Segunda-feira, 31 de Maio de 2010
Inevitabilidade...

Palavra polisilábica (oito sílabas) com 15 letras que, confesso, me deixa sempre arrepiado, pois tenho para mim que, só há duas coisas efectivamente inevitáveis: a doença e a morte; além do Fado, é claro, bem português e que, talvez por essa razão, nos tolda o raciocínio. O resto, é perfeitamente evitável.

Vem isto a propósito da semana que terminou, malfadada para o "trocas-te", para o PS e, sobretudo, para os portugueses pensantes.

Seria longo e fastidioso, relatar tudo o que de mal aconteceu neste e a este País e, assim sendo, optei por recordar-vos em "flashes" alguns dos exemplos de como o (des)governo socialista já nada tem para dar (como nunca teve) a Portugal e aos portugueses. A sua política de zigue-zague, de ora sim ora não, já "bateu no fundo", arrastando com ela o nosso País!

Antes de vos mostrar os exemplos atrás referidos, vou tentar justificar o porquê de não gostar do termo "inevitabilidade", mesmo correndo o risco de repetir palavras que aqui já utilizei.

Dizem-nos que é inevitável cortar no consumo; que andamos a "viver acima das nossas posses". Quem? O português comum, não será certamente.

Dizem-nos que é preciso consumir, para que o mercado funcione. Quem? Os Bancos e empresas de crédito a eles ligadas.

Dizem-nos que é preciso deixarmos de ser trabalhadores "não qualificados" e que o futuro está na formação dos jovens. Quem? Governo, grandes empresários e "analistas". E que vemos? Jovens (e não só) qualificados, com cursos superiores, a trabalharem em hipermercados, em call centers...

Dizem-nos que "temos de produzir mais", que não produzimos. Quem? O Governo, grandes empresários e "analistas". E que vemos? O Governo a gastar sem produzir, certos grandes empresários a investirem hoje para "colherem" já amanhã... E muitos, mesmo muitos jovens e menos jovens a conseguirem sucessos atrás de sucessos fora das nossas fronteiras. Se somos bons "lá fora", por alguma razão somos "maus" cá dentro, não acham?

Dizem-nos que temos maus professores, que por isso devem ser vilipendiados e sujeitos a avaliação. Quem? O Governo e "analistas". E que vemos? Excelentes professores a serem impunemente agredidos quando chamam os "meninos" à atenção e até os "obrigam" a fazer coisas "infames", como seja puxarem as calças para cima... O que temos, são maus educadores em casa, paizinhos e mãezinhas desinteressados que acham uma maçada chamarem os filhos à razão.

Dizem-nos que não existe aumento da violência. Quem? O Governo e algumas "estatísticas bem trabalhadas". Mas todos os dias sabemos de roubos e assaltos sangrentos, polícias agredidos e já sem qualquer autoridade. O Polícia é sempre culpado até prova em contrário... e não a inversa.

Dizem-nos que os Bancos correm o risco de não terem liquidez. Quem? O Governo, os "analistas" económicos, a União Europeia e os banqueiros. E que lemos? Lucros crescentes de milhões e milhões, subida das taxas sobre serviços prestados (quem os presta? Os impessoais computadores?), sobre os empréstimos de que os cidadãos e as pequenas e médias empresas tanto necessitam, milhões não declarados e colocados em off-shores...

Dizem-nos que a população portuguesa está a envelhecer e que os nascimentos decresceram drasticamente. Quem? O INE. E que constatamos? O (des)governo e os deputados de "trocas-te" a aprovarem a Lei do Aborto (pomposamente designada por Interrupção Voluntária da Gravidez) e os casamentos gay (imaginativamente chamados de casamentos entre pessoas do mesmo sexo).

Dizem-nos que a Justiça funciona bem. Quem? O Governo. E que constatamos? Uma "justiça" com dois pesos e duas medidas: a dos ricos e a dos pobres.

Um deputado do PS "roubou" dois gravadores, mas dizem-nos que o fez "em nome da honra"... mas ninguém parece saber onde estão os ditos gravadores...

Dizem-nos que os "casos Freeport", "Cova da Beira" e PT/TAGUSPARK/TVI "nunca existiram"; que o processo "Face Oculta" é uma "campanha negra", como o são todos os inexplicáveis e inexplicados "casos" que envolvem o "trocas-te" e "sus muchachos"... E há quem acredite!

Dizem-nos que precisamos de um novo aeroporto... já! Quem? O Governo. E que vemos? O Aeroporto da Portela com slots desaproveitadas por falta de tráfego... E acreditamos.

Dizem-nos que é imperioso "rasgar" mais autoestradas. Quem? O Governo. A realidade, é que precisamos de melhorar rapidamente os pisos, traçados e sinalização nas Estradas Nacionais.

Dizem-nos que as "Scut's" têm de ser portajadas segundo o princípio do utilizador-pagador (e eu até concordo). Quem? O Governo. O mesmo que, há seis anos, se insurgiu contra tal medida e não mais se preocupou em saber se há alternativas com um mínimo de qualidade e segurança.

Dizem-nos que é impensável adiar a ligação Lisboa-Madrid em TGV. Quem? O Governo (e, por detrás dele, grandes interesses económicos), que aponta para a criação de milhares de postos de trabalho, esquecendo que isso seria apenas na fase de construção. Depois...

Dizem-nos que é urgente encerrar Centros de Saúde e Hospitais, cortar nas horas extraordinárias de Médicos e Enfermeiros, subindo também a sua idade de reforma. Quem? O Governo. E que vemos? O mesmo Governo a contratar Médicos estrangeiros, Médicos já reformados, a instituir prémios de desempenho, a lançar nas "ruas da amargura" as únicas duas classes que cuidam da nossa saúde, com as listas de espera a eternizarem-se sem fim à vista.

Dizem-nos que é preciso trabalhar mais anos, pois de outra forma, a Segurança Social (leia-se, reformas) está votada à extinção. Quem? O Governo e alguns "analistas". E que vemos? O Governo a gastar, a gastar, a gastar em superficialidades.

Dizem-nos que o "apertar do cinto" tem como horizonte o ano de 2011. Quem? O Governo (e o PSD, que acreditou). E que nos espera? O "emagrecimento" forçado, pelo menos até 2013... 14... 15... 16... e por aí fora.

Dizem-nos que "é preciso vir para a rua" protestar. Quem? Uma única Central Sindical. E para quê? Para descermos - ordeiramente - a Avenida da Liberdade.

Qual Liberdade? A deste (des)governo, cujo fito é apenas e só coarctar a Liberdade de Expressão?

Bom, acho que como exemplos, já chega, se não, corro o risco de me conotarem com uma esquerda que não quero nem acredito!

Vamos a factos (aqui expressos de forma aleatória e todos ocorridos na semana finda, à excepção de um):

 

Famílias passam a receber menos e a pagar mais IRS

in DN - 25-05-2010

Médicos vão ganhar menos

in CM - 25-05-2010

Pagamos mais pelos remédios

in CM - 25-05-2010

Creches e lares com aumento zero no ano da crise social

in I - 25-05-2010

Cortes nos prémios e nas progressões vão afectar 45 mil funcionários públicos

in Público - 25-05-2010

Deputados vão receber mais dinheiro para viagens e transportes

in Sol - 25-05-2010

PSP gradua oficiais e esquece os agentes, na GNR um quarto da verba vai para 64 oficiais

in Público - 20-05-2010

Polícias pagam para aprender a conduzir

in Expresso - 24-05-2010

Andreia conseguiu um trabalho na Ikea
(Dos admitidos, um em cada cinco é licenciado.)

in Expresso - 25-05-2010

Miguel Portas versus deputados europeus...

Aqui

(Ao votarem ao lado do PS, contra o adiamento do malfadado TGV, PCP e BE perderam a pouca credibilidde que lhes restava)

PGR diz que "Portugal não é um país de corruptos"

in DN - 27-05-2010

PGR ‘esconde’ queixa contra Sócrates

in CM - 29-05-2010

"A Manela não apresenta mais o jornal" - Armando Vara

in Sol - 28-05-2010

Governo acaba com oito medidas de apoio ao emprego

in DN - 26-05-2010

As pequenas grandes despesas do Estado

in Sol - 27-05-2010

OCDE revela que "não há degradação" do desemprego, afirma ministro da Economia

in SAPO/SIC - 26-05-2010

Meio milhão vive apenas com o salário mínimo

in JN - 27-05-2010

Finanças pagam o dobro a jurista

in CM - 27-05-2010

Jogadores recebem 800 €/dia na Selecção
(Ronaldo chega de helicóptero, passa folga em iate de luxo e Deco vai a Barcelona em jacto alugado, Inês de Medeiros recebe 528 euros por dia em ajudas de custo... e há quem aplauda)

in CM - 27-05-2010

Pinto da Costa declarou 4496 €
Será só ele? (Nuno era o futebolista mais bem pago e apresentou 16 mil euros)

in CM - 25-05-2010

Fungagá da bicharada

António Ribeiro Ferreira in CM - 25-05-2010

Nomeações não param no Governo

in Sol - 28-05-2010

Jornalistas condenados só por publicarem escutas

in DN - 28-05-2010

 

E como se isto não bastasse, "ordens superiores" mandaram encerrar o site NavPt, consultado diariamente por funcionários da TAP, ANA, NAV, GroundForce e outras empresas do ramo, e por centenas de entusiastas dos aviões e da aviação, como eu...
Medo de quê? De Bin Laden? Só se for isso.
No entanto, livre e naturalmente, outros sites idênticos continuam acessíveis em todo o mundo. Como este, por exemplo: Flightradar24.

Para encerrar, mais uma achega:

"E se de repente um economista lhe dissesse uma coisa diferente?"

Daniel Oliveira in Expresso - 25-05-2010

 

Penso que, com estes exemplos, os portugueses pensantes também deixarão de acreditar na inevitabilidade. Para os outros, deixo mais duas belas "pérolas".

Esta: O vídeo de que todos falam: Sócrates e o portunhol na TVE

in I 24-05-2010

E esta: "Sócrates contra Sócrates"

 

Definitivamente, não gosto da palavra inevitabilidade, porque, além do mais, me lembra isto:

 



Publicado por rui.freitas às 01:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

2 comentários:
De Helder Sá a 31 de Maio de 2010 às 23:18
Parabéns, Rui Freitas, por esta magistral escrita sobre a desgovernação sócretina . Quanto aos sindicatos, sabemos que a UGT de João Proença, militante socialista, é correia de transmissão do PS, ou seja, o mesmo que dizem da CGTP (correia de transmissão do PC). Descer a Avenida? As manifestações devem passar para a o Palácio de S. Bento, sede do Parlamento e residência oficial do 1.º Mentiroso de Portugal, para o Largo do Rato e para o Palácio de Belém. Descer a Avenida? Já era!


De rui.freitas a 4 de Junho de 2010 às 01:13
Caro Companheiro,
Absolutamente de acordo; descer a Avenida "já era"!
O desafio a sério, era mesmo frente à residência oficial do "trocas-te"... nem mais.
Também espero, sinceramente, que haja cada vez mais vozes a denunciar a mentira diária que este "inginhéro" nos tenta impingir. Precisamos ser muitos, muitos mesmo.
Um abraço.


Comentar post

Sempre na hora certa
anti-corrupção
Visitantes desde Maio 06
Acordo Ortográfico
Prémios recebidos
ThinkingBlogger blog com tomates
Visitantes on-line
online
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Meteorologia
     
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS