VITÓRIA de CARLOS CARREIRAS, votando Lista "A" para a Mesa da Assembleia Distrital, para o Conselho de Jurisdição e para o Presidente da CPD;

Sei em quem estou a votar... A sua equipa é conhecida (aqui);

 

E porque entendo que posso ajudar em futuras VITÓRIAS do nosso Partido, tenho a honra de integrar, como Delegado à AML...

A LISTA D

Para a qual ouso pedir O VOSSO VOTO, Companheiras e Companheiros!



Publicado por rui.freitas às 23:53
Link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
|

O senhor que se segue, é...?

Companheiras e Companheiros,

 

Perdoem a minha "ignorância", mas há "apoios" que, sendo, não o são...

Ou deverei dizer que, há "apoios" que, não sendo, o são...?

Já não sei que dizer nem o que pensar. Eh! Eh! Eh!

Este "apoio" (que recebi por e-mail enviado pela candidatura HLC), é mesmo um "apoio" ou é um "apoio"?

E é "dado" em que qualidade?

Na de ex-presidente da Câmara Municipal de Lisboa a uma ex-vereadora?

Na de presidente do Grupo Parlamentar do PSD na Assembleia da República?

Na de amigo?

Na de ex-presidente do PPD/PSD, não é certamente... como afirma o signatário do "apoio"!

Este, Companheiras e Companheiros, é um daqueles "apoios" que é... mas não é! Será?

Já agora: não havia uma fotozinha mais actual... para "selar" o "apoio"?

Assim, não há "jetesete" que aguente!

 

000wtp1s

No site desta candidatura, também podemos confirmar o "apoio" de Manuela Ferreira Leite... a distinta militante que também "apoiava" Luís Marques Mendes... Mas não apoiou!

Faço-me entender?

Existirão mais "barões", "baronesas", "baronetes" e quejandos que queiram "apoiar"?

Pelas minhas contas, já só faltam mesmo o presidente da Mesa do Congresso e o presidente do Partido!

Quem será o senhor que se segue?



Publicado por rui.freitas às 23:25
Link do post | Comentar | Ver comentários (5) | Adicionar aos favoritos
|

Terça-feira, 6 de Novembro de 2007
Ao que isto chegou! O "pessoal" da Lena perdeu totalmente a vergonha...

Que me desculpem os demais leitores deste "blog" mas, o "post" de hoje, é dirigido -unicamente - aos Militantes do Partido Social Democrata que, quinta-feira, 8 de Novembro, irão eleger o próximo presidente da Comissão Política Distrital de Lisboa do Nosso Partido.

Pensava, efectivamente, escrever outro (acerca do almoço promovido hoje pelo candidato Carlos Carreiras com presidentes de Junta e primeiros eleitos do PSD), mas entendo que a "importância" deste merece o destaque de ficar isolado durante mais um dia, pelo menos, de modo a que alguns Companheiros e Companheiras (ainda com dúvidas) possam reflectir e tirar as devidas e necessárias ilações desta atitude.

É verdade, Companheiras e Companheiros: ao que isto chegou!

Ao final do dia, quando cheguei a casa, abri a caixa do correio e, ao verificar o conteúdo de um sobrescrito que lá estava, fiquei estupidificado, a pensar cá para mim: alguns "militantes" do PSD PERDERAM COMPLETAMENTE A VERGONHA!

No interior desse sobrescrito que me era dirigido, pude ler a carta que abaixo reproduzo...

 

000wprka (clicar, para ampliar)  000wr841

 

Fiquei quase sem fala, acreditem, duvidando mesmo de que estava a ler tamanha pouca-vergonha!

Um Militante já me havia dito ter recebido uma igual e outros Militantes que contactei depois confirmaram-me que também receberam... e tiveram a mesma reacção. Que pouca-vergonha!

Já não bastava terem surgido três listas de candidatos a Delegados à AMLisboa, só na Secção de Oeiras apoiando o candidato Carlos Carreiras e, agora, isto!

Três Listas, sim, Companheiras e Companheiros, o que denota que alguns (cada vez mais, felizmente) social-democratas oeirenses têm razão em não acreditar na possibilidade de, tão cedo, "haver paz" nesta Secção... Bom, na de Algés também!

A primeira Lista, podemos considerar a "oficial", já que é encabeçada pelo actual presidente da Comissão Política;

A segunda, nem sei bem como a definir ("oficiosa", talvez...?), é encabeçada pelo presidente da Mesa da Assembleia de Secção;

A terceira - a LISTA D -, é encabeçada pelo Companheiro Jorge Paulo Roque da Cunha e congrega precisamente os tais Militantes descontentes com a "paz podre e forçada" que se vive na Secção de Oeiras... Ah! E na de Algés também!

Voltemos à "desavergonhada" missiva!

Que é subscrita pelos seguintes "militantes":

Pedro Miguel Rodrigues de Moura Simões - "militante JSD" n.º 102240;

Artur Manuel Chaves Francisco - "militante JSD" n.º 92231;

José António Fernandes Dias - "militante JSD" n.º 102238.

Todos residentes na mesma rua em Oeiras e dois deles na mesma casa... (já é hábito na "história" desta candidata).

Eu sei que sou "suspeito", pois é público que não "elegi" o actual presidente do PSD... Mas, não foi (é) ele quem anunciou a "pacificação" na família social-democrata? E também que não permitiria "vingançazinhas pessoais e mesquinhas" nas fileiras do Partido?

Ora aí tem um exemplo de uma "pacificação" cada vez mais longínqua, Dr. Luís Filipe Menezes!

Será que, desta vez, o Conselho de Jurisdição Nacional vai agir contra estes "militantes"?

Ou ficará tudo "em águas de bacalhau", porque os Estatutos não prevêm, não permitem, blá, blá, blá, blá...?

Já estou mesmo a prever as "cenas dos próximos capítulos":

Porque a Helena Lopes da Costa não sabia de nada;

Porque a carta foi "iniciativa" destes "militantes";

Porque a carta foi "forjada";

Porque é "desinformação";

Porque é "uma manobra de contra-informação";

Porque é "uma manobra de contra-contra-informação";

Porque "querem fazer de mim um bode-expiatório, quando sou apenas uma vítima":

Porque são jovens... e coiso... e tal...;

Porque "quero voltar a ganhar";

Porque... "po..a" nenhuma!

Esta atitude, só pode mesmo vir de QUEM NÃO TEM VERGONHA! Ponto final!

Já agora, convém também que saibam até onde vai esta "paz podre", alimentada e potenciada por alguns "dirigentes" do "psd de oeiras".

A partir de alguns gabinetes da CMO, têm "chovido" os telefonemas feitos por ex-militantes e/ou ainda "militantes" para Militantes do PSD, apelando a que, no dia 8, votem na lista "H" (de Helena Lopes da Costa)...

Não apoiamos... mas apoiamos...!

Faço-me entender?

 

Eu sei que sou acusado de "ressabiado", de "mau perdedor", de tudo o que quiserem...

De uma coisa não me podem acusar: é de ter dito fosse o que fosse contra o actual presidente da Câmara Municipal de Oeiras!

Da mesma forma não procederam comigo alguns "militantes" e ex-militantes que decidiram acompanhá-lo e integrar a sua candidatura IOMAF em 2005... Os "tais" que a carta diz ser necessário reintegrar!

Que estavam no seu pleno direito? Claro que sim!

Não acusem, não ataquem nem ofendam é quem entendeu manter-se fiel ao Partido em que milita... o PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA. Quanto a isso, os Estatutos são bem claros!

 

Perante este cenário - Companheiras e Companheiros -, ainda têm alguma dúvida?

Eu voto Carlos Carreiras... sem truques!

E os outros...?

 

(Para que conheçam em pormenor a lista dos Militantes descontentes, reproduzo-a abaixo)

000wsf01 (clicar, para ampliar)

 

D = Democracia!

D = Distrital !



Publicado por rui.freitas às 23:42
Link do post | Comentar | Ver comentários (17) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 4 de Novembro de 2007
Hoje... deu-me para "roubar"

E, como nestas coisas de "roubar"... o pior é começar, "gamei" logo três posts a dois "blogs" bem conhecidos da "nossa praça": o "Oeiras Local" (onde tenho o prazer de colaborar) e o "Arnaldo Madureira".

Ao primeiro deles, fui "roubar" esta resposta à ofensa dirigida ao Embaixador de Portugal em Londres por um jornalistazeco do "Daily Mirror", aqui referida a 1 de Novembro.

Só que A RESPOSTA que eu esperava, deveria ter saído do Ministério dos Negócios Estrangeiros ou, melhor ainda e como se impunha, do próprio primeiro-ministro para o n.º 10 da Downing Street... (http://www.number10.gov.uk/output/Page1.asp) para o amigo Brown! E não foi. Paciência, Sr. Embaixador!

Ao segundo, fui "gamar" estas duas "pérolas":

"Os pactos não são todos iguais"

E "Sondagens... quem as compreende?

Aliás, nada que me surpreenda!

(Aos "blogueiros", deixo a devida vénia e o pedido de desculpas pelos "roubos").



Publicado por rui.freitas às 23:46
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007
"bifes" "arrotam postas de pescada". E o MNE não os cala?

Uma vez, uma única vez trouxe a este "blog" o já famoso "Caso Maddie"! Foi a 9 de Maio, ainda o "desaparecimento" da criança era recente e todos acreditávamos na teoria do "rapto".

Com o decorrer dos dias, semanas e, sobretudo, com as frias e - ao mesmo tempo - arrogantes declarações dos pais, o "caso" começou a deixar-me dúvidas. Era uma encenação muito bem montada sob uma "história" mal contada... Puro "marketing", era ao que me "cheirava"!

O tempo foi passando, a Comunicação Social e a preocupação latente em certas franjas da população portuguesa (alguns, até os ouvi "exigir" isto: "tragam a nossa Maddie de volta"!) foi esmorecendo, os McCann constituídos arguidos, os boatos e "histórias" multiplicando-se...

Com todo o respeito e mágoa que me causa o desaparecimento de qualquer criança, acho que quem fez esta afirmação não estava "bonzinho/a da cabeça"... E não foi apenas uma pessoa!

Meses passados, já as nossas Polícias eram ofendidas na "praça pública" britânica e todos fomos "chamados" de incultos, através da "acusação" torpe feita a um Agente da PSP... que não falava inglês. E daí? Acaso todos os "bobbys" falam uma palavrinha de português?

Isto para já não falar da "roda de incompetentes" com que apelidaram os Agentes da Polícia Judiciária!

Bom, mas a "história" seguirá o seu percurso "normal", até que algum dia se venha a saber a "verdadeira verdade".

O que hoje me leva a voltar a escrever sobre o "caso", é isto e apenas isto:

O embaixador português no Reino Unido (?), António Santana Carlos, foi "aconselhado" a "manter fechada a sua estúpida boca de comedor de sardinhas", pois segundo Tony Parsons, colunista do tablóide ‘Mirror’, emitiu um "comentário burro e desnecessário" numa entrevista concedida ao 'Times'.

Não contente em ofender e humilhar o representante máximo de Portugal em terras de Sua (deles...) Majestade, o estúpido jornalistazinho ainda entende que a nossa Polícia Judiciária é “estúpida e cruel por encobrir a humilhação de não descobrir quem levou a criança”.

Já agora, uma perguntinha inocente: as famigerados análises e testes feitos em laboratórios britânicos, quando é que irão chegar a Portugal?

Para quem tiver dúvidas no que lê aqui, pode confirmar no "Correio da Manhã" de ontem!

É evidente que não pretendo culpar todo o povo inglês pela estupidez deste jornalistazinho mas, perante tamanha ofensa a um Diplomata Português, entendi protestar da forma que sempre condenei mas à qual hoje não resisto: "queimar simbolicamente" a bandeira da Grã-Bretanha!

Olhem só que espectáculo! Quase tão estúpido como o de MisterTony Parsons!

 

000wkz81

 

Para finalizar: duas questões que reputo de importantes. Ambas.

1.ª - Saibam todos os "bifes" que, dizer mal de Portugal é um exclusivo dos Portugueses... Não dos estrangeiros!

2.ª - Até quando o Ministério dos Negócios Estrangeiros (e todo o governo socretino) vai permitir atitudes destas aos ingleses? Ou a resposta correcta foi a demissão do Inspector encarregue do "caso"?

Caramba, o Sr. Brown já assinou o Tratado; que mais querem?

Sabem que mais?

God "shave" the queen!



Publicado por rui.freitas às 02:52
Link do post | Comentar | Ver comentários (7) | Adicionar aos favoritos
|

Sempre na hora certa
anti-corrupção
Visitantes desde Maio 06
Acordo Ortográfico
Prémios recebidos
ThinkingBlogger blog com tomates
Visitantes on-line
online
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Meteorologia
     
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS