Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2010
A história repete-se... só mudam os vendidos!

Talvez por nefasta "herança" do anterior mandato, a história repete-se em 2010, para descrédito do PSD Oeiras e vergonha dos Militantes sérios, que lutam ainda por um PSD de cabeça bem levantada e que não se venderam, não se vendem nem se venderão!

Infelizmente, é mais uma prova que existem os "outros", os que estão à venda por "trinta moedas" e que, sob o estafado pretexto de defenderem Oeiras, os Munícipes e o PSD, pouco se importam de arrastar pela lama o nome, o prestígio e a credibilidade do Partido pelo qual foram eleitos...

Ricardo Rodrigues, é "merecedor" da "herança" que lhe deixou Pedro Simões!

Volto a perguntar: COMO e QUANDO reagirá a presidente do Partido e a CPN?

Oeiras

Vereador do PSD aceita pelouros no executivo de Isaltino Morais

"Um dos dois vereadores sociais-democratas da Câmara de Oeiras declarou-se ontem disponível para aceitar pelouros no executivo de Isaltino Morais. A decisão de Ricardo Rodrigues vem cavar ainda mais o fosso existente entre a número um da coligação liderada pelo PSD, Isabel Meireles – escolhida pela direcção nacional do partido – e a sua facção local, que sempre manteve estreitas ligações com o edil condenado em primeira instância por corrupção.
Ricardo Rodrigues ocupava o número cinco da lista, mas subiu para número dois devido ao facto de o segundo e terceiros candidatos indicados pelo PSD terem pedido a suspensão do mandato, e a quarta ter sido indigitada pelo CDS-PP, o que a excluía da corrida.

O novo vereador foi director da campanha da coligação, profissionalmente é “comercial”, conforme disse ao PÚBLICO, e foi adjunto do gabinete de Pedro Simões, o único vereador do PSD que, no anterior mandato, aceitou os pelouros oferecidos por Isaltino e agora é administrador da empresa municipal que gere o estacionamento.

Quanto aos dois membros da lista cuja suspensão permitiu a subida de Rodrigues, um deles, Pedro Paulo, é vice-presidente da distrital de Lisboa, dirigida por Carlos Carreiras, e o outro, Júlio Silva, é secretário-geral adjunto do Ministério do Ambiente.

“A minha decisão foi pessoal, mas teve o apoio da secção de Oeiras e da direcção distrital”, disse ao PÚBLICO Ricardo Rodrigues, afirmando não ter falado com Isabel Meireles porque não tinha de o fazer. “É uma decisão tomada em prol do município, dos munícipes e do PSD”, acrescentou.

O autarca justificou-se também com a posição do líder social-democrata na assembleia municipal, Jorge Pracana, que defendeu, no discurso de posse dos novos órgãos autárquicos, a aceitação de pelouros pelos eleitos do PSD e considerou “um erro” o facto de isso não ter acontecido no anterior mandato – a não ser na sua parte final e apenas por um dos vereadores.

Para Isabel Meireles, este é mais um episódio do “triste espectáculo” que o PSD está a dar em Oeiras. A autarca disse que a decisão do seu colega de lista não a surpreendeu, “antes pelo contrário”, e confirmou que não a discutiu com ele. “Quando há uma facção substancial do PSD em Oeiras vendida ao IOMAF [o movimento liderado por Isaltino], é evidente que não há diálogo possível”, comentou."

 - 12-01-2010

 

Não há limites para esta gentalha?



Publicado por rui.freitas às 00:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

21 comentários:
De Anónimo a 14 de Janeiro de 2010 às 10:06
Se o dito vereador foi eleito pelo PSD, pelos ELEITORES, só está a fazer o trabalho dele...
A presidente do partido está moribunda, em breve vai levar um chuto no rabo depois da tristeza que fez no PSD. A CPN anda mais preocupada com outras coisas, garanto-lhe...
A Meireles, coitadita, fala mas não passa de uma hipócrita.


De JOSIAS a 14 de Janeiro de 2010 às 11:20
A Meirelles não passa de uma hipócrita porquê? Porque não se vende? O que esta situação demonstra também é como o sr. vice presidente da Distrital de Lx do PSD sr. pedro paulo é um irrresponsável...


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2010 às 12:00
Não se vende? Então não entendo porque é que ela está a trabalhar na Universidade Atlântica a ganhar uns bons euros.. Quer que lhe faça um desenho?
Quando se concorre para um cargo político há que fazer pela população.
Quem está mal muda-se... Ela que não prejudique os eleitores que votaram nela para ela agora não fazer nenhum!


De JOSIAS a 14 de Janeiro de 2010 às 14:04
Mas ela já estava na Universidade Atlântica antes das eleições. Ou você quer que o Helvético a ponha a andar. Se ela lá estava lá continua. Parece-me óbvio.


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2010 às 14:29
Então ela que não cuspa no prato onde come...


De JOSIAS a 14 de Janeiro de 2010 às 21:36
O anónimo anterior se não é da IOMAFIA anda comer no prato da IOMAFIA porque a Drª Isabel Meirelles ganha pelo trabalho que faz, ou seja, come no prato dela.


De Anónimo a 15 de Janeiro de 2010 às 10:27
Fie-se na virgem... Porque ela de imaculada e de santa não tem nada!


De Anónimo a 15 de Janeiro de 2010 às 10:29
Só uma correcção...Isabel Meireles com um "L", para que não hajam dúvidas...até nisso ela enganou os Oeirenses.


De Anónimo da Silva a 17 de Janeiro de 2010 às 10:54
Os 12800 eleitores que votaram na coligação votaram na Drª Isabel Meirelles com um ou do "ll's", não votaram de certeza no Pedro Afonso Paulo e muito menos no Ricardo. Senão tinha votado logo na IOMAFIA. Eu atrevo-me a dizer que estes dois cavalheiros (Pedro Paulo e Ricardo) nem sequer têm legitimidade democrática para ocupar os lugares de Vereador.


De O Nome Não Interessa a 17 de Janeiro de 2010 às 13:02
Sr. Anónimo da Silva: a coligaçao elegeu o 1. e o 2., Isabel Meireles e Pedro Paulo, portanto o 2.º tb foi eleito democraticamente. No IOMAF todos foram eleitos á custa do nome de Isaltino, incluindo nas juntas de freguesia e nao fora a estupidez de Carlos Jaime mandar colocar pilaretes dias antes das eleicoes talvez tivesse ganho a Cruz Quebrada. Isabel Mdeireles e Pedro Paulo foram eleitos à boleia do PSD e do CDS, nao foi pelo seu prestigio, porque se assim fosse a Dra. Meireles tinha dado um banho eleitoral a um recandidato condenado. O Sr. Anónimo da Silva teria sido eleitor na Lista IOMAF se fosse colocado entre o 2 e o 4. lugar. TODOS foram eleitos a custa de Isaltino, dos 3 milhoes de euros dos 250 anos, do dinheiros que deu aos bombeiros (a todos) colectividades leoes de porto salvo, atlético de valejas , 1. de Dezembro de Queijas, dadores de sangue), do pagamento em prestacoes das rendas em atraso de casa da camara , do pagamento em prestacoes da agua em divida ao SMAS , dinheiro injectado nas juntas iomaf para estas tambem fazerem campanha, etc.,etc. Isto é populismo. Foi uma campanha eleitoral feita durante 2008 e 2009 com dinheiros da camara , a coberto de investimentos camararios. Por prestigio, por doutoramentos, posgraduacoes , mestrados, prestigio internacional, a Sra. Meireles teria ganho. Quanto à legitimidade do ou dos substitutos aconselho o a consultar a lei eleitoral autarquica.


De O Nome Não Interessa a 17 de Janeiro de 2010 às 13:07
Para que conste: o SMAS tambem gastou algumas centenas de milhares de euros em "apoios", paginas inteiras de publicidade nos jornais locais, que davam destaque de 1/2 pagina a uma deslocaao do Nuno Campilho aos bombeiros, e 1/10 de pagina a uma intervencao/deslocacao da Sra. Isabel Meireles. Mais: sobre os candidatos as juntas pela coligacao mais oeiras psd-cds-ppm raras noticias e entrevistas ZERO!
Para que conste.


De rui.freitas a 17 de Janeiro de 2010 às 22:55
Quanto a legitimidade, já dei a minha opinião, Caro "O Nome Não Interessa". Têm-na... Ponto!
A análise à(s) candidatura(s), está perfeita e, já agora, recordava-lhe o ocorrido há quatro anos. Desde o início de 2004 que o movimento IOMAF andava a "minar" o terreno, a oferecer e a prometer benesses (algumas, por não se concretizarem, levaram a grandes "engulhos" de quem esperou em vão...).
Lembre-se também que os jornais locais "não podem" agir doutra forma, senão... lá se vai a publicidade (institucional ou não, directa ou indirecta) que tanta falta lhes faz!
Como diz o povo soberano: "com papas e bolos se enganam os tolos"... os que querem ser enganados, claro!


De O Nome Não Interessa a 18 de Janeiro de 2010 às 12:16
Nao olhem para todos os que integraram a listas CMO , AMO e Juntas como vendidos! Acham que era facil encontrar candidatos? Acham que era facil encontrar apoios? Algés demitiu-se, nao fez campanha, Oeiras secçao ) teve de arranjar candidatos e apois para as restantes 5 freguesias. Nao eram muitos, eram os possiveis. Resolver Oeiras só com os militantes e simpatizantes oeirenses, a nacional não pode continuar a meter o bedelho, sempre que o faz faz trampa. Atacar, insultar quem deu o corpo ao manifesto é injusto. O Ricardo Rodrigues fartou-se de trabalhar, muito poucos ficaram ao seu lado. Nao foi ele que minou a campanha. Como diz o Rui Freitas o iomaf ja estava no terreno desde 2004. O que tinha a coligação Mais Oeiras, o que tinham o PSD, o CDS e o PPM para dar? Apenas compromisso com trabalho. Ms na sociedade materialista que vivemos as pessoas vendem-se por pouco e Isaltino sabe-o bem. Falando apenas do PSD, por ser simpatizante do PSD e pelo meu falecido pai ter sido militante do PPD (onde se inscreveu no verao quente de 75) apenas tínhamos generosidade, solidariedade, trabalho. Nao tivemos 3 milhoes das comemorações dos 250 anos, nao tivemos 2,5 milhoes do gabinete de comunicação da camara , nao tivemos a boletim oeiras atual , nao tivemos a revista 30 dias, nao tivemos todas as outras publicaçoes da camara , nao tinahmos o SMAS para que os deevedores pagassem as dívidas a perder de vista, nao tinhamos o departamento de habitaçao para dar casas ou deixar que as rendas em atarso fosse pagas aos bochechos, nao compramos os bombeiros, nao compramos as coletividades , os escuteiros, nao compramos o padre de queijas , nao tinhamos 375.000 euros para dar ao Padre José Luís de Caxias para as obras da igreja nossa senhora das dores, os jornais em geral nao cobriram as nossas atividades e os nossos candidatos e candidatas, em suma, nao tinhamos meios materiais para alem dum bone , camisola ou bolsa. Ha que assumir e constatar: iIsaltino fez campanha a custa do dinheiro da camara , aproveitou os 250 anos para ganhar as eleiçoes de forma quase esmagadora. Portanto, não acusem aqueles que aceitaram dar o corpo ao manifesto pelo PSD de traidores e vendidos. A Direcçao Nacional tambem não nos abandonou? O Carreiras e a Helena tambem nao nos usaram nas suas lutas pessoais? Se o Ricardo Rodrigues nao tivesse sido celere , como director de campanha, a arranjar as listas para Algés, Linda-a-Velha,Cruz Quebrada, Carnaxide e Queijas, hoje o PSD nao teria eleitos nestas. Houve COMPANHEIROS que estiveram quase 72 horas sem ir à cama! Pensam que foi alguma empresa de publicidade que colocou os cartazes dos candidatos ás juntas? Nao ! Foram alguns Jotas , os candidatos e alguns membros das suas equipas. Quem andou a fazer campanha em Cruz Quebrada, Algés, Queijas, Carnaxide (pelos menos nestas freguesias) pagou do seu bolso as refeições e o combustível. Quem estava mais perto de Paço de Arcos ia comer a um restaurante com o qual havia acordo e cujo nome nao recordo. O Ricardo Rodrigues andou com o seu carro a fazer campanha. É um "vendido"? A Dra. Isabel Meireles fez o que podia perante este cenário, o Ricardo também, a Alda Lima, o candidato de Carnaxide, Daniel, o candidato de Caxias, Trindade. Antes de insultarem saibam dos factos. Vejo ataques, insultos, nao leio uma opiniao construtiva sobre o que se deve fazer no PSD oeiras e algés para mudar est estado de coisas. Conselhos sao bem vindos.


De rui.freitas a 18 de Janeiro de 2010 às 22:24
Caro "O Nome Não Interessa" (18 de Janeiro de 2010 - 12:16), partilho de algumas das opiniões que aqui emite, sem dúvida, sendo uma das principais o desinteresse a que a CPN e outros órgãos votaram a candidatura a Oeiras.
Discordo, em absoluto, que não fosse possível encontrar candidatos. Eu, já sabia que o não seria; mas, e o Dr, Castro, o Dr. Estorninho, o Milhano, o Manuel Teixeira, foram recandidatados? Não! E havia mais...
Foram candidatos, aqueles que interessavam...
Quanto à falta de entendimento com a Secção de Algés, sempre ouvi de várias fontes duas versões mas, como sempre disse também, foi uma "guerra que não comprei".
Tal como diz, os tempos mudaram... bastante e para pior. Eu filiei-me no PSD em 1991, pela mão de João Serra, e sei como se faziam as campanhas: rua a rua, porta a porta, olhos nos olhos, organizando eventos na sede do Núcleo de Paço de Arcos para angariarmos alguns fundos. Tenho saudades? Claro que sim! Eramos puros no querer e no fazer e também pagávamos do nosso bolso as refeições, a gasolina, etc.!
Contrariamente ao que muitos continuam a apregoar, nunca vi o Sr. Serra como inimigo, apenas como adversário, quando se candidatou por outra força política, pois mesmo quando foi candidato a Porto Salvo, lá estive a seu lado, repartindo-me com Paço de Arcos. Onde estavam aqueles que prontamente surgiram como seus "amigos" em 2005, quando ele precisou de apoio - e muito - em 1998-99?
Agora, o que vejo - com toda a franqueza - é oportunismo, combinações e maquinações por lugares, arregimentar jovens para a Jota "às bardas" e que apenas vão votar porque lhes dizem onde sem sequer saberem o que é a social-democracia...
Sobram milhares ou milhões agora, a sociedade materialista que refere - e bem - existe, de facto, mas só se deixa iludir por ela quem quer.
A propósito: o Restaurante é o da Nova Morada, e por aqui me fico...


De O Nome Não Interessa a 20 de Janeiro de 2010 às 08:23
O Milhano? Se volta a Queijas "enforcam-no"!!


De rui.freitas a 17 de Janeiro de 2010 às 22:47
Caro Anónimo da Silva (17 de Janeiro de 2010 - 10:54), legitimidade, têm, pois que integraram a lista "Mais Oeiras"; agora moral, é que já é discutível...


De rui.freitas a 17 de Janeiro de 2010 às 22:38
Este diálogo entre o Anónimo e o Josias é francamente salutar e, permitam-me dizê-lo, democrático, razão pela qual estive quase para não intervir.
Faço-o, porque entendo dever clarificar algumas coisas aqui escritas pelo primeiro (ao segundo, responderei abaixo), nos dias 14 de Janeiro de 2010 às 10:06, às 12:00, às 14:29 e no dia 15 às 10:27.
Constato, se dúvidas tivesse, que para o Anónimo (e sus muchachos) o importante é acusar a presidente do PSD e a candidata Isabel Meireles (que a mim e aos eleitores, pouco importará se escreva com um ou dois "ll's". É a prova de que a história se repete: foi assim com Marques Mendes e também com Teresa Zambujo: quem não lhes presta vassalagem, não serve, é inapto, hipócrita, oportunista e engana os oeirenses.
Mas é curioso que bradam depois aos céus que os oeirenses escolheram... e escolheram bem. Em que é que ficamos? Se a escolha tivesse sido outra, os oeirenses estariam "nas ruas da amargura", não?
Depois - tal como a Marques Mendes -, lá vem a "acusação" de estarem ligados à UATLA. E porque não? É crime? Quem os colocou lá? Se então serviam, só porque usaram do seu direito de discordar, já não servem? Bom mesmo é estar caladinho, não é?
Caro Anónimo, esta frase é sua: "Ela que não prejudique os eleitores que votaram nela para ela agora não fazer nenhum! "
Explique lá em que é que Isabel Meireles (ou Meirelles) prejudicou ou prejudica os oeirenses!? Só se for por não pactuar com os arranjinhos feitos à sua revelia, pois sei que a candidata nunca esperou que o terreno estivesse tão minado como estava!
Daí a afirmar que "ela agora não faz nenhum" vai uma grande distância e demonstra o seu escasso ou nulo conhecimento acerca da capacidade de alguém que tem o seu prestígio reconhecido a nível internacional...
"Imaculada e santa"? Espero bem que não, pois a mácula não recai no seu profissionalismo ou honestidade e a santidade representa não se deixar manietar!
Salvaguardando as devidas distâncias (já que não possuo tal notoriedade), é um pouco como o Rui Freitas: se estivesse caladinho, era o "máior", como não está, esqueceu-se todo o seu trabalho anterior e vai de criticar, acusar e ameaçar. A ameaça de ontem, pelo menos, teve o "mérito" de ter "rosto", de estar bem identificada, coisa que o próprio fez questão de frisar...


De Anónimo a 19 de Janeiro de 2010 às 10:48
Se ela não está para pactuar com o quer que seja, o que é que ainda lá está a fazer?
Que sabe ela de Oeiras? Nada... Zero... Se não fosse alguém dizer-lhe, até hoje ela nem sabia onde ficava o Bairro dos Navegadores e tantas outras zonas.
Que vá para o seu condomínio de luxo e deixe trabalhar quem realmente quer trabalhar.


De rui.freitas a 17 de Janeiro de 2010 às 22:44
Caro Josias, é óbvio que o Anónimo só pode estar ligado ao IOMAF; de outra forma, de onde destilaria tanto fel?
A essa gente, aplica-se o velho ditado: "quem não é por mim, é contra mim"... não lhes passa pela cabeça que possam (e devam) existir opiniões diferentes!
De caladinhos e quietinhos é que que eles gostam...


De Popota a 18 de Janeiro de 2010 às 10:22
É verdade! O meu apelido é Meireles, apenas com um L. Só coloquei um L a mais porque se não não era aceite como candidata de pedigree para "lutar" contra o Perestrello que até se tornou meu amigo no Facebook.

Desculpem lá qualquer coisinha...


De Pedro Leite Pereira a 11 de Fevereiro de 2010 às 18:06
Segundo parece um outro irá aceitar amanhã também uns pelouros. iluminação pública e não sei se sanitários públicos!
É uma vergonha o PSD em Oeiras com fortes culpas da Distrital


Comentar post

Sempre na hora certa
anti-corrupção
Visitantes desde Maio 06
Acordo Ortográfico
Prémios recebidos
ThinkingBlogger blog com tomates
Visitantes on-line
online
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Meteorologia
     
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS