Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010
Depende "deles" ou de nós?

tags:

Publicado por rui.freitas às 02:21
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010
Partem os brinquedos e quem se lixa somos nós

O vídeo que reproduzo abaixo, encaixa perfeitamente na actuação do (des)governo "xuxialista" desde 2005, e bem podia ser a imagem que melhor se adapta a José Sócrates: tanto brincou com o País até que deu cabo dele; agora, pagamos nós!

 



Publicado por rui.freitas às 01:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2010
Cai-me cada coisa na "caixa do correio"!

Deixo-vos duas perguntas, Caros Leitores:

1.ª - Porque não "Ricardo & Ricardo"; sempre saía mais barato;

2.ª - Não acham que falta o tom "verde" neste postal?

 



Publicado por rui.freitas às 02:23
Link do post | Comentar | Ver comentários (8) | Adicionar aos favoritos
|

Vale tudo, nesta "espécie de país"

Empresas públicas ganham milhões com mercados e não dão ao Estado

"Tribunal conclui que o governo tem argumentos para demitir gestores públicos de CP, Metro e Refer".

 

"Andamos a viver acima das nossas possibilidades", é o que nos dizem...

Vai uma aposta em como ninguém será punido?

 



Publicado por rui.freitas às 02:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Terça-feira, 28 de Dezembro de 2010
Rui Pereira: até quando?

Não contente em ter extinto a BT da GNR, em tornar um concurso público de aquisição de blindados para a PSP em urgente, de modo a evitar "maçadas", o ministro Rui Pereira está de novo na "linha de fogo" com a Missão Natal Seguro. E com toda a razão:

 

 

Remodelação, precisa-se!



Publicado por rui.freitas às 00:16
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 24 de Dezembro de 2010
Aos Leitores e Comentadores



Publicado por rui.freitas às 02:38
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Email natalício

Nada como uma acçãozita de propaganda, para "motivar" quem trabalha.

Deve ter sido essa a ideia do chefe de gabinete do presidente da CMO, Nuno Costa, ao enviá-lo a todos os funcionários, lembrando-lhes que:

"OEIRAS É...

Melhor Concelho para Trabalhar 2009 e 2010
Concelho de Excelência 2009
3.º Melhor Concelho para viver 2009
Menores índices de criminalidade
Concelho mais seguro entre os que fazem fronteira com Lisboa
Primeiro Concelho a terminar com o flagelo das barracas
Referência nacional ao nível do crescimento, da excelência e da qualidade de vida
Maior concentração de empresas de base tecnológica no País
Maior concentração de licenciados e de doutorados do País
Maior rendimento per capita a nível nacional
Segundo maior poder de compra per capita em Portugal
Segundo maior Concelho na arrecadação de impostos
Exemplar na preservação ambiental
Exemplar na requalificação patrimonial
Município Pró-família (distinção CNAF, 2010)
Município Familiarmente Responsável (Ass. Portuguesa de Famílias Numerosas, 2010)
Grande Prémio APCE – Excelência em Comunicação
SMAS melhor prestador nacional deste tipo de serviços (Distinção da DECO, 2009)
SMAS Prémio comunicação
Melhores indicadores do país ao nível do emprego
Mais que triplicou o número de empregos entre 1988 e 2003
Triplicou o n.º de empresas entre 1988 e 2003
Melhor concelho para estudar (Prémio SInASE, 2010)
As melhores escolas do País
Cinco estabelecimentos de Ensino Superior
26% da população com ensino superior – a maior taxa a nível nacional
A taxa mais baixa do país de munícipes sem nível de ensino (5%)
Uma das mais baixas taxas de abandono escolar (1,1%)
As crianças mais felizes, com melhores condições de vida e as mais satisfeitas com o local onde vivem (estudo de Amélia Bastos).
E MUITO, MUITO MAIS…  FRUTO DO VOSSO EMPENHO E DEDICAÇÃO. 
FELIZ NATAL E VOTOS DE UM ANO NOVO PLENO DE DESEJOS CONCRETIZADOS."

 

"Mai nada..." É caso para dizer: "água benta e presunção..."



Publicado por rui.freitas às 02:21
Link do post | Comentar | Ver comentários (12) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 19 de Dezembro de 2010
Morreu José Correia dos Santos

O último dos "Cinco Violinos", Correia dos Santos, faleceu esta madrugada, aos 84 anos de idade.

Encerra-se assim, infelizmente, um ciclo incomparável no hóquei em patins português e em especial no Clube Desportivo de Paço de Arcos, cuja camisola sempre envergou sem nunca a ter trocado por outra.

Pelo CDPA, foi oito vezes campeão nacional e, por Portugal, conquistou seis campeonatos do Mundo (o primeiro dos quais em 1947) e outros tantos da Europa; foi capitão da Selecção Nacional de Hóquei em Patins, e com Emídio Pinto, António Raio, Edgar e seu primo Jesus Correia, formou esse brilhante grupo "baptizado" como os "Cinco Violinos".

De entre as muitas justas homenagens que recebeu, permito-me destacar o prémio "Alto Prestígio" (a distinção com mais alto significado atribuída pela Confederação do Desporto e que é sempre subordinada a um tema escolhido anualmente para a Gala do Desporto, sendo na edição do ano 2008 "O Amor à Camisola") e, mais recentemente, galardoado como um dos "Cem Atletas do Centenário da República".

A 7 de Dezembro de 2000, tive o privilégio e a honra de lhe entregar a Medalha de Honra da Freguesia de Paço de Arcos - Grau Ouro, aqui documentada.

O seu corpo esteve em câmara ardente na Capela mortuária de Paço de Arcos, saindo o funeral amanhã, pelas 11 horas, para o cemitério de Oeiras.

Aos seus familiares ainda vivos, endereço os meus mais sentidos e respeitosos sentimentos.



Publicado por rui.freitas às 22:57
Link do post | Comentar | Ver comentários (24) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 12 de Dezembro de 2010
Um "doce" cheiro a etanol...

Não há açúcar nas prateleiras dos super e hipermercados! Eu bem tentei encontrar - porque precisava mesmo - mas em vão...

Há cerca de três anos, abordei aqui - algo "pela rama" e a propósito do constante aumento do petróleo/combustívei - que, esta, era uma situação que muito em breve poderia ocorrer; não me passou pela cabeça, confesso, que esse "futuro" estivesse tão próximo como parece estar.

Antevia, então, que talvez não fosse tão boa ideia cultivar cana de açúcar para produzir etanol, como contrapartida à subida dos preços dos combustíveis a nível mundial. Mas, eu sou eu, apenas um grãozinho na grande máquina que é a Humanidade e que, pelos vistos, deixou de pensar permitindo que outros pensem por ela.

E mesmo não sendo defensor da ideia de que os governos devem pensar pelos cidadãos, é bom que fique registado que aos primeiros compete defender os segundos; isto porque, como é óbvio, não é aos cidadãos de "per si" que cabe definir a política económica-financeira-social a curto, médio ou longo prazo. Tal como não é ao cidadão que compete conhecer as oscilações e tendência dos mercados (e não, não me refiro só aos ditos "mercados" especuladores que ninguém parece saber quem são), sobretudo em matérias que podem colocar em risco o nosso futuro comum.

Tudo isto para tentar dizer-vos o quê?

Ao desafiarem os agricultores mundiais (com especial incidência no Brasil e Índia) a produzirem mais cana-de-açúcar, prometendo-lhes chorudos lucros se o produto final (o açúcar) fosse canalizado, não para o consumo humano mas sim para a produção de etanol (designado como "combustível limpo"), fácil era prever que os mesmos aproveitariam a oportunidade que lhes era dada para, desse modo, "facturarem" mais com o mesmo esforço. O mesmo aconteceu com os produtores de beterraba e de milho, por exemplo.

Para consumo humano, os senhores do mundo decidiram que o melhor era "criar" o milho transgénico, de duvidosos resultados para a saúde dos consumidores, enquanto o verdadeiro milho (maçaroca), com ADN não manipulado, passaria a servir também a "causa" da "concorrência" aos combustíveis fósseis e ditos finitos... Que não são; é apenas mais uma forma de enganarem o "pagode"! Que acredita, sem questionar!

Antes mesmo do que eu pensava, começámos já a pagar os primeiros custos dessa factura: para já, a escassez do açúcar nos mercados mundiais, com o consequente aumento dos preços para muito em breve, seguindo-se-lhe, naturalmente, a escassez da beterraba e do milho para consumo humano.


  

 

Tudo, para que o crude/petróleo fosse derrotado. E foi? Não, claro que não!

Veja-se o que aconteceu nestas últimas semanas, com o preço do gasóleo e da gasolina a bater recordes de 2008...

Se estivéssemos a falar da União Europeia (a tal, que se assumiu há anos como sendo "dos cidadãos"), não me espantaria, pois essa é a mesma que pagava para plantar vinha e para a arrancar, para construir barcos de pesca e para os abater, para plantar girassóis e para os arrancar, para produzir mais leite e para multar quem ultrapassasse as quotas (?) e via cidadãos (sobretudo crianças e idosos) sem acesso ao mesmo, para produzir manteiga e para a atirar ao lixo, enfim... esta Europa que, hoje, manda (ou não) a três velocidades e é (co)mandada apenas e só pela toda-poderosa Alemanha.

Notícias de hoje, garantem que, amanhã (segunda-feira), os stocks de açúcar estarão repostos... Mas, enquanto isso, a RAR prefere despedir trabalhadores e importar o "ouro branco"!

A brasileira UNICA - União da Indústria de Cana-de-Açúcar, exultava com a produção recorde de 2007/2008, anunciando que "o “mix” de produção estimado para a safra é de 55,3% para álcool e 44,7% para açúcar." Veja-se que os humanos continuavam, desde os anos 70, a perder terreno para os combustíveis, constatando-se que a cana-de-açúcar "batia recordes na matriz energética".

Já este ano, a 1 de Setembro, a Agência Brasil voltava a reafirmá-lo, garantindo que "a alta do açúcar não colocará em risco a produção de etanol e que o optimismo estava em alta para 2010 por parte da União da Indústria da Cana-de-Açúcar".

Recuemos novamente no tempo, para recordar o que o jornal "Estado de São Paulo" escrevia, a 13 de Junho de 2007, sob o título:

"Açúcar-Ético - Etanol: problema ou solução?"

"O mar de etanol, que promete encobrir o mundo nas próximas décadas, mal começou a ser formado e já tem água suficiente para lançar o Brasil em uma intrincada polêmica".

Até quando, vai a Humanidade aguentar e, acima de tudo, tolerar ser manipulada pelos seus governos como um qualquer transgénico?

Ah! O "pirata", não esqueçamos, é agora o WikiLeaks... e outros seguidores!

Já que a Humanidade se acomodou e não reage, alguém tem de tomar a iniciativa. Dentro de dias, "nascerá" o continuador do WikiLeaks, baptizado já com o nome de Openleaks.

Fecha-se, cada vez mais, a margem de manobra para a mentira!



Publicado por rui.freitas às 23:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Sábado, 11 de Dezembro de 2010
Formar, é preciso...

É um dado adquirido que os "trabalhadores" só têm a ganhar, ao frequentarem acções de formação que os habilitem a prestarem um melhor serviço à comunidade. Até aqui, estamos de acordo.

Só que há acções de formação e "acções de formação"; esta, tenho para mim que foi acerca de "orientação por GPS"... "Olhinhos tapados" e vá de seguir, "cegamente", as instruções emanadas do "aparelhinho"!

Vejam lá se não foi?














Adenda, em 12.12.12010: Por lapso, não incluí estas três fotos à "reportagem" em questão. Por merecimento, aqui ficam...






Local da "formação": Caxias - Forte de S. Bruno - Baía dos Golfinhos;

Promotor da "formação": SMAS de Oeiras e Amadora;

Patrocinadores da "formação": Os munícipes de Oeiras... e Amadora.

... E todos viveram felizes para sempre!



Publicado por rui.freitas às 00:59
Link do post | Comentar | Ver comentários (27) | Adicionar aos favoritos
|

Será para comprar mais "Magalhães"?

Assim, até é fácil: pedir um empréstimo a Portugal para comprar produtos portugueses!

Faz-me lembrar um "certo" Comendador que pediu um empréstimo a um Banco para comprar acções do mesmo Banco...

Só espero que este pedido ao BES não tenha sido para comprar mais "Magalhães"; se assim for, qualquer dia a J. P. Sá Couto abre falência por não conseguir responder às encomendas. Sim, porque há para aí cada "encomenda"...

Wikileaks: Chávez terá pedido 1,1 mil milhões ao BES

"De acordo com o "Diário Económico", um telegrama divulgado pelo Wikileaks revela que a petrolífera estatal da Venezuela (PDVSA) pediu um empréstimo de 1,1 mil milhões de euros ao Banco Espírito Santo (BES) para financiar a compra de produtos portugueses."

É caso para dizer: "Porreiro, pá!"



Publicado por rui.freitas às 00:40
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2010
A Madeira e a Sétima Arte ficaram mais pobres

Faleceu ontem, com 93 anos, o actor Virgílio Teixeira.

 

Estive tentado a escrever "o actor Madeirense" mas contive-me, pois ninguém duvida que Virgílio Gomes Delgado Teixeira há muito que atingira, por mérito e trabalho, o estrelato internacional.

O Regresso dos Sete Magníficos, foi um dos muitos filmes em que contracenou com os chamados "monstros sagrados" da Sétima Arte.

 

Refiro hoje o seu nome e escrevo em sua memória, por duas razões especiais: era um  Madeirense que poderia ter ido ainda mais longe, não fora o seu amor à terra que o viu nascer e à qual sempre regressava com saudade mas, mais importante ainda, porque tive o prazer  de o conhecer, graças à amizade que por ele tinha o meu Pai e que ele provou inúmeras vezes ser recíproca. O meu Pai, se fosse vivo, teria cumprido a 12 de Novembro, 96 anos, mais três,  portanto, do que Virgílio Teixeira.

Uma amizade que começou nos campos pelados do futebol, no longínquo tempo em que os atletas "jogavam pela camisola" e, até por vezes, pagavam para jogar (os transportes, as refeições e os equipamentos eram lavados na casa de cada um...)

Desde novo (antes de o conhecer, mas contava-me o meu Pai), Virgílio Teixeira fazia jus à sua inquestionável figura de "galã", a tal ponto que, antecipando já o que seria o seu futuro, levava os companheiros quase ao desespero, pois não foram poucas as vezes em que sofreu autênticos "frangos" (Virgílio Teixeira jogava a guarda-redes) com a "mania" de estar sempre irrepreensivelmente penteado; nunca entrava em campo, sem levar o inseparável pente!

Não se julgue, porém, que a sua admirada figura lhe incutia imodéstia, talvez um pouco de vaidade acima da média, mas nunca sobranceria e, como bastas vezes constatei, era mesmo Amigo do seu Amigo.

A sua esposa e filhos, envio daqui os meus sentidos pêsames. 

A Madeira também ficou mais pobre!

 

Para quem não o conheceu ou queira recordar a sua filmografia, deixo-vos estes links:

 

IMDb - Internet Movie Database;

Os Anos de Ouro do Cinema Português;

Jornal de Notícias;

CinemaSapo;

Jornal de Notícias.



Publicado por rui.freitas às 23:06
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Quinta-feira, 2 de Dezembro de 2010
Só para recordar...

Também a propósito do post referido acima, recebi de Miguel Pinto, líder de bancada do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal de Oeiras, cópia do artigo que este escreveu sobre o contrato de manutenção dos espaços verdes, intitulado:

 

Mais contratos de outsourcing na Câmara de Oeiras
O Bloco de Esquerda votou orgulhosamente só

 

"A Câmara Municipal de Oeiras (CMO) aprovou uma proposta sobre o concurso público internacional para a prestação de serviços de manutenção de espaços verdes para as freguesias de Porto Salvo, Barcarena e Queijas. Esta proposta aplica o regime de outsourcing e estabelece uma despesa para a CMO no valor de 6.547.155€ para um período de cinco anos (a dívida da CMO a terceiros ultrapassa os 70 milhões de euros). Foi aprovada por grande maioria. Apenas a CDU se absteve.
Na discussão e votação na Assembleia Municipal de Oeiras (AMO), o presidente da CMO elogiou a qualidade dos jardineiros que são funcionários da CMO e denunciou a falta de qualidade do trabalho da empresa que, actualmente, presta o serviço. Convém dizer que esta empresa trabalha em regime de outsourcing. Quanto a estas afirmações, todos os partidos estão de acordo, Bloco de Esquerda incluído.
O presidente da CMO disse, ainda, que não vale a pena abrir um concurso para contratar jardineiros para a CMO porque os concursos são pouco ágeis, muito demorados, poucos cidadãos se candidatam e quando são contratados já têm outro emprego. Assim, é melhor optar pelo outsourcing. Aqui, todos os partidos estão de acordo, excepto o Bloco de Esquerda, que entende que este regime engorda as empresas de trabalho temporário, promove a precariedade, paga ordenados inferiores aos da CMO e condena os trabalhadores à ausência de direitos.
Quando se votou na AM, a proposta foi aprovada com os votos favoráveis do IOMAF (lista de Isaltino Morais), PS, CDS e PSD. A CDU absteve-se e o Bloco de Esquerda votou contra.
Mas, durante o debate, a CDU apresentou a terceira via – a criação de uma empresa municipal – para a manutenção dos jardins. O presidente da CMO e todas as forças políticas estão de acordo com esta solução. Todas as forças, não, porque o Bloco de Esquerda está frontalmente contra.
As empresas municipais servem para oferecer empregos aos amigos nas Administrações. Aqueles que estiverem em exclusivo recebem 3.500 euros de remuneração, têm direito a despesas de representação e ajudas de custo, além de automóvel com motorista. Além disso, a CMO tem assinado contratos com as Administrações que, na prática, são prémios para os administradores no caso de a empresa obter os lucros previstos. Como isto é pouco, a empresa paga as despesas dos administradores relativas a pós-graduações, mestrados, doutoramentos…
Os administradores não executivos recebem 250 euros por cada reunião da Administração.
Os trabalhadores não são escolhidos em concurso público, mas com base noutros motivos…
O presidente da CMO afirmou que será criada uma empresa municipal desde que haja unanimidade na Assembleia Municipal. Se o presidente da CMO mantiver a palavra, não haverá empresa municipal".



Publicado por rui.freitas às 02:21
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Quem não tem dinheiro... tem vícios!

A propósito do post acima referido, recebi do presidente da Parques Tejo, Luís Roldão, por email, a seguinte explicação, que publico na íntegra e à qual já respondi, solicitando outras confirmações:

 

"Muito boa tarde!
Eventualmente, não tenho o prazer de o conhecer, pessoalmente. Só através do seu "blogue".
Por esse motivo e porque menciona o meu nome e fala da empresa, da qual sou Presidente, convidava-o a visitar-nos, de modo que pudesse ficar esclarecido, sobre as contas da Parques Tejo, que felizmente, apresentam um ratio de liquidez liquida de 82% E UMA SOLVABILIDADE DE 4,7.(desconheço se encontra muitas empresas com estes rácios, mas garanto que os mesmos não são de quem está doente).
Se não lhe for oportuno, poderá consultar o site da empresa, onde estão publicadas as contas da empresa.
Por último, a viatura que utilizo em serviço, já foi adquirida, vai para 4 anos.
Na expectativa do seu contacto, sou com consideração, apresentando os meus cumprimentos.
 
Luís Roldão"



Publicado por rui.freitas às 02:09
Link do post | Comentar | Ver comentários (22) | Adicionar aos favoritos
|

Sempre na hora certa
anti-corrupção
Visitantes desde Maio 06
Acordo Ortográfico
Prémios recebidos
ThinkingBlogger blog com tomates
Visitantes on-line
online
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Meteorologia
     
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS