Terça-feira, 28 de Setembro de 2010
"Batatinhas quentes"

Escuso de explicar aos leitores do "Pinhanços dixit..." o sentido da citação, que é por demais conhecida! No entanto, é imperioso que diga o porquê de a utilizar aqui e agora...

Aliás, o comentador Zé Paulo, hoje, às 14:57, levantava já o véu sobre a mesma questão, que parece estar a preocupar seriamente as hostes IOMAFiosas de Paço de Arcos!

Ontem à tarde, resolvi andar pela Vila, mas em locais que há muito não frequentava; garanto-vos: valeu a pena!

Para além de ter podido reconfirmar algumas "pontas soltas" que restavam, fiquei a saber - em dois "poisos" distintos e por dois paço-arcuenses que votaram "verde-alface" mas já se arrependeram - que, sim, há fortes divisões no seio da bancada"esverdeada" na Assembleia de Freguesia. A ponto de ambos me terem garantido que o próprio "líder de bancada" vai mesmo "bater com a porta" e, depois dele, pelo menos mais um ou dois se lhe seguirão. Ora, isto tem muito, mesmo muito que se lhe diga!

Desde logo, que há grande descontentamento na forma como estão a ser "tratados", principalmente quando lhes são escondidos factos e números que devia (dizem...) ser do seu conhecimento. Mas também que "não caiu bem" nas hostes, terem sido "aconselhados" (de forma ditatorial, quase) a não voltarem a reunir sem a presença do ilegal cabeça de lista. Mau ambiente tem criado, igualmente, saberem duas coisas que o(s) revoltou(aram): serem confrontados com alguns documentos e algumas decisões em cima da hora e, acima de tudo, verem que há "espertos" e "espertas" (repito: "espertas" - falaram-me no plural...) que têm sido "levados ao colo" ostensivamente, mesmo que uma delas "apresente serviço".

Como me interessava saber o mais possível, sempre fui adiantando que há pelo menos um "esperto" com um grau de amizade "constantino"; isto é, que "já vem de longe", mas os dois asseveraram que, mesmo assim, "o caldo vai entornar".

Aqui, surge-me uma dúvida: se dois (pelo menos) "abandonarem o barco", os que se lhes seguem não terão problema em "engolir sapos" (que também são verdes) e sentarem-se na bancada, mas... E se em vez de dois forem três, ou mais?

Os dois interlocutores - separados fisicamente duas boas centenas de metros - responderam-me aquilo que já esperava e queria ouvir...

"Essa hipótese já foi posta e é por isso que alguns, mais abaixo na lista, começam a ficar seriamente preocupados; é que, não querendo, de modo algum, assumir o lugar nesta altura do campeonato, também têm receio de dizer não, pois podiam perder mais do que ganhar". "As coisas estão neste pé", garantiu-me um deles, e "eles" quase já nem dormem...

Que rica batata quente!

"Pelo andar da carruagem", ainda vou ver o Fernando Godinho sentado no Salão Nobre da Junta de Freguesia a defender - não neste blog mas publicamente - aquilo que acho ser indefensável.

Espero sentado para ver quem tem e quem não tem... coragem e coluna vertebral!



Publicado por rui.freitas às 23:34
Link do post | Comentar | Ver comentários (16) | Adicionar aos favoritos
|

Operação "Malaya", demorou mas...

        (Jesus Gil y Gil, já falecido, e Isabel Pantoja, entre muitos outros envolvidos...)

 

Chamei a atenção dos leitores, a 10 de Janeiro de 2007, para o maior escândalo de corrupção na vizinha Espanha, mais concretamente na turística zona de Marbella, num processo designado como "Operação Malaya".

Agora, passados mais de três anos, tudo indica que os "presumíveis" culpados vão mesmo ser julgados e, certamente, condenados. Alguns, continuam detidos.

 

Espanha começa a julgar o maior caso de corrupção autáquica no país

"Uma centena de arguidos senta-se a partir desta segunda-feira no banco dos réus num tribunal da localidade espanhola de Marbella, no arranque do maior julgamento por corrupção numa autarquia da história de Espanha".

 

Se tivessem sido espertos, tinham vindo viver para Portugal...



Publicado por rui.freitas às 01:09
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 26 de Setembro de 2010
A "crise" inventada por Sócrates

Depois de Pedro Passos Coelho ter reafirmado que não votaria favoravelmente o OE 2011, caso Sócrates mantivesse a previsão de não recuar nas deduções fiscais e no aumento de impostos, eis que o próprio "pinócrates" nos brinda com esta "jogada":

Orçamento: José Sócrates ameaça demitir-se caso OE seja chumbado

"Portugal pagou ontem juros recorde desde a entrada em vigor do euro. As taxas de juro das obrigações a dez anos superaram os 6,45% e afastaram-se dos títulos alemães em 419 pontos, outro novo recorde."

E que é que o PSD tem a ver com isso, quando a "socrática" figura volta a insistir em aumentá-los? Reduzir nas mordomias é que não!

OE: Sócrates recusa reduzir défice só com cortes na despesa

"O primeiro ministro admitiu hoje que poderá ser mais justo, eventualmente, aumentar impostos do que colocar em causa a saúde e educação públicas e recusou fazer a redução do défice só com corte na despesa."

 

Naturalmente, a resposta de PPC só podia ser esta:

OE2011: cabe ao Governo encontrar alternativa - Passos Coelho

"O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje que o seu partido não quer regatear o Orçamento do Estado para 2011 e que cabe ao Governo «encontrar uma alternativa se entende que as condições do PSD não são justas»."

 

Contrariamente ao que querem fazer-nos acreditar os "arautos da desgraça", a Sócrates basta-lhe apresentar uma nova versão do OE (com a ajuda dos amiguinhos do BE) e acabar com a "palhaçada"... Qual é a crise? Não a vislumbro! O princípio é o mesmo, seja para o governo seja para as Autarquia... e funciona!

 

Mas, como já andam por aí umas "vozes" a dizer que Pedro Passos Coelho acabará por dar indicações para a abstenção, e outras, mais "venenosas" a insinuar mesmo que o PSD votará favoravelmente o OE 2011, permito-me lembrar-lhe que, político que queira ser Sério, não volta com a palavra atrás, sejam quais forem as consequências, adquirindo assim o beneplácito e compreensão do comum dos cidadãos.

Em caso de dúvida, digo já que não sou só eu a pensar assim. Há mais!

O futuro de Passos

"Pedro Passos Coelho empenhou a sua palavra (e a sua liderança) numa exigência orçamental simples: o PSD não irá tolerar mais nenhum aumento de impostos."

 

Por isso, cá estarei para confirmar a posição final, esperando não ser desiludido!



Publicado por rui.freitas às 02:25
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Mentir é a sua "profissão"

Deixo mais esta "pérola", que tem como principal destinatário o presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, que espero não volte a anuir a acordos não assinados nem a reunir com Sócrates sem testemunhas.

É que o dito cujo "pinócrates", afinal, formou-se em Coimbra (?), recebeu um MBA pela Universidade de Lisboa (?) e, pasmem, até foi um dos fundadores da Juventude Social Democrata! Eis uma nova versão, como se já não bastassem os "laranja/verde-alface", agora também temos um "laranja-rosa"! Foi militante, sim, mas não um dos fundadores da JSD...

Segundo o Columbia University World Leaders Forum, a "fonte" de informação foi o próprio Gabinete do primeiro-Ministro José Sócrates.

 

E você, ainda acredita nele?  



Publicado por rui.freitas às 02:20
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Afinal...

No passado dia 24, reproduzi aqui a notícia de que o grupo Águas de Portugal havia adquirido 400 veículos de luxo.

No dia seguinte, o presidente do grupo desmentiu!

Afinal, depois de um puxão de orelhas, ficamos a saber que:

 

Águas de Portugal suspende renovação da frota

"A Águas de Portugal informou sexta-feira que vai acatar integralmente a portaria governamental que ordena a suspensão imediata do plano de renovação da frota automóvel de todas as empresas do grupo de capitais públicos."

 

Mentir é feio...



Publicado por rui.freitas às 02:18
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010
O esperado aconteceu, finalmente!

Fiquem descansados que não se trata de uma análise profunda à "bombástica" notícia do "divórcio" anunciado. Um dia, faço-a à minha maneira, mas não hoje, que apenas pretendo chamar a atenção para alguns pequenos "esquecimentos" propositados por quem apenas quer desviar de si as atenções empurrando para outro (no caso, Pedro Passos Coelho, em quem não votei, como é sabido) culpas que este não tem.

Ou será quem algum dos leitores permaneceria impávido e sereno se, durante um encontro lhe dissessem algo parecido a isto: "Bom, vamos lá então debater idéias... mas aviso já que eu quero assim".

 

PSD recusou aumento de impostos e redução das deduções fiscais

"Passos e Sócrates tiveram esta semana dois encontros, em São Bento, para acertar uma negociação em torno do próximo Orçamento."

 

"Quem provocar uma crise orçamental provocará uma crise política"

"Silva Pereira acusa o PSD de estar já a prejudicar a economia e a credibilidade do país por recusar negociar com o Governo o Orçamento."

 

OE2011: seria «desejável» abertura de PSD - Vieira da Silva

"O ministro da Economia, Vieira da Silva, admitiu hoje que seria «desejável e bom» que houvesse disponibilidade do PSD para discutir as linhas do próximo Orçamento de Estado antes de ser apresentado no Parlamento."

 

Ministro admite medidas adicionais em 2010 e subir impostos em 2011

"O ministro das Finanças diz que a pergunta do momento é saber se são necessárias medidas adicionais para cumprir os objectivos."

 

Agora que "ficaram com o menino nos braços" e não sabem que fazer com ele, já dói? Ou pensavam que PPC voltava a dizer amen?

 

Que me dizem disto...

 

MP acata redução da acusação a ex-gestores do BCP

"O Ministério Público não vai recorrer da decisão do Tribunal de Instrução Criminal no processo contra ex-gestores do BCP."

 

Disto...

 

Empresa do Estado paga 400 carros de luxo

"As empresas do grupo Águas de Portugal (AdP) têm 400 carros de luxo para uso de dirigentes e outros altos cargos."

 

Governo mantém intenção de construir TGV entre Caia e Poceirão

"O governo mantém a intenção de construir a linha de TGV entre Caia e Poceirão, garantiu este sábado o ministro das Obras Públicas."

 

E disto...

 

Despesa do Estado cresceu 2,7%, entre Janeiro e Agosto

"A despesa do Estado cresceu 2,7% entre janeiro e agosto de 2010, mas continua a "registar uma desaceleração consistente" desde junho, anunciou hoje o Governo, com a garantia de que a meta do défice será alcançada com "determinação e esforço"."

 

Esforço de quem?

 

Com a devida vénia de Amigo, deixo-vos à consideração o que Luís Marques Mendes escreveu na sua página no Facebook:

 

"Quando se fala na redução da despesa do Estado, convém que tenhamos presente o seguinte:

 

Dimensão do Estado

1520 Organismos (entre Empresas Públicas; Institutos Públicos; Fundações)
Tudo isto fora as dezenas e dezenas de Direcções Gerais que existem nos Ministérios. Tudo a viver à mesa do Orçamento. Com os nossos impostos.

 

Pessoal

Administradores – 4560
Tudo a viver à mesa do Orçamento


Directores

Uma pancada de Directores (com todas as mordomias)
A que tem mais cargos de chefia – 196 (1 chefe por cada 16 trabalhadores)

 

CONCLUSÃO: A este ritmo um dia destes há mais chefes que trabalhadores.

 

VENCIMENTOS

Vencimentos dos Administradores – a grande maioria superiores aos dos governantes

 

Prémios de Gestão

A grande maioria destes administradores ainda têm prémios de gestão

 

Vencimentos dos Directores – É outra Loucura

O Director Geral da CP ganha mais que um Secretário de Estado. Não é o Administrador – É o Director Geral da CP

Tudo  Isto é um Regabofe. Uma imoralidade. Uma completa loucura."

 

E, para fim de festa, só nos faltaria mesmo isto:

António Costa, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, quer(ia) lançar uma taxa/ imposto sobre os turistas que visitam a capital portuguesa.

Era mesmo a cereja em cima do bolo!

 



Publicado por rui.freitas às 00:47
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2010
A explicação esperada

Têm sido mais do que muitos, os pedidos de explicação do meu post de anteontem, intitulado "Na CMO, "é sempre a subir"...".

É que, por vezes, esqueço-me que para além dos muitos funcionários e técnicos da CMO que visitam este blog, o comum dos cidadãos nem sempre sabe a que ou a quem me estou a referir. Por isso, aqui vai a explicação!

Sílvia Breu, até há poucos dias responsável pela Divisão de Atendimento e Apoio Administrativo da Câmara Municipal de Oeiras, acaba de ser "premiada" com a nomeação para um apetecível cargo: o de "partilhar", com o paço-arcuense Batista Fernandes (não sei se será Baptista?) o essencial das alterações - ou não - do Plano Director Municipal de Oeiras. Isto é, passará a decidir onde se pode ou não construir, onde se podem ou não "colocar mamarrachos", onde se pode ou não "encurtar" ou "esticar" a imaginária linha de demarcação entre o... e o.... Percebem?

Que falta faz agora José Eduardo Costa...!

Para o seu lugar, outra "premiada": nada mais nada menos do que a esposa do presidente da Junta de Freguesia de Paço de Arcos, senhor doutor Nuno Campilho!

Amigos, são para as ocasiões. Ou não?

A vida é o que fazemos dela... e há quem saiba "fazer pela vida"!

Satisfeitos, Caros Leitores?



Publicado por rui.freitas às 01:03
Link do post | Comentar | Ver comentários (32) | Adicionar aos favoritos
|

Medo da concorrência?

JSD-Oeiras festeja regresso às aulas.

 

 

Terá sido por receio da "concorrência" que Paulo Vistas, em cima da hora, não autorizou idêntico evento do CDS-PP no Forte de S. Bruno, em Caxias?



Publicado por rui.freitas às 00:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Terça-feira, 21 de Setembro de 2010
Na CMO, "é sempre a subir"...

É clarinho como "água" gaseificada... não é escuro como "breu"!



Publicado por rui.freitas às 01:17
Link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
|

"Calçar um par de patins"

Esta, é uma expressão comummente utilizada, quando nos queremos referir a alguém a quem estão prestes a desalojar do lugar ou "poleiro" onde se encontra, substituindo-o por outro... ou outra. Nem sempre com mais qualidades, diga-se em abono da verdade.

Lembrei-me deste ditado, quando li o artigo de opinião, escrito por Nuno Campilho e publicado no Jornal de Oeiras de 14 do corrente.

Inicialmente, coloquei a hipótese de publicá-lo na íntegra e sem qualquer comentário da minha parte. Mas, confesso que não resisti a responder ao autor, pois que ao Jornal em questão só me cumpre desejar muitos sucessos (já fui director-adjunto na Imprensa Regional e sei quão difícil é sobreviver sem "certa" publicidade institucional...).

Acabei por dividir o artigo em duas partes: a primeira, onde entre futeboladas, atoardas e disparos em várias direcções o autor assume o papel de julgador em causa própria (o que é sempre conveniente); e a segunda, essa sim merecendo-me apenas o epíteto de baixíssima falta de gosto.

Eu disse gosto (de finura, lisura, bom trato) e não "gosto" (de gostar, amar, admirar - sobretudo o "pai"...); são coisas bem distintas e, já reza o velho fado, "de quem eu gosto, nem às paredes confesso". Será o caso? Não, não é certamente; basta ler nas entrelinhas!

Antes de tecer quaisquer outras considerações, deixo à vossa leitura a brilhante peça do "escriba", não sem lhe asseverar isto: desengane-se, se pensa que de alguma forma me atingiu com o seu "Sol e/ou Lua", pelas seguintes razões: esta "carapuça" não me encaixa e, à excepção dos bons velhos tempos de Liceu (onde uma paixoneta por uma colega não foi correspondida), nunca por nunca "levei com os pés".

Posto isto...

 

(clicar no texto, para ampliar)

 

Admito que ninguém, no seu perfeito juízo, critique publicamente uma iniciativa da qual era (foi e é) o primeiro e principal responsável, como bem antecipou na Mensagem constante do Programa das Festas... que eu relembro aqui: "Em última análise, para o bem e para o mal, o resultado da edição de 2010 das Festas em honra do Senhor Jesus dos Navegantes, será da minha responsabilidade". Lembra-se?

Mas mandam o bom senso e a humildade (que demonstra desconhecer) que não "embandeire em arco" nem se faça passar pelo "maior" (ia a escrever, da paróquia, em sentido figurado, claro...) quando, afinal, "a edição de 2010 das Festas" em muito pouco, quase nada, se diferenciou das anteriores. Sobretudo porque teve todos os meios financeiros e mais alguns, como nunca ninguém teve até ao corrente ano! Aliás, a saga continua, com a UATLA a enxamear toda a Freguesia, vá-se lá saber porquê e com que autorizações, ainda que a CMO seja accionista maioritária com 41,31%...

Dizem que da "garrafinha" que cobre o géiser, a Junta viu "népia", mas a verdade é que foram mais do que muitos os outdoors publicitários e, como já aqui provei, os "seus" SMAS abriram mesmo os cordões à bolsa... como têm feito nos últimos tempos; tendo um logótipo azul, é razão suficiente para servir de "saco" da mesma cor!

Fez muito bem, por isso, em agradecer aos "patrocinadores, apoiantes e parceiros institucionais", sem os quais - tenho a certeza - "a coisa" poderia ter corrido pior...

Como lhe fica bem - a si ou a qualquer outro detentor de cargo dirigente - agradecer aos anónimos "funcionários da Junta e da Câmara, aos voluntários (?), aos bombeiros, paroquianos, polícias, atletas, artistas, artesãos, músicos, produtores" e bem assim - dou-lhe esta de bónus - aos colegas de Executivo e "presidenta" da Comissão de Festas e quantos a compuseram.

Como os meus pés estão intactos e não levaram nenhum "tiro", aconselho-o, Caro Nuno Campilho, a criar rapidamente na Junta de Freguesia a figura e o cargo de "provedor dos desocupados"; nunca se sabe...

Gostei que tivesse recordado no artigo o exemplo do nova-iorquino Giorgio (felizmente, não os conheço, nem a ele nem a Nova Iorque), o que me permitiu reavivar a memória para tempos passados... digamos, aí para uns oito, 12 ou 15 anos atrás, quando era Chefe de Gabinete ou coisa que o valha!

 

Finalmente, deixo à consideração dos leitores do "Pinhanços dixit..." as "pérolas literárias" constantes da parte final do seu artigo de opinião, na qual não "levou com os pés" mas fez questão de "dar com os pés" naquilo a que "comummente" se designa por boa educação. Por mim, tudo bem, mas ao menos respeite os "seus" leitores e o Jornal onde escreve!

 

 

"Opinião e Cultura" é o título da coluna onde escreve; lamentavelmente, tendo como qualquer cidadão livre o direito a expressar a sua opinião, deveria fazê-lo de modo mais culto!

Ainda recentemente, uma senhora comentadora insinuava que eu, como Jornalista, devia confirmar melhor as minhas "fontes". À senhora em questão, já respondi devidamente; aproveito agora para lhe dizer, Caro Nuno Campilho: primeiro, cuidado com as "esquinas" paço-arcuenses; segundo, se você fosse jornalista e eu seu chefe de Redacção ou director, quem lhe "dava com os pés" era eu!



Publicado por rui.freitas às 00:26
Link do post | Comentar | Ver comentários (29) | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 20 de Setembro de 2010
Espaços "verdes"

Consta por aí que a Câmara Municipal de Oeiras adoptou o sistema militar nas suas relações internas: a culpa é sempre do "soldado" e nunca dos "generais"!

Que o diga Paulo Riscado, sobre quem pesa uma possível suspensão por três meses (esperemos que seja só isso), por - supostamente - ter levado os seus superiores hierárquicos a assinarem autorização para pagamento de serviços ainda não prestados e materiais ainda não fornecidos.

E quem são os seus superiores, perguntará o leitor com toda a razão? Nada mais nada menos do que Zalinda Campilho e Alexandre Lisboa que, pelo mesmo "crime", perece terem sido "punidos" apenas com uma repreensão por escrito.

Estes assuntos, como é sabido, não constam das Actas do Executivo e são sempre tratados em reuniões não públicas. Com o que concordo!

Só que, antes, na Intranet camarária (vulgo "salão nobre virtual"), sabiam-se as razões e fundamentos de tais acusações... Agora, já não!

Consta também que alguém (dizem-me que o próprio presidente, mas não creio) terá insinuado que o arq. Alexandre Lisboa teria sido considerado como "alheio ao serviço" e, como tal, "inimputável"... Alheio ao serviço? Como? Então esse técnico não faz parte dos quadros da CMO? Ora essa!

Consta também que os vereadores Luísa Carrilho (PS) e Amílcar Campos (CDU) manifestaram a mesma estranheza do que eu e exigiram que o caso fosse colocado "em pratos limpos".

Posto o mesmo a votação, verificou-se o seguinte resultado:

A favor da penalização: 5;

Contra a penalização: 3;

Abstenções: 3.

Ou seja, seguindo a lógica, os cinco votos serão do IOMAF; os três contra serão 2 do PS (?) (dizem-me que um teria sido PSD) e um da CDU (?) e as abstenções 2 do PSD (talvez não) e 1 do PS (?).

Isto remete-me para o episódio em que a "Rosa dos gatos" terá agredido uma Munícipe e viu o seu vencimento reduzido em mais de 100 euros, quando, bem recentemente, Ezequiel Lino (ex-presidente da Câmara de Sesimbra e actual Adjunto do PCMO) para a Habitação, Polícia Municipal e Protecção Civil, Ambiente e Obras, consta ter agredido à dentada um agente e uma agente da PSP... e nada lhe aconteceu!

Concordo com a agressão a uma Munícipe? Claro que não! Só comparo o grau de responsabilidade e as penalizações aplicadas a cada um...

Tal como ao "soldado" Paulo Riscado!

Tem a palavra a Vereadora Madalena Castro, agora também responsável pelos Espaços "verdes".



Publicado por rui.freitas às 01:50
Link do post | Comentar | Ver comentários (56) | Adicionar aos favoritos
|

Caxias em festa?

Alguém me sabe explicar porque é que os SMAS estão de costas voltadas para Caxias?

 

 

É que, sendo como são os grandes patrocinadores das "festas e romarias" dos Concelhos de Oeiras e Amadora, tudo me leva a crer que as relações com a Autarquia Caxiense não devem ser das melhores.

Isto, porque (para quem não saiba), entre os dias 17 e 19 de Setembro (este fim de semana) decorreram as Festas em honra de N.ª Sr.ª das Dores. Decorreram mas pouco ou nada se deu por elas... E eu vivo a escassa centena de metros do local onde as mesmas têm lugar e, francamente, nunca vi festas mais pobrezinhas do que as deste ano!

Gostei da (fraquinha) iluminação, porque me fez antecipar os festejos natalícios, mas mais nada...

Os espectáculos (?) tiveram lugar na área restricta do Coreto de Laveiras, próximo do qual estavam "acantonadas" duas roulotes. Ponto final!

Se bem que o passeio fronteiro à esquadra da PSP estava em obras (que deviam ter teminado antes das festas), ficou por ocupar o espaço que nos últimos anos albergava alguns divertimentos e "barraquinhas" com animação para a população local, que já pouco tem.

Desconheço o programa, porque o não recebi - como sempre -, mas penso que a Junta de Freguesia, "esverdeada" tal como a CMO, deveria ter reclamado patrocínios iguais ou, pelo menos, quase iguais aos que teve Paço de Arcos.

Andei por ali e, confesso, fiquei triste...

Antes, com pouco dinheiro, faziam-se Festas que se vissem; hoje, foi a pobreza franciscana que se viu. Pudera... se nem no site da próprio Junta as mesmas foram anunciadas!!!



Publicado por rui.freitas às 01:25
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

"By e-mail" III

Terceiro link:

"Será importante colocar este link, que ilustra a gestão danosa legal (?) que permite que o Presidente da Câmara Municipal de Oeiras contrate a prestação de um serviço de apoio administrativo por 27.000,00€, quando a CMO dispõe de algumas centenas de funcionários administrativos!
Encapotamente, o Presidente Isaltino Morais utiliza os dinheiros municipais para pagar a alguém que poderá fazer muita coisa, se calhar a trabalhar para o IOMAF/AOMAF, nunca para a Câmara Municipal e para os munícipes de Oeiras.
Gostaria que os vereadores do PS, PSD e CDU se pronunciassem sobre mais este acto de esbanjamento de dinheiros públicos.
 
Atentamente.
"


tags:

Publicado por rui.freitas às 00:45
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

"By e-mail" II

Segundo link:

"Será importante colocar este link, que ilustra a gestão danosa legal (?) que permite que o Presidente da Câmara Municipal de Oeiras faça a Aquisição de serviços para apoio técnico-jurídico ao Gabinete da Presidência do Município de Oeiras por 64.800,00€, quando a CMO dispõe de algumas dezenas de advogados e juristas!
Encapotamente, o Presidente Isaltino Morais utiliza os dinheiros municipais para pagar a alguém que poderá fazer muita coisa, se calhar a trabalhar para o IOMAF/AOMAF, nunca para a Câmara Municipal e para os munícipes de Oeiras.
Gostaria que os vereadores do PS, PSD e CDU se pronunciassem sobre mais este acto de esbanjamento de dinheiros públicos.
 
Atentamente.
"


tags:

Publicado por rui.freitas às 00:43
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

"By e-mail" I

Por norma, não publico integralmente os e-mails que enviam para o meu endereço electrónico pessoal (ainda que identificados), mas estes três vou considerá-los como excepção e publicá-los como os recebi, já que seguem a linha que orienta a minha existência na blogosfera.

Leiam a nota introdutória e sigam o link no próprio texto:

"Será importante colocar este link, que ilustra a gestão danosa legal (?) que permite que o Presidente da Câmara Municipal de Oeiras contrate a Aquisição de serviços de produção do Boletim Oeiras Actual Nº 201 por  23.567,60 €, revista que devia ser um Boletim Municipal para publicitação dos actos da Câmara e Assembleia Municipal, e que está transformado num órgão de propaganda de Isaltino Morais/IOMAF.
Anualmente, e durante 11 meses (em Agosto não há), a CMO gasta mais de 250.000,00 € em propaganda pessoal do Presidente e do seu Grupo.
Gostaria que os vereadores do PS, PSD e CDU se pronunciassem sobre mais este acto de esbanjamento de dinheiros públicos.
"


tags:

Publicado por rui.freitas às 00:35
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 19 de Setembro de 2010
A mentira compulsiva no (des)governo...

Eu já andava desconfiado, mas agora a dúvida dissipou-se de vez: mentir compulsivamente, alastra no (des)governo português. Eu explico!

Tarde e a más horas, ficámos a saber que o "Governo anula TGV entre Lisboa e Poceirão e terceira travessia do Tejo", sob o pretexto mais do que conhecido de que "não existem condições económicas e financeiras". Grande novidade...

PSD e CDS-PP há muito que vinham alertando que a teimosia "sócretina" era perigosa para o futuro do País; curiosamente - ou talvez não -, a esquerda (BE e CDU) apoiava o projecto.

Já no dia 13, Paulo Rangel recordava que o governo "continua com TGV's e terceiras travessias, continua a não dar qualquer sinal de responsabilidade. Pelo contrário, parece estar a querer governar para captar votos numa altura em que deveria estar a governar para resolver problemas gravíssimos no país que vão ter consequências sociais muito sérias no curto/médio prazo".

O "socrático" PM e "sus muchachos" faziam "orelhas moucas"...

E quando Jorge Costa reagiu à notícia da anulação e disse que "cada vez que o Governo vai a Bruxelas toma decisões deste tipo", lembrando que "se o governo reconhece isto [falta de capacidade financeira para suportar o projecto], deverá ser consequente com todos os outros processos" logo, "cairam o Carmo e a Trindade".

Isto, porque o (des)governo - obrigado a abrandar este troço do TGV -, não quer deixar de acelerar logo que dê menos nas vistas, razão porque o PSD voltou a recordar ser imperioso que "a partir de agora, o PSD espera que o Governo seja consequente, porque se não tem condições financeiras para o projecto de TGV [entre Lisboa e Poceirão], naturalmente também não tem condições para o lanço entre Caia e Poceirão", bem como "com a renegociação de outras contratos que trazem elevados encargos ao país, nomeadamente as concessões no âmbito das parcerias público-privadas".

Quanto ao PCP, reagiu de imediato a duas vozes: a do deputado comunista Bruno Dias que "considerou que a ligação Lisboa-Poceirão da linha transporte de grande velocidade (TGV) é "um projeto indispensável" e que seria "gravíssimo para o desenvolvimento integrado da região e do país que não houvesse a construção da travessia do Tejo Barreiro-Lisboa" e a da Ana Teresa Vicente, presidente da Câmara de Palmela, para quem "o Governo deve esclarecer e é muito importante que fique clara a situação deste troço. A ligação entre Poceirão e Lisboa é indispensável, assim como a nova ponte nas vertentes rodo-ferroviária".

A mentira, imagem de marca "sócretina", surge na imediata reacção da ex-secretária dos Transportes, Ana Paula Vitorino, quando afirma que "estamos perante um 'fait-divers' relativamente a uma matéria que já se encontrava consolidada". Tentando concretizar, disse que "isto é a chamada não notícia, porque se trata apenas da formalização de uma decisão tomada desde maio e que não coloca em causa o projecto. Pelo contrário, face às condições mais gravosas do ponto de vista financeiro resultantes da crise internacional - e uma vez que iriam ficar fundos comunitários disponíveis pela existência de obras adiadas -, o Governo entendeu concentrar fundos neste projecto".

Eu sei que, agora, o (des)governo até já nos quer fazer crer que vai poupar o nosso dinheirinho, pois segundo o secretário de Estado dos Transportes, Correia da Fonseca, "o financiamento comunitário para o novo concurso do troço do TGV Lisboa/Poceirão poderá atingir 600/700 milhões de euros e lembrou que o anterior foi anulado em Maio". Porque não o negociou assim antes?

Em Maio, senhora ex-secretária de Estado e senhor secretário de Estado? Então, expliquem-me lá o porquê de, desde esse mês, nunca terem deixado de considerar o projecto como viável e imparável?

Vejamos:

"Os governos de Portugal, Espanha e França assumiram hoje, terça-feira, a execução das ligações ferroviárias de alta velocidade entre os três países como "prioridade política", instando a Comissão Europeia a dar prioridade e financiamento aos projectos", afirmação proferida pelo ministro do Fomento espanhol, José Blanco, numa mesa redonda realizada a 8 de Agosto em Saragçoa, com os seus homólogos português, António Mendonça, e francês, Dominique Bussereau.

Mas a mentira continuou...

António Mendonça, ministro das Obras Públicas reiterou, a 28 de Julho, "que as obras do troço de alta velocidade Poceirão-Caia, na ligação Lisboa-Madrid vão arrancar em Setembro".

No Jornal de Notícias de 29 de Maio, podia ler-se:

"A construção do troço para o comboio de alta velocidade (TGV) entre Caia e Poceirão vai mesmo avançar. Em prol do fortalecimento da economia, a Oposição de Esquerda aliou-se ao PS para rejeitar os diplomas do PSD e do CDS-PP para suspender o projecto".

Nessa data, Ana Paula Vitorino acusava PSD e CDS-PP de "conservadorismo do tempo do país orgulhosamente só", e o secretário de Estado das Obras Públicas, Correia da Fonseca, "garantia que o projecto apoiará as pequenas empresas e que o investimento previsto não se reflecte no Orçamento de Estado para 2010, sendo diminuto (0,04% e 0,03%) esse reflexo nos anos seguintes".

Como são esquecidos, estes secretários de Estado! Ou serão mesmo mentirosos compulsivos, como o "chefe"?

Não esqueçamos nós que, já em Maio, havíamos atingido, de facto, o pico da crise:

"Pela primeira vez desde o início de Maio, altura do pico da crise de dívida soberana, a taxa de juro que os investidores estão a cobrar para comparem obrigações do Tesouro português a 10 anos superou os 6%, subindo cinco pontos base para 6,009%. A 7 de Maio a ‘yield' atingiu os 6,285%.

Esta subida, juntamente com a descida de quatro pontos base nas ‘yields' da dívida alemã da mesma maturidade, colocou o ‘spread' no valor mais alto de sempre, em 356 pontos base. Isto significa que os investidores nunca exigiram um prémio tão alto para comprar dívida portuguesa em vez da alemã, a referência no mercado europeu. O anterior recorde datava da semana passada, de 354 pontos".

Deixo-vos com uma pergunta crucial (dirigida, em especial, aos ainda crentes neste (des)governo):

Acham mesmo que o "sócretino" PM e "sus muchachos" tencionam deixar de lado as obras megalómanas? Não? Claro que não!

Ó Abreu...

Agora, "o Metro até Campolide é obra prioritária" e só "não avançará imediatamente, dado o imperativo de contenção de gastos".

Além disso, António Mendonça volta a garantir (tal como em Maio) que "o governo mantém a intenção de construir a linha de TGV entre Caia e Poceirão", acrescentando que "a Assembleia da República votou «maioritariamente a continuação do projecto»", respondendo, deste modo, ao repto lançado pelo PSD para que seja cancelada a construção do troço Caia-Poceirão.

Só que se levanta agora um "inesperado" problema:

O "consórcio luso-espanhol que viu concurso anulado no Lisboa/Poceirão diz que vai actuar na defesa dos seus interesses". O que é que esperavam? Mesmo assim, "eles" não desistem...

"O Ministério das Obras Públicas anulou o concurso para construção do troço entre Lisboa e o Poceirão, incluindo a nova ponte sobre o Tejo, da linha ferroviária de alta velocidade Lisboa/Madrid, mas prevê relançá-lo já a partir de Novembro". Segundo fonte oficial do ministério liderado por António Mendonça explicou ao Diário Económico, o objectivo "é reunir até Novembro os elementos todos para poder relançar o novo concurso de TGV no troço entre Lisboa e o Poceirão".

 

Até quando vamos tolerar o faustoso despesismo e a deliberada e permanente mentira deste desgoverno?

 

 



Publicado por rui.freitas às 02:45
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Desemprego jovem em Portugal

Na próxima semana, os portugueses irão deparar-se com este "outdoor", da autoria da JSD. Estejam atentos!

 



Publicado por rui.freitas às 02:23
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 17 de Setembro de 2010
+ contra... dições!

«Uma questão de tempo» até Portugal ficar sem financiamento

 

"O economista António Nogueira Leite alertou hoje para o ritmo «incomportável» de endividamento do Estado português, admitindo que «é uma questão de tempo» até Portugal perder a sua capacidade de se financiar".

In Sol - 16.09.2010

 

Sócrates condena alarmismo sobre dívida

 

"O primeiro-ministro classificou esta quinta-feira, em Bruxelas, de «alarmistas» as notícias que dão conta de um descontrolo da dívida pública tendo assegurado que o Governo irá atingir os objectivos orçamentais definidos".

In Sol - 16.09.2010

 

Mas então já não percebemos todos que isto está mais do que bom, mais do que óptimo? Está "bóptimo"!

Ou, como alertou Marques Mendes, ontem, na TVI24... "os objectivos orçamentais podem ser alcançados e até ultrapassados... à custa de «manigâncias», claro!"



Publicado por rui.freitas às 00:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

contra... dições

Medicamentos: Governo aprovou redução de 6% nos preços

(Elvira patroa... Elvira empregada..., lembram-se?)

 

"O Conselho de Ministros aprovou hoje um decreto lei que vai levar à redução do preço dos medicamentos em seis por cento, incentiva a prescrição eletrónica e altera a comparticipação dos medicamentos."

In diáriodigital - 16.09.2010

É bom? É, mas...

 

Medicamentos. Governo põe fim à comparticipação de 100%

 

"Ministério da Saúde reduz em 6% o preço de todos os remédios e pretende encaixar 250 milhões de euros por ano. Ministra diz que está a negociar com a indústria farmacêutica".

In Ionline - 16.09.2010

 

Cá está uma das "manigâncias" de que falou Luís Marques Mendes.



Publicado por rui.freitas às 00:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Governo vende ao... governo!

Governo vende 100 repartições de Finanças

 

"Estado vai arrecadar €105,9 milhões de receita artificial. Venda feita à Estamo, empresa de capitais públicos que comprou € 1000 milhões de património estatal desde 2006. A empresa é deficitária e só revende um terço do património que adquiriu".

In Expresso - 11.09.2010

 



Publicado por rui.freitas às 00:32
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Olá, meninos...

Vejam bem como ficou o meu cérebro, depois de tanta ginástica!

Ou, se preferirem, a infantilidade levada ao extremo...

 



Publicado por rui.freitas às 00:29
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010
Faltam pouco mais de três meses...

Para continuarmos a apertar o cinto...

Sina? Fado? Acho que não. É só nós querermos!

 

Pressão fiscal sobe 3 mil milhões

In CM - 12-09-2010

Teixeira dos Santos frisa esforço de redução

In DN - 10-09-2010

 

O problema, é que a redução irá fazer-se, como sempre, à custa do "emagrecimento" das famílias portuguesas e não do "monstro"...



Publicado por rui.freitas às 01:29
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 12 de Setembro de 2010
Mais 95.000,00€

Esta, é "fresquinha"; data do dia 10 de Setembro. É o que eu digo: quem pode, pode!



Publicado por rui.freitas às 01:29
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 10 de Setembro de 2010
A esperada confusão

É engraçado como quase todos os portugueses concordam com o princípio do "poluidor/pagador" e discordam quando ele se aplica às SCUT's (que Guterres prometeu graciosas) e ao princípio do "utilizador/pagador". Eu, quando as utilizar, sei que terei de pagar...

 

 

Para agravar ainda mais a "novela", concordo em absoluto com Pedro Passos Coelho, quando afirma que:

SCUT

Passos diz que "o país não vai perceber" sistema de portagens

 

In Económico com Lusa - 09/09/2010

Atentem nas notícias e na tabela de taxas que reproduzo abaixo:

Portagens em todas as SCUT até 15 de Abril

(ver e ouvir o vídeo)

In Económico - Lígia Simões - 09/09/2010

SCUT: Descontos e isenções para todos no Algarve

In Económico com Lusa - 09/09/2010

 

Isenções e descontos nas SCUT vão custar 200 milhões ao Estado

(ou seja, a todos nós, mesmo os que não as utilizam)

In Económico - Lígia Simões - 10/09/2010

 

O que era dedutível em portagens... já não é! E não esqueçam que acrescem "custos administrativos" a este valor...

Há coisa de três meses, estive na BRISA de Carcavelos, por outra razão, e verifiquei que, já nessa altura, a BRISA "informava" que só vendia os famigerados DEM. Curioso, não?

 

Identificador de matrícula vai custar 27 euros

In Económico - Nuno Miguel Silva - 09/09/2010

Finalmente,

Conheça o preço das portagens nas SCUT

In Económico - 09/09/2010

 

Ou, se preferir, clique AQUI.



Publicado por rui.freitas às 01:38
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 8 de Setembro de 2010
7 de Setembro, Dia da Vergonha Nacional

Creio que já existiam "dias" para tudo: dia internacional disto, dia mundial daquilo mas, verdade seja dita, fazia falta (mais) este Dia da Vergonha Nacional... o 7 de Setembro!

Acho que todos os noticiários televisivos falaram disso, rádios e jornais também. Li alguns, "na diagonal" e à pressa, donde não posso dizer que já tenha uma opinião totalmente formada sobre o "caso", o que só me permite, em primeira análise, dizer-vos do meu sincero espanto.

O tema fulcral é este e, abaixo, deixarei a(s) minha(s) opinião(ões)!

 

 

Tudo indica que os 27 OE's vão ser "aprovados" primeiro aqui (UE) e, só depois, nos Parlamentos nacionais.

 

Ecofin impõe análise prévia da UE a orçamentos nacionais

"O conselho de ministros das Finanças da União Europeia (Ecofin), reunido hoje em Bruxelas, aprovou o novo «semestre europeu», exercício através do qual os projetos de orçamento dos Estados-membros serão discutidos no seio da União antes de serem apresentados aos parlamentos nacionais.

Os ministros das Finanças dos 27 avalizaram hoje o «código de conduta» do chamado «semestre europeu» - cujo conceito geral havia sido já acordado entre os Estados-membros na primavera passada -, aprovando assim formalmente a entrada em vigor do novo mecanismo já no próximo ano.

A ideia da iniciativa é assegurar que uma maior coordenação no seio da UE providencie orientações para a preparação das políticas orçamentais a nível nacional, com os projetos a serem apresentados aos parlamentos nacionais a resultarem de directrizes acordadas a nível da UE".

In Diário Digital / Lusa - 07-09-2010

OE: Governo espera coordenação «efetiva» ao nível da UE

"O ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, defendeu hoje a importância do aperfeiçoamento dos “instrumentos de coordenação” europeus no plano económico e financeiro, entre os quais o escrutínio anual por Bruxelas dos Orçamentos nacionais.
Em declarações à agência Lusa à margem da cerimónia de apresentação do programa das Comemorações do Centenário, Pedro Silva Pereira salientou que Portugal “precisa do Orçamento”, cuja proposta deverá ser entregue pelo Governo em outubro.

“Nós temos compromissos internacionais no plano orçamental e é muito importante ao nível europeu que a coordenação dos países aconteça e seja efetiva. Uma das razões pelas quais a Europa conseguiu responder com celeridade a uma gravíssima crise económica foi a existência de coordenação”, disse."

In Diário Digital / Lusa - 07-09-2010

CE quer monitorizar ofertas de emprego - Durão Barroso

"A Comissão Europeia vai propor, até ao final do ano, um sistema de monitorização de ofertas de emprego para auxiliar o preenchimento das quatro milhões de vagas que existem na união, afirmou hoje o presidente Durão Barroso.

Em Estrasburgo, no discurso que proferiu sobre o Estado da Nação, na sessão plenária do Parlamento Europeu, José Manuel Durão Barroso afirmou também pretender avançar com um passaporte europeu de habilitações.

O presidente do executivo comunitário recordou que mais de seis milhões de europeus perderam os seus empregos desde 2008 e que é necessário elevar, até 2020, para 75 por cento a taça de empregabilidade de mulheres e trabalhadores menos jovens."

In Diário Digital / Lusa - 07-09-2010

 

Em primeiro lugar, concluo que o "trauliteiro" Silva Pereira aceitou de bom grado (e, sabe-se lá se de braços abertos) o atestado de incompetência passado pela UE/Durão Barroso, já que é minha convicção (como diz um Grande Amigo) que, ao chamar a si a "análise prévia" dos 27 OE's, a UE mais não faz do que menorizar despudoradamente a Assembleia da República. Sim, a Assembleia da República Portuguesa, porque quanto aos restantes 26 em nada "contribuem para a minha felicidade", como usa dizer-se. Ora, com este "atestado" (não obtido a um domingo mas sim a uma terça-feira), a UE apenas quer dizer, alto e bom som, que mais vale prevenir do que remediar, perante as trapalhadas e imbróglios que se vislumbram para o OE 2011.

Até ao momento, apenas me dei conta das habituais vozes "ofendidas" do PCP, do BE e do contentamento "menistro trauliteiro"; aguardo as reacções do PSD e CDS-PP. Se já as houve, peço desculpa por não estar atento!

É óbvio que quem "dá o dinheirinho" (e não é tão pouco como isso) é quem o deve controlar, o que me remete, de novo, para a prova da incapacidade do nosso (des)governo em geri-lo conveniente...mente!

Mas ficaria de mal comigo (coisa que não costumo fazer) se não confessasse aqui o meu profundo descontentamento com mais esta "brilhante" idéia da UE/Durão Barroso. Não gostei e tenho o direito de me sentir ofendido na minha qualidade de cidadão português, contribuinte, cumpridor e livre, mesmo que a "sócretina tropa fandanga" a isso tenha obrigado!

Caso esta proposta/imposição se venha a concretizar, então, permitam-me avançar desde já com uma solução para acabar de vez com a crise em Portugal: Encerre-se a Assembleia da República, despeçam-se os/as deputados/as, o (des)governo e todos os organismos que deles dependem e então sim, saiamos da União Europeia, pois os milhares de milhões que isso nos vai poupar, irão permitir-nos ser, de facto, uma Nação Soberana!

O que deixámos de ser, desde 7 de Setembro de 2010.

 

Mesm o que Durão Barroso me acene com o "caos" e a "tanga":

"Chegou para a Europa a hora da verdade, ou sobrevivemos juntos ou afundamo-nos um a um", afirmou o presidente da Comissão Europeia.

In Expresso - 07-09-2010



Publicado por rui.freitas às 00:30
Link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 6 de Setembro de 2010
Pró ano há mais...

Escusado será dizer que serei mais uma vez crucificado por aquilo que aqui rapidamente escreverei acerca deste último dia das Festas em honra do Senhor Jesus dos Navegantes, as Festas de Paço de Arcos 2010. Mas fá-lo-ei na mesma!

Com tantos e tais apoios e patrocínios, confesso sinceramente que esperava um fim de Festa com mais "honra" e "glória". E não foi isso que aconteceu, a ponto de ter escutado muitos assobios por parte de pessoas que, aos milhares (é verdade) acorreram a Paço de Arcos para assistirem a um espectáculo que, afinal, foi bastante inferior, em qualidade e quantidade, a anos anteriores.

Da música, pouco se ouviu e ao fogo faltou-lhe concentração para ser espectacular. Foram 13 minutos demasiado dispersos...

É a minha humilde mas verdadeira opinião.

Termino com uma pergunta:

Que pensa fazer a comissão de festas, como pensa actuar e/ou compensar (através de accionamento de seguros?) os feirantes que, este ano, foram vítimas de assaltos às suas "barraquinhas"?

A ponto da (assaltada) "barraquinha" do Tarot ter sido substituída por uma empresa editora discográfica e outros (assaltados) colocarem já a possibilidade de não voltarem às nossas Festas, pois pelo que pagam (média de 300 euros), acham que deviam poder sentir-se mais seguros!

Eu sei que a segurança cabe à PSP. É verdade. Mas, nesse caso, tenciona a comissão de festas solicitar explicações àquela corporação?

Aguardemos!



Publicado por rui.freitas às 03:27
Link do post | Comentar | Ver comentários (62) | Adicionar aos favoritos
|

Sábado, 4 de Setembro de 2010
Quem pode, manda...

... e quem não pode, paga! Paga, como eu paguei o espectáculo do João Pedro Pais na Praia Velha.

Bom, paguei eu e todos os consumidores da água dos SMAS... Duvidam?

Ó pró contrato/ajuste directo:

 

Ah! E pagámos também o concerto do Tony Carreira nas Festas da Cidade da Amadora, no ano passado. mas esse custou "" 55.000 euros!

Vá lá...!

Tudo "claro como água", "transparente" e, sobretudo, bem "explicadinho"!

Isto dos "blogs" é uma chatice, não é? Ora leiam aqui.



Publicado por rui.freitas às 03:15
Link do post | Comentar | Ver comentários (9) | Adicionar aos favoritos
|

Há "inquéritos" e Inquéritos...

Por curiosidade, voltei hoje a visitar o site da JFPA (que há muito deixou de ser a minha home page) e resolvi ver a quantas andava o resultado da votação no Inquérito sobre o novo site. À pergunta "Gosta do novo Site da Junta de Freguesia de Paço de Arcos", permite-se uma de três respostas: "Gosto Muito", "Gosto" e "Não Gosto".

 

A 25 de Agosto, quando votei "Não Gosto", essa opção somava 50% do total, seguida do "Gosto Muito" com 39% e do "Gosto" com  11%. Hoje, verifiquei que a tendência se inverteu acentuadamente, com a primeira opção a atingir os 54%, a segunda os 16% e a terceira apenas os 31%... Fiquei intrigado e decidi fazer uma experiência: votei, votei e votei... três vezes, e o contador permitiu-me fazê-lo sem restrições.

Ah! Descobri a pólvora: Para além do "milagre" do Inquérito ter atingido os 101% (???), basta pedir a um ou dois amigos que passem por lá e façam como eu fiz: votem, votem, votem, votem e votem. É certinho e direitinho, ganha o "Gosto Muito"!



Publicado por rui.freitas às 02:35
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Palco 1 - Praia dos Pescadores

"Tiro o meu chapéu" a quem conseguiu encerrar a EN 6 (conhecida como Avenida Marginal), desde o Farol da Gibalta (Caxias) até à Escola Náutica (Paço de Arcos), entre as 21H00 e as 01H00 da manhã. É obra..., mas quem pode, pode!

Isto para que fosse possível realizar-se em segurança o espectáculo de João Pedro Pais que, de facto, atraiu à Praia Velha algumas centenas de visitantes.

João Serra conseguiu, apenas uma vez, encerrar o troço entre o Palácio dos Arcos e a mesma Escola Náutica, por uma escassa hora, de modo a que o então Pároco de Paço de Arcos (hoje, Cónego Armando Duarte) pudesse proceder à bênção das embarcações. Foi exactamente no ano em que, carregando com muita honra o Pálio, "ganhei" uma rotura de ligamentos no braço direito (devido a uma rajada de vento) de que até hoje não me livro.

Ficam os meus parabéns a quem conseguiu organizar aquela que considero a melhor noite das Festas 2010 (e as minhas desculpas pela fraca qualidade das fotos).

 

  

 

Mas, como não há bela sem senão, e apesar da sinceridade do meu aplauso, quem pensou em segurança devia saber que, pela mesma razão (o géiser foi inaugurado em noite enevoada no meu mandato, por isso o sei), o novo ornamento da "água tónica" não pode estar ligado até às quatro da madrugada... A segurança de quem transita na Marginal a isso obriga, meus caros!

E, mesmo que o "negócio" tenha sido concluído há já um ano, por gente com "vistas largas", podiam ter arranjado um belo "31" para a Câmara Municipal de Oeiras...



Publicado por rui.freitas às 01:29
Link do post | Comentar | Ver comentários (11) | Adicionar aos favoritos
|

A "conta gotas"?

Assim parece, pois é raro o dia em que não "nasce" mais uma novidade nas Festas em honra do Senhor Jesus dos Navegantes! Só hoje, foram duas.

Então não estava tudo previsto e devidamente anunciado? Ou será que, como vai sobrar dinheiro dos "patrocinadores", vamos nessa de gastá-lo?



Publicado por rui.freitas às 01:06
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010
Há vida para além das Festas...

Eis uma prova bem evidente. Com falinhas mansas e diplomacia, nenhum país acabará com a pirataria somali.

Neste vídeo, o exército Russo "ensina" como é que se faz.

 

RUSSIAN NAVY CAPTURES SOMALIAN PIRATES ...

"Um petroleiro russo foi aprisionado por piratas somalis. A força naval da União Europeia, que patrulha aquelas águas, não interferiu, temendo baixas na ação. Os comandos navais russos são accionados. Resgatam o petroleiro, libertam os seus compatriotas e transferem os piratas, inclusive os feridos, de volta para o  barco pirata, que é vasculhado em busca de armamento que, como se vê, é numeroso. Falam em russo (um pirata, muito ferido, diz algo em inglês). Voltam para o próprio vaso de guerra, de onde assistem ao afundamento do barco pirata, em consequência das  explosões das cargas por eles lá instaladas.
"Os comandos russos afundam o barco com os piratas sem qualquer procedimento legal (tribunal, processo, advogados, etc.) Usaram as leis contra a pirataria dos séculos 18 e 19, quando o capitão do navio de resgate tinha o direito de decidir o que fazer com os piratas. Normalmente, eles eram enforcados. Os navios russos não mais serão alvo dos piratas somalis." "É a deterrência por repulsão"
E ainda fotografam e filmam tudo... e colocam na Internet!
Os piratas somalis pensarão muito antes de voltarem a atacar navios russos de novo!"



Publicado por rui.freitas às 00:38
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Sempre na hora certa
anti-corrupção
Visitantes desde Maio 06
Acordo Ortográfico
Prémios recebidos
ThinkingBlogger blog com tomates
Visitantes on-line
online
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Meteorologia
     
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS