Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2010
Mais um e-mail rocambolesco...

Como diz a sabedoria popular, "quem o ouve falar (ou escrever, no caso) não o leva preso". Ou seja, quem lê este relambório "bem falante", é levado a acreditar que este homem dedicou, desinteressadamente, toda uma vida à causa pública!

Pessoalmente, sinto pena (diz um meu Amigo que, "penas, têm as galinhas"...), não do auto-despedimento fabricado, mas que tenha integrado o longo rol dos vendidos ao "ideário" IOMAFiano...

O e-mail que dirigiu a "tutti il mondo", reza assim:

 

"Amigas e amigos,

Ano novo, vida nova!

Mesmo quando a mudança surge depois de ponderação efectiva, o momento da partida permanece sempre como difícil. Até porque qualquer mudança acarreta necessariamente memórias.
Tempos bons, situações menos boas… há de tudo nestas funções que orgulhosamente desempenhei ao longo destes quatro anos.
Mas o que fica, é a extrema generosidade que recebi. Desde o Director Municipal até ao Cantoneiro de Limpeza.
Tive o privilégio de conhecer grandes homens e grandes mulheres que escondidos “no seu canto” desempenham as suas funções sem aparecerem nos jantares e almoços.
Outros – fruto da natureza do cargo – têm que o fazer. Com maior ou menor prazer, mas fazem-no bem. Há na Câmara Municipal de Oeiras pessoas de elevada qualidade. Que ficam até tarde e chegam mais cedo. Que ouvem mais do que falam. Que reflectem antes de agirem.
Muitas mulheres na estrutura dirigente. Mas MULHERES a sério. Grandes profissionais dedicadas, que ainda vão buscar os filhos à escola, tratá-los quando estão doentes e que ao mesmo tempo desempenham as suas tarefas com grande distinção, cumprindo os prazos.
Muito poderia aqui escrever sobre estes quatro anos que “não são muito nem são pouco”, mas que foram riquíssimos em vivências.
Prefiro por ora, reservar-me ao silêncio contido e amadurecer o tanto que vi, ouvi e senti.
Mas nunca esquecerei as audiências que fiz em representação do Senhor Presidente da Câmara e a miséria humana que tantas vezes se apresentou perante mim. Pessoas com problemas. Problemas a sério.
Nunca esquecerei a alegria de dar uma casa a quem não a tinha, de poder dar um caminho a quem não o vislumbrava, de resolver um buraco na estrada, um caixote do lixo que incomoda ou que falta... no fundo os “pequenos grandes problemas” que por vezes com “um estalar de dedos se resolvem”.
Nunca esquecerei o “ponto de passagem” que era o meu gabinete. Não raras vezes lá desabafaram funcionários, dirigentes, administradores de empresas, vereadores. Muitos lá choraram comigo e penso que saíram de lá sempre mais calmos e mais tranquilos.
Espero pois ter sido para muitos, mais do que o Adjunto do Presidente da Câmara: o verdadeiro amigo que em mim viram.
É exactamente esse AMIGO que esteve convosco nesses momentos, que aqui escreve agora e que estará sempre à distância de um telefonema, de um e-mail vosso ou de uma visita ao meu site pessoal. – mail@armandosoares.com 
 www.armandosoares.com.
Disponham! Eu sou sempre genuíno, sei já há muitos anos o quão efémero é o poder e jamais mudo as minhas convicções por esta ou por aquela circunstância.
Nunca esquecerei pois, mais do que tudo: Os sorrisos que recebi de volta, quando para vós também eu sorri.
A todos sem excepção, o meu obrigado por tudo.

O futuro não pode esperar.
ATÉ BREVE.

(Doravante não obstante a óbvia colaboração intemporal da minha parte, qualquer assunto relativo ao Gabinete da Presidência deverá ser remetido ao Chefe de Gabinete do Senhor Presidente da Câmara)"

 

Pois é, trata-se de Armando Soares, ex-adjunto do presidente da Câmara Municipal de Oeiras...

  http://www.blogger.com/profile/05963206043038937708

 

... que, certamente por esquecimento, não referiu que também foi integrar os quadros da Parques Tejo. Mais um...!

É o que digo e repito: Esta gentalha não tem mesmo vergonha?



Publicado por rui.freitas às 01:27
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

6 comentários:
De ARMANDO SOARES a 14 de Janeiro de 2010 às 17:02
Caro Rui Freitas,

Como este método de comentar não dá para provar quem é que afinal escreve com total veracidade (até porque a maioria das pessoas que escrevem, fazem-no sob a capa cobarde do anonimato) queria todavia - e porque afinal passei a integrar a sua "galeria de notáveis dizer-lhe meia dúzia de coisas apenas, até porque confesso, tentarei não ceder à tentação de voltar a aparecer por cá: sob pena de lhe estar a dar a publicidade que necessita mas pouco tem.

Acredite, se as suas críticas fossem sérias, não fossem adjectivadas de uma forma ofensiva e exprimissem fundamentamente apenas os seus pontos de vista, teria todo o prazer em debater consigo todo e qualquer tema, nos termos em que pretendesse, na blogosfera ou em qualquer outro local.

Todavia assim não se passa. E a meu ver esta não deve ser a forma.

Aproveito para lhe informar que trabalho há já vários anos, muito antes de ter aceite as funções que exerci com muito orgulho na CMO.

Se não conhece a minha história de vida acredito que é porque não tem grande interesse.
Sendo que também não tenho grande interesse em lha contar, ficamos portanto assim.

Só lamento é que um ex-Presidente de Junta de Freguesia que se afirma tão social democrata, prefira a via da calúnia simples para tentar continuar a existir civicamente.

Eu no seu lugar fá-lo-ia de outra forma.
Mas lá está: somos pessoas diferentes em muitos aspectos.

Em tempos pensei que o conhecia e até que o podia respeitar apesar de termos pontos de vista qui ça diferentes nalgumas matérias. Para mais por se tratar já de uma pessoa de uma idade diferente e eu ser daqueles que têm respeito para com os mais velhos.

Enganei-me.
Afinal para si, fico antes com o respeito na gaveta e substituo-o pelo signo da tolerância.

De qualquer forma, bom ano.
Para saber que fui mesmo eu que vim cá (porque faço questão nisso) publico esta resposta no meu site.



De ANÓNIMO a 14 de Janeiro de 2010 às 21:34
Cobardes são aqueles que nunca tiveram coragem de sair do PSD e integrar o seu movimento do coração e agora estão fingir que não foi nada com eles...De certeza que o sr. helvético concorda com isto...


De rui.freitas a 17 de Janeiro de 2010 às 23:10
Pois é, Caro Anónimo, ter um pé cá e outro lá sempre deu jeito a muita gente. Nada como estar bem com Deus e com o diabo... Assim, se a coisa der para o torto, há sempre um lado para optar.
Só que, as mais das vezes, quem assim pensa, fica sem lado nenhum!


De rui.freitas a 15 de Janeiro de 2010 às 03:09
Caro Armando,
Dado o adiantado da hora, vou quedar-me hoje apenas por estas duas respostas:
1.ª - Escrevi que tinha pena que tivesse sido assim, apenas por uma razão... eu também pensei que te conhecia e, como provei várias vezes, simpatizava contigo como amigo partidário; pena foi, quando não assumiste em pleno a tua opção;
2.ª - Acaso disse que não trabalavas antes da política? Não! Por isso, estou sempre disponível para debater ideias diferentes, onde e quando quiseres.
Amanhã, se puder, volto aqui para responder-te melhor.
Bom Ano!


De rui.freitas a 17 de Janeiro de 2010 às 23:43
Caro Armando, vou tentar responder ao teu comentário de forma sucinta mas clara, para ver se nos entendemos.
Em primeiro lugar, dar-te os parabéns por assinares sem te esconderes atrás de anonimatos... de que eu e tu não gostamos, mas temos de entender nalguns casos!
Quando escrevo neste "blog", faço-o de forma espontânea ou porque tomei conhecimento de algo menos claro no "reino". Assumo o que escrevo e tanto quanto sei nunca publiquei mentiras. Recebi o teu e-mail e decidi publicá-lo... e comentá-lo. Foste tu quem se expôs, não eu.
Partindo do princípio que poderá haver sempre duas versões do mesmo "caso", é que nunca impus qualquer tipo de censura aos comentários. Apetece, mas...
Tens nas tuas mãos a mesma "arma" do que eu: um "blog". Usa-a, mas não escamoteies o facto de, outrora, termos estado do mesmo lado, dizendo agora que tenho "galeria de notáveis" (não tenho) ou que preciso de "publicedade" que já não tenho. Sabes que não é assim, sabes porque nasceu este "blog" e porque o mantenho! Voltares cá ou não, só depende de ti; nada posso fazer.
Lamento igualmente que consideres as minhas críticas menos sérias e/ou ofensivas. Só demonstras que não tens lido os comentários ao que escrevo, a maioria dos quais - esses sim - bem ofensivos. Mas, como diz o ditado popular: "os cães ladram, mas a caravana passa"!
Como já escrevi há dias, estou sempre disponível para debater ideias e opiniões, seja onde for (à excepção da Secção) e com quem for. Já o fiz com Pedro Simões e chegámos a consensos que ele acabou por não seguir...
Repito, também, que não encontras no meu "post" qualquer alusão a só agora teres começado a trabalhar, razão pela qual achei piada à forma como analisas o meu trabalho na Junta de Paço de Arcos, onde Servi com prazer, gosto e orgulho daquilo que fiz. Além disso, sendo mais velho, perceberás também que já trabalho há muitos mais anos... e já o fazia muito antes de ter enveredado pelas lides político-partidárias! Que cada vez mais me desgostam... exactamente por detestar a calúnia (repito: lê os comentários aqui colocados por muitos dos teus amigos...).
Caro Armando, mal andaria o mundo, se todos pensásemos igual, como bem dizes. E é precisamente por pensar diferente que sou violentamente criticado e ameaçado. Afinal, quem é que não sabe ser e aceitar as diferenças?
Lembras-te ainda da célebre noite de apresentação da candidatura do Carlos Jaime à Cruz Quebrada-Dafundo? Lembras-te do que te disse Teresa Zambujo, referindo-se aos teus constantes telefonemas?
Pois...!
Uma vez mais, vou tentar ser claro: eu não critiquei nunca quem decidiu mudar de opção partidária, deu a cara, assumiu... A minha opção foi também manter-me leal ao Partido em que milito. O que não deixarei de criticar - podes estar seguro -, são aqueles que, dizendo-se mais social-democratas do que todos, andam desde 2004 a fazer o jogo (porque de um jogo de interesses se trata) do movimento IOMAF.
Mudar de opinião, não é crime; mudar mas garantir não o ter feito é que é imoral.
Os teus Pais, tal como os meus, devem ter-te educado da mesma maneira!
Agora, estás no teu direito de guardar o respeito na gaveta, assumires orgulhosamente as funções (de confiança política) que assumiste na CMO e/ou de seguires o caminho que entenderes.
Como eu seguirei o meu... de consciência bem tranquila!
Bom Ano para ti também e para todos os teus familiares.


De Anónimo a 18 de Janeiro de 2010 às 13:31
Como podes militar Fretes? Nem pagaste as quotas...
Ah! A tua militância é fazer as ditas cantigas de escárnio e maldizer neste teu espaço que como o Armando até bem disse. Precisa de publicidade!

Oooohhhhhhh


Comentar post

Sempre na hora certa
anti-corrupção
Visitantes desde Maio 06
Acordo Ortográfico
Prémios recebidos
ThinkingBlogger blog com tomates
Visitantes on-line
online
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Meteorologia
     
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS