Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011
Distracção ou vergonha?

Faltam apenas duas horas e meia para o início da votação que irá eleger os órgãos que vão presidir à primeira Comissão Concelhia de Oeiras do Partido Social Democrata.

Conhece-se já a totalidade dos órgãos e dos membros que integram a LISTA B, encabeçada na sua CP pelo Companheiro Ângelo Pereira.

Mas, mesmo depois de muito procurar (e sei que outros também o fizeram), não há forma de saber quem compõe afinal a Lista A.

Por medo não será certamente, pelo que deduzo que tal se deva a imperdoável distracção ou, na pior das hipóteses, por vergonha.

Para esta lista, os Militantes do PSD não merecem suficiente respeito, para poderem saber antecipadamente em quem podem votar?

Isso faz TODA A DIFERENÇA e a LISTA B não "esconde trunfos, cenas ou duques..."



Publicado por rui.freitas às 15:30
Link do post | Comentar | Ver comentários (5) | Adicionar aos favoritos
|

Opinião de 30 anos de Militância

Com a devida autorização do autor, reproduzo na íntegra o Artigo de (livre) Opinião de um Companheiro com 30 anos de Militância.

Razões de uma opção individual de Voto nas Eleições para a primeira Concelhia de Oeiras do PSD

 

"Depois de tanto falar, de tanto ouvir e de ler algumas coisas, tendo sido interrogado e depois desafiado por companheiros mas acima de tudo por Amigos a revelar a minha opção publicamente, eu que nunca fui de meias palavras e sempre gostei de decisões claras, transparentes e fundamentadas, racional ou emocionalmente, não poderia deixar de manifestar a minha posição, meramente individual e não representativa de qualquer grupo de militantes e amigos com quem tenha partilhado projectos comuns de natureza pública ou partidária.

Ouço todos a falar em valores, em ética, em união de esforços e de vontades, em reunificação de companheiros que são (ou foram) militantes; ouço muitos a falar de escolhas eleitorais por mera simples oposição (ou desagrado, ou termo ainda pior) a outros companheiros que estão em listas adversárias e não por convencimento em projectos e soluções concretas; ouço todos a falar em voltar a ganhar a Câmara Municipal e as Freguesias – alguns até dizem, continuar a ganhar, como se o PSD estivesse aos comandos da Câmara e da maior parte das Freguesias desde sempre (1979) e não existisse o 2005 em diante e o Movimento político alternativo que tomou as rédeas do poder oeirense.
Ouço todos a falar em percursos partidários recentes de muitas similitudes dos dois líderes de cada um dos dois projectos eleitorais em competição, uns mais assumidos e transparentes, outros mais dissimulados e cinzentos.

Ouço tudo isto e fico (relativamente) confundido e hesitante sobre a real diferença de projectos políticos, sobre as verdadeiras diferenças entre os diversos protagonistas desses mesmos projectos, sobre as suas diversas respostas a desafios do presente e do futuro imediato (já 2013 ali tão perto, mas que se deve começar a preparar desde já, se queremos mesmo ganhar nas próximas eleições autárquicas).

O que está aqui afinal em causa neste combate eleitoral do dia 28 de Fevereiro, no PSD do concelho de Oeiras? Para mim, só pode estar uma coisa fundamental e decisiva – ganhar de novo a Câmara Municipal, a Assembleia Municipal e as 10 Juntas de Freguesia, mas ganhar com valores, com princípios, com regras claras e transparentes, com projectos políticos claros, reformistas, inovadores, humanistas. Até aqui, tudo mais ou menos na mesma, com opiniões coincidentes e propostas muito semelhantes nas duas Listas em confronto, como se pode ver nos dois Bons Programas Eleitorais, diferentes nalguns caminhos mas plenamente coincidentes na estratégia e na meta a atingir. Certamente que sim, que é tudo mais ou menos a mesma coisa, com protagonistas, estilos, tonalidades e métodos um pouco diversos mas semelhantes em muitas e decisivas coisas.

Tenho amigos estimados em ambas as Listas, tenho companheiros de percursos partidários passados em comum em ambas as listas, apoio e aplaudo a grande maioria dos projectos e intenções constantes nos dois Programas eleitorais existentes, tenho o maior apreço político e pessoal pelo trabalho desenvolvido pelo Alexandre Luz e pela sua valorosa equipa (que tive a honra e prazer em integrar até Novembro de 2009, após o rescaldo das eleições autárquicas de Outubro e antes da minha tomada de posse como membro da Assembleia de Freguesia de Porto Salvo) a nível estritamente partidário e de debate de ideias, dinamização e rejuvenescimento do PSD em Oeiras, muito conseguido também á custa da excelente JSD da Secção de Oeiras (falo aqui somente da Secção de Oeiras, porque foi aquela que naturalmente acompanhei mais de perto), tenho o maior apreço e estima pessoal pelo trabalho político de dezenas de anos da companheira e amiga Helena Lopes da Costa, com quem tive o gosto de partilhar lides autárquicas nos anos 80 e até meados dos anos 90 e tenho a maior simpatia pessoal e as melhores referências individuais do companheiro Ângelo Pereira, cujo trabalho político tenho acompanhado menos de perto e cujas qualidades pessoais e politicas auguram um futuro promissor, assim mantenha a sua postura de Humildade, de abertura aos outros e de grande determinação política.

Por questões de afectos, de estilos, de análise de capacidades e de experiências, de resultados conseguidos, de prática política, de objectivos propostos, de programas eleitorais, de equipas apresentadas, nunca conseguiria decidir qual o meu sentido de voto nestas eleições concelhias para garantir um MELHOR e um sempre PRIMEIRO PSD em Oeiras.

Assim, a diferença, a pedra de toque, a pedra angular de toda esta estratégia autárquica que se pretende ganhadora, tem que ser forçosamente sempre a mesma – as pessoas que vão dar corpo e voz a esse combate autárquico em 2013 e que devem começar a ser escolhidas e preparadas desde já (ou em breve) e não só em 2013. Aí, sim, é que as definições deviam existir com mais afirmação, com mais transparência e acima de tudo com mais verdade e clareza e depois as escolhas tornavam-se mais lógicas, mais realistas, mais coerentes e acima de tudo mais verdadeiras.

E aqui a tal pedra angular desta estratégia é com quem, com que pessoas é que se vai construir a tal alternativa ao actual poder autárquico em Oeiras.

Não há aqui heróis imaculados, nem cavaleiros andantes acima de qualquer suspeita – antes houvesse, mas pelo menos não se vislumbra no actual horizonte que a nossa vista alcança. Mas uma qualquer coisa deve haver - pessoas verdadeiramente social democratas, filiadas ou não, mas que sempre tenham assumido posturas públicas de vida política autárquica em Oeiras convergentes (ou, pelo menos, publicamente não hostilizadoras) com o PSD e com as suas anteriores candidaturas autárquicas.
Como escreveu hoje o meu amigo Gabriel Batista Fernandes – “Há uma questao central que continua por abordar seriamente: O futuro do IOMAF? Nao se pode ignorar a força maioritária em Oeiras, que nasceu do PSD, no debate interno sobre o futuro do Concelho e do PSD. A posição do PSD Oeiras deve ser clara quanto ao IOMAF, bem como quanto a outras forças politicas”.

Essa é de facto a questão central e que deveria ter merecido maior debate e maior esclarecimento e seguramente uma maior definição concreta e precisa. Eu digo desde já a minha opinião, que tem vindo a ser expressa há já algum tempo (mais propriamente, desde o dia 5 de Novembro de 2009, quando comuniquei a minha saída da Comissão Politica de Secção de Oeiras numa conversa amistosa e esclarecedora que tive com o Presidente da CPS, meu amigo Alexandre Luz e depois em diversas ocasiões e em múltiplas conversas com companheiros e amigos) – não me oponho ao regresso ao PSD dos antigos militantes ou de novos convertidos, que sejam ou tenham sido membros ou apoiantes do IOMAF e que o entendam fazer em consciência e com vontade de servir a causa nobre do Partido, mas defendo que eles não devem no próximo acto eleitoral autárquico protagonizar qualquer candidatura do PSD (sozinho ou coligado) seja a que órgão for do concelho de Oeiras, em especial aqueles que tiverem liderado candidaturas concorrentes do PSD ou se tenham destacado nos órgãos autárquicos como integrantes principais do IOMAF (actual AOMAF). É uma questão de Clareza na mensagem que se passa ao eleitorado, é uma questão de princípios morais e de ética política no exercício dos cargos públicos e partidários, é uma questão de decoro e de respeito pelo passado recente e pelo que de mau foi feito ao PSD em Oeiras por esses mesmos protagonistas, é uma questão de, mesmo perdoando, não esquecer e muito menos premiar quem assim procedeu. Um tempo de afastamento do exercício do poder, um tempo razoável de chamado período de nojo político em cargos públicos em Oeiras, é isso que se exige ao PSD com clareza, para que a Mensagem a ir a votos em 2013 seja apenas a do serviço nobre da causa pública, a do cumprimento do Programa e dos projectos a que se propõem e não se instale quaisquer dúvidas no eleitorado de que afinal de contas a preservação do poder a qualquer custo e a qualquer preço é Aquilo que apenas de novo motiva os actuais autarcas do IOMAF (AOMAF) e depois em 2013 putativos futuros candidatos do PSD – antes sairiam do PSD para continuar no poder autárquico e agora voltam ao PSD para que o poder não lhes saia das mãos, por mais nobres que sejam as suas outras intenções, por maiores e melhores resultados que eles apresentem como obra eventualmente feita. A menor alusão que se possa fazer a receios de que então a ser assim a AOMAF continuaria e a divisão de projectos concorrentes iria beneficiar o PS, é a melhor prova de que afinal a ser assim é porque então, de facto, a reconvertida “adesão” à social democracia é apenas e só uma estratégia e uma opção (individual ou colectivamente assumida) na consonância directa e exclusiva com a sua vontade ou ambição pessoal (ou de grupo) de pretender o poder pelo poder, ou o que é pior, de pretender que o PSD não vença.
Na política deve haver Regras, Deveres, Valores, Princípios e não pode NUNCA VALER TUDO ou conseguir-se sempre as coisas a QUALQUER PREÇO.

Dito isto de forma clara, não sei se esta minha posição de princípio (individual, repito e não agregadora de quaisquer outras vontades de outros companheiros ou amigos que comigo partilharam – ou ainda partilham – projectos autárquicos em Porto Salvo) é seguida pelos líderes e pelos integrantes das duas Listas candidatas às eleições concelhias do PSD em Oeiras, mas uma coisa sei e estou certo – pela frontal e corajosa e amável partilha de ideias e de projectos que o candidato da Lista A teve a gentileza de me manifestar numa conversa há umas semanas atrás, este não é de certeza absoluta o Caminho que a Lista A defende.

POR ISSO E APENAS E SÓ POR ISSO, mesmo não tendo certezas ou alimentando ainda algumas dúvidas, mas porque não podemos ficar indiferentes e temos sempre que optar, confiando nos meus velhos amigos do PSD de Oeiras, José Meira, Joaquim Ribeiro da Conceição e Rui Freitas, que pensam exactamente como eu e que estão envolvidos na Lista B, só poderia ter uma ÚNICA OPÇÃO – VOTAR NA LISTA B para a Comissão Política Concelhia de Oeiras".

Luis da Costa Tavares, militante nº 4922



Publicado por rui.freitas às 00:42
Link do post | Comentar | Ver comentários (12) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 27 de Fevereiro de 2011
Lista B, por "Oeiras Ainda Melhor"

 



Publicado por rui.freitas às 23:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Vai valer tudo?

No dia em que foram apresentados, em Oeiras, os membros que compõem os diversos órgãos da LISTA B candidatos à futura Comissão Concelhia do PSD neste Concelho, muitos dos presentes comentavam que membros da Lista A haviam garantido, alto e bom som, que, desta vez "vai valer tudo para ganharmos"!

Verdade? Mentira? Não sei... nem me espanta.

E muito menos estranhei, quando alguém me contou, entristecido, que um elemento feminino que acompanhara parte da campanha de rua da Lista B tinha recebido dinheiro para relatar, detalhadamente, como decorreram tais acções.

Verdade? Mentira? Não sei... confesso que não sei.

Deixo ao critério dos leitores e votantes, tendo em conta que, se calhar, "vale tudo"!

 



Publicado por rui.freitas às 23:49
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Lista B apresentou-se em Oeiras. Veja quem é quem!

Decorreu na passada sexta-feira, 25 de Fevereiro, na sede da Secção de Oeiras, a apresentação pública e oficial dos órgãos que compõem a Lista B, candidata à Secção Concelhia de Oeiras do Partido Social Democrata.

E foi com uma sala completamente cheia, que se desenrolaram as intervenções; primeiro, da Directora de Campanha, Natércia Pina, seguida do Coordenador do Programa, Gonçalo Costa, de um dos primeiros presidentes da Comissão Política do PSD OeirasJosé Manuel Duarte Meira e da candidata a Presidente da Mesa do Plenário da Concelhia de Oeiras, Helena Lopes da Costa, cabendo ao candidato a Presidente da Comissão Política Concelhia de Oeiras, Ângelo Pereira, a derradeira intervenção, explicando detalhadamente as razões da candidatura por uma "Oeiras ainda melhor" e aplaudido de pé pela esmagadora maioria dos presentes, Militantes e Simpatizantes.

 

Natércia Pina

 

Gonçalo Costa

 

José Meira

 

 

Helena Lopes da Costa

 

Ângelo Pereira

 

No interior e exterior da sede PSD/Oeiras

 

 

Composição da LISTA B

Comissão Poítica da Secção Concelhia de Oeiras do PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA

Presidente: Ângelo Cipriano da Cunha Fialho e Pereira
Vice-Presidentes: Rui Manuel Ribeiro dos Santos Alves e Sónia Marques de Oliveira
Tesoureiro: Natércia Beatriz Rosa de Sousa Pina
Vogais: Manuel António Madeira Martinho, Gonçalo Martins Conde da Costa, Pedro Luis Cardoso Lima Moutinho Tavares, Orlando Vaz Tavares, Fernando Paulo dos Santos, Elsa Marina Leal de Sousa, Pedro Miguel de Almeida e Paiva, João Manuel D' Oliveira Antunes, José Luis Lopes Tavares, João Pedro Santos Lino da Silva, Jorge Miguel de Freitas Figueiredo, Joaquim António Henriques Ribeiro da Conceição

 

Mesa do Plenário da Secção Concelhia de Oeiras

Presidente: Maria Helena Passos Rosa Lopes da Costa
Vice-Presidente: Carlos Rui Viana de Carvalho
Secretários: Rui Manuel de Freitas e Ana Cláudia Poiares Pessoa Maduro Cid Gonçalves

 

Comissão de Honra


Luís Miguel Couceiro Pizarro Beleza, Alberto Augusto Antas de Barros Júnior, Alzira Rodrigues Caetano de Freitas Lopes, António de Jesus Afonso, Carlos Ramiro Piçarra de Oliveira, Fernando de Almada Cordeiro, Fernando Manuel Vieira da Silva Bretes, Francisco José Amado Rodrigues, Garcia dos Santos Marques de Freitas, Graça Maria de Sotto e Acciaioli Aldeia, Jorge Manuel Machado Silva Abreu, Jorge Paulo Roque da Cunha, José António Vilhena Milhano, José Augusto Roque Martins, José da Silva Domingos, José Manuel Amaral Lopes, José Manuel Parreira Duarte Meira, Laureano Gonçalves dos Santos, Luís Gonzaga Norton Cardoso de Menezes, Maria Adelaide Melo e Trigo, Maria do Céu Vieira Bastos Pereira da Silva e Rui Santos Alves

 

Conheça AQUI os membros dos restantes órgãos da futura Comissão Concelhia de Oeiras do Partido Social Democrata.



Publicado por rui.freitas às 23:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2011
Promiscuidade

Quando penso que já vi tudo, surge sempre alguma coisa mais para me surpreender. No presente caso, a surpresa não foi a atitude promíscua já publicamente conhecida entre responsáveis do PSD/Oeiras e do IOMAF; foi sim o à-vontade e o despudor com que essa promiscuidade acontece.

Esta, por exemplo, ocorreu na recente almoçarada promovida pela Lista A (designada por "cachupada") no Bairro da Outurela.

Eu já tinha visto as fotos no Facebook mas, confesso, como estão demasiado escuras (cuidado, pois refiro-me concretamente às fotos e só às fotos), não me apercebi de alguns "personagens" presentes. Todavia, leitor atento deixou um comentário em que me chamava a atenção para uma foto em particular. E lá fui, de novo, para ter a certeza de que a informação era verdadeira. E era...

À segurança, fiz primeiro um print-screen da página (que guardei "para memória futura" e antes que ela "desapareça") e, depois, lá consegui clarear a dita imagem (guardando também o original pela mesma razão atrás apontada).

Tchan... Tchan...!

Era uma acção de campanha da Lista encabeçada por Alexandre Luz, Lista A, PSD/Oeiras, não era?

Agora, atentem bem no cidadão que se encontra à direita de A. Luz (à esquerda, na foto). Quem é? Quem é? Nada mais nada menos do que o sr. vice-presidente da CMO - IOMAF.

Depois, ainda têm o desplante de escreverem grandes "tiradas" de apoio na página oficial da dita Lista (não é "Judas 1"?) e de me considerarem o agitador, mal-agradecido, agressivo, mau perdedor, mentiroso, etc., etc., etc. Deixem-me rir!

 



Publicado por rui.freitas às 00:36
Link do post | Comentar | Ver comentários (23) | Adicionar aos favoritos
|

Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011
É assim tão difícil assumir?

Desde sempre entendi que ninguém é obrigado a dizer sim quando quer dizer não, a comer uma comida de que não gosta, a seguir amigos por caminhos que (já) não quer percorrer. Mas também me ensinaram os meus progenitores - e a vida - que, acima de tudo, existe a Verdade; e essa deve sempre ser dita, mesmo que doa. Se, em dado momento, eu tenho opinião diferente de um qualquer amigo, estou no meu direito e no dever (até) de dizer-lhe: "não vou por aí"!

Suponhamos que a minha mulher quer deixar de trabalhar numa dada câmara municipal e seguir outros caminhos, se eu quero encetar novos "voos" (pessoais, profissionais, políticos...), porque não hei-de fazê-lo?

É claro que posso!

O que não posso, ou melhor, não devo, é querer esconder a amigos que me acompanharam e a quem acompanhei que são essas as minhas opções. Porquê não lhes falar Verdade?

Mas há quem não pense assim... Infelizmente! E ainda lamente quando é posto à margem.

Pior do que isso, só mesmo amigos de espectros partidários supostamente antagónicos (e já nem falo de IOMAF/PSD) virem "sondar-me", tentando descobrir quem apoio ou deixo de apoiar em eleições internas de um partido ao qual não pertencem.

Este, é o tipo de politiquice que eu não suporto, não aceito e muito menos pratico!

Assumo os meus actos e as minhas opções, estejam elas certas ou erradas. Se acerto, sinto-me recompensado; se erro, não temo pedir desculpas!

Mas ainda há quem ache que "o pirata sou eu"...


tags:

Publicado por rui.freitas às 00:08
Link do post | Comentar | Ver comentários (20) | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2011
A saga continua

Programa de Mário Crespo e Medina Carreira suspenso

in  21-02-2011

Depois de Manuela Moura Guedes e de alguns outros não tão "mediáticos", os "vampiros" arremeteram agora contra o "Plano Inclinado", silenciando-o, temendo, talvez, que a "inclinação" irreversível a que este (des)governo chegou é de tal ordem que receiam alguém que ajuda a "meter" mais água no barco que se afunda dia-a-dia.

Razão tem Medina Carreira em não querer comentar. Mas também não acredito que Mário Crespo se deixe "encostar às baias". Até porque ele sabe que já era dos poucos Jornalistas avidamente ouvidos pelos portugueses.

De outra forma, só nos restará seguir o "cheiro a jasmim" que assola as ditaduras do mundo árabe (e não só), "alimentar o (perigoso) rastilho" e começar a emitir livremente através da Internet... desde uma qualquer Praça Tahir!



Publicado por rui.freitas às 23:41
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 20 de Fevereiro de 2011
"Para a Venezuela... e em força"

Esta frase não é de Salazar, não senhores; mas bem podia ser, caso o "ditador" de Santa Comba fosse um "vendilhão" igual a alguns que pululam agora por aí.

Através do "democrataSócrates, o camarada Hugo Chavez "encaixou" uns largos milhares do fabulástico "Magalhães", o que rendeu muitos milhões a alguns amigos.

 

Agora, mudança de estratégia, como se constata na notícia de hoje do Económico/Lusa:

"Venezuela
Portugal dá primeiro passo para transferir tecnologia dos Magalhães 

Portugal vai dar o primeiro passo, nos próximos seis meses, para a transferência de tecnologia de computadores portáteis para a Venezuela, permitindo a montagem local.

Até agora nós fornecemos ao Governo da Venezuela 875 mil computadores para o projecto de educação 'Canaima' (nome local do 'Magalhães') e assinámos um protocolo de fornecimento de mais 520 mil computadores para os estudantes e de mais 30.000 para professores", disse o administrador da Youtsu, João Pinto Sousa.

O responsável da Youtsu, consórcio formado pela Prológica e pela JP Sá Couto, fabricante dos portáteis Magalhães, falava à Lusa ao finalizar a assinatura de uma extensão dos acordos com a Venezuela, no âmbito da 5.ª reunião da Comissão Mista de Acompanhamento Bilateral que decorreu em Caracas".

 

Pinto de Sousa?

Não sei porquê, mas este apelido não me é estranho!?!?!?



Publicado por rui.freitas às 23:05
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Trim... trim... Daqui fala o desespero!

Domingo, dia 20 de Fevereiro às 14:26h (decorria a festa "laranja/verde-alface" na sede do GD Unidos Caxienses, em Caxias, por onde passara há pouco mais de 20 minutos) e eu almoçava calmamente, em Paço de Arcos.

Como tinha o telemóvel no bolso, não cheguei a tempo de atender; mas a chamada estava identificada, razão porque, apesar de tudo, liguei de volta; eram 14:27h. O dito cujo não atendeu...

Dois segundos depois (ainda às 14:27h), o meu telemóvel volta a tocar. Número novamente identificado (91376XXXX, pertencente à CMO). Atendi, claro, porque não tenho por hábito ser mal-educado!

Num ápice, sou mimoseado com o epíteto de mentiroso, de dever ter confirmado com a pessoa em questão os dados que escrevi no meu blog e não o ter feito, de ter traído uma amizade com mais de 20 anos, de estar a acreditar e a apoiar um candidato que boicotou a eleição de Isabel Meirelles em 2009, de estar a atraiçoar a memória da minha falecida esposa - Ana Freitas... Aí, e apesar de não estar, sinceramente, a perceber patavina da conversa (até porque não recordava ter usado o nome do meu interlocutor em posts recentes), comecei a "ferver", pois NÃO ADMITO QUE NINGUÉM use o nome da minha falecida mulher para recriminar as minhas opções pessoais e muito menos políticas. O nome Ana Freitas é sagrado. Ponto!

Só que, do outro lado, as acusações passaram a ameaças mais sérias, como prova a frase: "desta vez não te vou perdoar"!

Como os leitores perceberão, não devo divulgar o nome do ameaçante personagem, pois que, como prova, apenas tenho o registo das chamadas e não o conteúdo... Seria sempre a palavra de um contra a do outro.

Mas como a ameaça, desta vez, me pareceu séria, fica aqui o alerta público de que, se algo de menos bom me acontecer (à minha actual esposa, ao meu escasso património ou a mim próprio - que é o menos importante em tudo isto), alguém se encarregará de entregar às autoridades competentes o meu telemóvel com a prova de tais contactos que, sob minha palavra de honra, foram de ameaça clara, directa e já não velada, como noutras ocasiões.

E mais, sem que com isto se infira qualquer receio da minha parte, aconselho esse "senhor" a aprender a ler e a interpretar aquilo que escrevo (distinguindo o que é de minha autoria do que é escrito por outrém bem identificado e que eu me limito a reproduzir), de modo a dirigir os seus complexos de inferioridade (travestidos de arrogância e prepotência) a quem bem entender; menos a mim!

Com esta atitude, apenas confirmou o desespero que assola as hostes "EDP = luz" - Lista A (como um comentador bem definiu neste blog) perante a provável vitória de Ângelo Pereira... a vitória da razão sobre a força e não da força sobre a razão!

Dia 28 lá nos encontraremos!



Publicado por rui.freitas às 17:36
Link do post | Comentar | Ver comentários (33) | Adicionar aos favoritos
|

Há quem diga cada coisa...!

"Dia 28/2: OPA do IOMAF sobre o PSD Oeiras

No dia 28 de Fevereiro vai ocorrer a 1.ª eleição para a concelhia do PSD Oeiras. Candidatos conhecidos: Alexandre Luz, adjunto delfim de Paulo Casinhas Vistas, e Ângelo Cipriano Pereira, ex-membro do movimento IOMAFiano, caído em desgraça (ou que se desgraçou).

Reedita-se a luta entre Carlos Carreiras, líder da Distrital, e Helena Lopes da Costa, ex-opositora do actual Presidente da CM Cascais.

O que está verdadeiramente em causa? Trata-se de uma descarada OPA (Oferta Pública de Aquisição) do movimento maçónico IOMAF sobre o Partido Social Democrata. Em que baseamos esta afirmação? Eis o que se sabe sobre a LISTA A:

  • Alexandre Martins Luz – adjunto de Paulo Casinhas Vistas, actual Presidente do IOMAF/AOMAF;
  • Patrícia Camarinho – companheira de Isaltino Morais;
  • Nuno Custódio – tesoureiro da Secção de Algés, tesoureiro do IOMAF/AOMAF e avençado na CMO/Gabinete de Paulo Casinhas Vistas;
  • Tiago Fernandes – adjunto de Ricardo Lino Rodrigues, vereador do PSD;
  • Luís Teodósio – também conhecido por Gonçalo, adjunto de Ricardo Júlio Pinho, vereador do PSD.

Estes são os nomes que “correm” na praça pública.

A ser verdade, o que valem estes senhores?

1. Alexandre Martins Luz quer a todo o custo que Paulo Vistas seja candidato do PSD Oeiras em 2013. O que deveria fazer Alex Luz para acreditarmos na laranjice da sua candidatura? Renunciar ao lugar de adjunto de Casinhas Vistas!

2. Patrícia Camarinho é a sombra omnipresente de Isaltino Morais que, tendo perdido o controlo da ainda secção de Algés, quer controlar a nóvel secção concelhia de Oeiras. O que vale Patrícia Camarinho? Muito votos, principalmente os dos “carneiros” laranja-verde-alface!

3. Nuno Custódio : traiu Helena Lopes da Costa, traiu Ângelo Pereira, enfeudando-se a Isaltino Morais, Casinhas Vistas e Alexandre Luz. Há pouco tempo conduzia a carrinha do “Oeiras está lá”, ia a casa dos velhotes fazer pequenas reparações. Vende a “alma ao diabo´” maçónico, que lhe arranja uma avença no gabinete do vice-presidente da CMO, no valor de 43.200,00 euros, mais carro e telemóvel de serviço. A avença diz que é apoio administrativo no gabinete do vice-presidente. Mas o apoio administrativo não é feito pela cunhada de PCV, Cristina Segurado? É curioso e ao mesmo tempo coincidência que Nuno Miguel Custódio seja eleito tesoureiro do IOMAF no dia 27 de Maio de 2010 e o contrato com a CMO é assinado no dia 4 de Junho. Isto chama-se TRÁFICO DE INFLUÊNCIAS!

4. Tiago Fernandes: bom rapaz, educado, já iniciado nos rituais da maçonaria isaltinista e IOMAFiana, foi membro activo da campanha IOMAFiana de 2009, conduzindo uma das carrinhas FORD TRANSIT. A sua fidelidade é para Isaltino e Vistas, não para com o PSD. Ricardo Rodrigues, vereador laranja, quis outros adjuntos, Isaltino impôs-lhe Tiago Fernande se Bernardo Villalobos, também conhecido por Caldeira, de modo a controlar o “free-lancismo” de Ricardo Rodrigues.

5. Luís Teodósio: mais conhecido por Gonçalo Manhoso, cheio de esquemas, capaz de enganar o pai e a mãe, quanto mais o PSD. Aderiu ao movimento verde-alface em 2005. Em 2009 fingiu-se “arrependido” e assume lugar proeminente na campanha do PSD/Mais Oeiras, que serviu como agente verdemente infiltrado. Uma nulidade, sem carácter, habilidoso, cujo valor reside nos 40 votos que consegue captar para a LISTA A.

É NESTA LISTA A QUE VÃO VOTAR OS LEAIS MILITANTES DO PSD de Algés, Barcarena, Carnaxide, Caxias, Cruz Quebrada-Dafundo, Linda-a-Velha, Oeiras e São Julião da Barra, Paço de Arcos, Porto Salvo e Queijas?

É nestes elementos, nestas pessoas sem ideais, que andaram a arregimentar votos ao longo de meses, oferecendo casas nos bairros sociais, intimidando pessoas (é olhar pró Céu, que era fiel ao Anjo), que os militantes sempre leais do PSD vão entregar o seu voto e os destinos de Oeiras?

O que se passa é uma verdadeira aquisição: O IOMAF QUER COMPRAR O PSD OEIRAS!

Fica o desafio".

 

in opaiomafsobrepsdoeiras



Publicado por rui.freitas às 01:41
Link do post | Comentar | Ver comentários (49) | Adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011
Não acredito...

A semana que ora termina tem sido pródiga em revelações, mas é sempre bom termos cuidado e não acreditarmos em tudo o que nos contam: umas vezes por e-mail, outras por telefone, algumas pessoalmmente e outras ainda via "passarinhos"!

Ora vejam lá que houve "passarinhos" que me contaram o seguinte:

Para vencer eleições, é necessário ter pelo menos mais um voto do que o candidato "opositor". Mas isso todos sabemos!?!?!? Por isso não acredito que, vendo alguns votos a "fugirem" ao controlo, porque os votantes concluiram estarem mal pagos em relação a outros, fez-se luz em certos cérebros e, vai daí, surgiu a decisão de aumentar um nadinha certos vencimentos; assim do género de passar 600 euros para 1.200... Não acredito que haja quem se atreva a tanto e muito menos que haja quem se deixe comprar assim! Não acredito, pronto! Estou no meu direito.

Como também não acredito que um candidato a um órgão político sério como é uma Comissão Concelhia seja capaz de ir ao limite de, para garantir votos em certos bairros do Concelho, assegure que tudo fará para, se vencer, conseguir uma casa camarária a fulano, beltrano e cicrano. Tanto mais que tal competência pertence ao senhor da foto e só ele o podia fazer.


Sobretudo pertencendo a forças políticas diferentes e "antagónicas"...



Publicado por rui.freitas às 01:38
Link do post | Comentar | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
|

Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2011
A Força da Razão para vencer a razão da força!

Relembrando aos Militantes que termina hoje o prazo para regularização de quotas, sugiro a consulta ao site da Candidatura de Ângelo Pereira... e o Voto na Lista B.

  (clicar na imagem)



Publicado por rui.freitas às 01:32
Link do post | Comentar | Ver comentários (5) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 13 de Fevereiro de 2011
Quem tem €€€ tem tudo?

A constituição de uma Comissão Concelhia que substitua e congregue as Secções de Algés e Oeiras do Partido Social Democrata é um pouco como eu: já tem barbas, tantos são os anos que dela se fala e espera.

Chegou o momento e o acto eleitoral ocorrerá entre as 18 e as 24 horas do próximo dia 28 de Fevereiro.

Consta que um dos candidatos recebeu, "de mão beijada", 15.000 euros para "as primeiras impressões" (ou despesas).

Tenho para mim que essa verba não vai durar muito.

Porquê?

Porque era suposto uma campanha destas, que se quer séria e mobilizadora, ser feita através de contactos pessoais, telefonemas de amigos para outros amigos e até de um call-centre, não descambar em autêntico folclore de "comes e bebes" para "convencer a malta" a colocar a cruzinha numa dada lista.

Pelo que me foi dado confirmar no Facebook, os tais 15.000 €€€ vão ser aplicados no pagamento de quotas da "maralha" (digo eu...) mas, acima de tudo, no encher a barriguinha, os ouvidos e o ego dos mesmos de sempre.

Atentem neste "programa de festas":

 

 (Tipo de Privacidade: Aberto: Todo o conteúdo é público.)

Dia 12 de Fevereiro até às 02 horas de 13 de Fevereiro - Fundição de Oeiras - Convívio com os candidatos da lista encabeçada por Alexandre Luz e Armando Soares;

Dia __ de Fevereiro, das 15 às 21 horas - Bairro dos Navegadores - Cachupada e Música;

Dia __ de Fevereiro, das 16 às 22 horas - Bairro Dr. Francisco Sá Carneiro - Convívio, Churrascada, e Música;

Dia __ de Fevereiro, das 15 às 21 horas - Bairros da Portela e Barronhos - Convívio, Cachupada e Música.

Pergunta inocente: todos os Militantes PSD estão concentrados nestes Bairros (com o devido respeito, até porque vivo em Laveiras) ou é aqui que se "colhem mais frutos"; digo: se compram mais votos?

Razão de sobejo tem a militante que questiona: "é uma festa? é uma rave? é um comício? é o quê?"

Não, minha Cara; não é um avião nem é o superhomem... é a razão da força que pretende suplantar a força da razão!



Publicado por rui.freitas às 00:43
Link do post | Comentar | Ver comentários (26) | Adicionar aos favoritos
|

Sábado, 12 de Fevereiro de 2011
Saudades?

Diz um conhecido Fado que "é tão bom ser pequenino, ter pai, ter mãe, ter avós; ter esperança no destino e ter quem goste de nós"...

E, mesmo já não sendo propriamente pequenino, fiquei felicíssimo ao perceber que, afinal, sempre faço falta a alguns assíduos comentadores deste blog, daqueles que se escondem sob a capa do pseudónimo ou do anonimato.

Apesar desta minha prolongada ausência ter tido a ver apenas com questões de saúde, conselho médico para repousar mais e decisão pessoal em "tirar umas curtas férias cá dentro", em casa (entre 2 de Janeiro e o dia de hoje, só "piquei o ponto" aqui por duas vezes), depois de CINCO ANOS (que se cumprem dia 18 próximo) de intervenções quase diárias no "Pinhanços dixit...", achei que devia dar conta aos outros leitores/comentadores do porquê deste post.

Por vezes, precisamos de parar para pensar, assentar idéias, optarmos por fazer o necessário "balanço" de andar a "sustentar", sozinho e durante os tais CINCO ANOS, um blog que é respeitado, lido e seguido avidamente por muita gente boa deste Concelho ou que já aqui viveu e trabalhou.

Desde Maio de 2006, o "Pinhanços dixit..." atingiu quase 204 mil visitas (algo de que me orgulho, é verdade) o que implica responsabilidade acrescida para com os leitores e comentadores fiéis.

Mas, perdoem-me a franqueza e honestidade que já me reconhecem: não resisto a um bom desafio! E ele surgiu na cínica forma de gozo, em comentários que demonstram bem a pequenez de quem os escreve e me leva a redobrar a vontade de continuar a "morder" em certos calcanhares!

O primeiro, está datado de 13 de Janeiro (dois dias depois de eu ter saído do Hospital) e só respondi três dias depois. Reproduzo:

"De Os 3 Mosqueteiros de Oeiras a 13 de Janeiro de 2011 às 13:22
Será que temos mais um blog silenciado? Censura ou autocensura?
Ou será que nã há assuntos? Merreu o Campilho? Ou estará demasiado vivo?
Ó blog, anime-se!"

Resposta:

"De rui.freitas a 16 de Janeiro de 2011 às 17:50
A "Os 3 Mosqueteiros" (13 de Janeiro de 2011 - 13:22), Nem silenciado, nem censurado e muito menos de moto próprio: apenas uma pneumonia que me levou ao S. Francisco Xavier para internamento por alguns dias. De qualquer forma, ainda a 85% e com "ordem" para repousar, continuo atento e a seguir os vossos comentários. Havendo novidades (da minha parte), avanço logo; se não, tentarei ir respondendo com calma e caso a caso.
Seja como for, obrigado pela preocupação. A sério!"

Mas, como devem saber, há quem não se satisfaça com uma resposta humilde e séria; vai daí, insistem e, depois...:

"De Os 3 Mosqueteiros de Oeiras a 7 de Fevereiro de 2011 às 13:37
Dir-se-á!?:
- Porque se cala o blog?
RESPOSTA: Pneumonia!!!!
Pergunta-se!?:
- Mas... tão corajosos que eles eram?
RESPOSTA: Acontece a todos!!!!
Espanta-se!?:
RESPOSTA: Pois...!
CONCLUSÂO: Democracia...CENTRAL!!!! Tirania local!
E nós gritamos: Ó Freitas! Onde estás tu, que ninguém te vê!!!!!!!!!!!
Temos saudades tuas!!!!!!!"

Já agora, mais este:

"De Anónimo a 9 de Fevereiro de 2011 às 14:31
Os agentes de Queijas levaram o Rui! Não para a prisa... mas para o asilo que o homem já não sabia o que dizia, coitado!
Mais um mártir da resistência oeirense!"

(A este, já respondi no post próprio!)

Para que conste e fique claro de uma vez por todas para os que ainda duvidam, não há "tirania" (central, regional ou local) que se sobreponha à minha vontade e, sobretudo, à minha Liberdade de expressão.

Daí que apenas tenham contribuído para acirrar a minha vontade em regressar ("rapidamente e em força") ao confronto de idéias, de opiniões, de salutares divergências, até, pois se assim não fosse, há muito que teria accionado a moderação de comentários; coisa que não fiz e espero nunca ter de vir a fazer.

O momento até é o ideal, convenhamos, se tivermos em conta que no próximo dia 28 de Fevereiro os Militantes do PSD de Algés e de Oeiras irão eleger os Órgãos Concelhios que congregarão e substituirão as duas respectivas Secções, desde há muito "alimentadas" por antagonismos "fabricados" e que só a alguns têm interessado.



Publicado por rui.freitas às 23:02
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Sempre na hora certa
anti-corrupção
Visitantes desde Maio 06
Acordo Ortográfico
Prémios recebidos
ThinkingBlogger blog com tomates
Visitantes on-line
online
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Meteorologia
     
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS