Segunda-feira, 2 de Maio de 2011
Homem ao mar...

Penso que até os mais recônditos lugarejos do Mundo tomaram conhecimento da morte, pelos Navy Seal dos EUA, daquele que foi, outrora, um herói e depois se transformou (ou foi transformado) em terrorista: Osama Bin Laden!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acho que ninguém (excepção feita aos seus familiares e seguidores) verterá uma lágrima pela sua "suposta" morte que, em meu entender, é de contornos bastante duvidosos e esconde certamente desígnios que dentro de algum tempo se conhecerão. Poderia tentar adiantar alguns cenários, mas prefiro deixar à imaginação de cada um, qual o verdadeiro sentido do "desaparecimento" de um talibã que chegou a ser o "menino querido" da CIA/EUA, tendo em conta que foi "durante a invasão soviética do Afeganistão (1979-1989), que o governo dos Estados Unidos, através da chamada Operação Ciclone, nome de código do programa da CIA, armou os mujahidins do Afeganistão. Foi uma das mais longas e dispendiosas operações da CIA jamais realizadas. Entre 1987 e 1989, os serviços secretos do Paquistão (ISI) e a CIA operavam juntas, armando as milícias taliban, que combatiam as tropas soviéticas".

É-me difícil entender, como é que um país poderoso como os Estados Unidos da América, com os seus quase inesgotáveis recursos "secretos" e tecnológicos, se permitiu "alimentar" o seu povo e o mundo com uma caça ao terrorista n.º 1 que, de tempos a tempos, era "encontrado" numa montanha, num vale numa caverna, numa tenda, num palácio... sem nunca lhe conseguir deitar a mão!?

Quase 10 anos volvidos sobre o fatídico 11 de Setembro (de que, um dia, também se conhecerá a verdadeira intenção e responsáveis directos e indirectos), os heróicos Navy Seal's matam-no a 60 quilómetros de Islamabad, contrariando assim as ordens directas do presidente Obama. Contrariando, sim, pois num dos muitos vídeos difundidos, Barack Obama diz claramente o seguinte: "Autorizei a operação para apanhar Osama e trazê-lo à Justiça".

Ora, trazê-lo à Justiça é coisa bem distinta de o "lançar ao mar de Omã, com recurso a uma prancha"!

Aliás, este acto, já "está a gerar polémica porque o islamismo opõe-se ao lançamento de um corpo ao mar, declarou hoje um responsável da universidade de al-Azhar, a mais alta instituição do islão sunita, após terem sido divulgadas informações sobre a morte de Osama bin Laden". Isto é, os EUA parace terem-se metido noutro evitável sarilho!

Mas mais; então o "inimigo público n.º 1" é morto num raid e os seus restos mortais não são mostrados ao mundo (via jornalistas e repórteres de imagem no local), tal foi a pressa de o "lançarem borda fora", após uma cerimónia que levou mais 10 minutos do que o ataque ao local onde "supostamente" se acolhia? A tal ponto, que jornais e televisões (como o canal Geo TV de Islamabad) acabaram por difundir imagens que mais não eram do que uma montagem feita em Photoshop (em 1998, e mal), tentando assim dar "veracidade" à morte.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foi igualmente "garantido" que "as autoridades norte-americanas já confirmaram que a identificação do corpo de Osama Bin Laden foi feita com recurso a análises de ADN". E quem nos garante que isso é mesmo verdade?

Agora, parece que, finalmente, os EUA ponderam divulgar as fotos do terrorista abatido e as "certezas" de que é ele mesmo são tais, que até se baseiam no facto de uma das suas mulheres (também ela abatida) o ter "identificado pelo nome quando os militares norte-americanos estavam na residência".

Enfim, desde há largos meses se percebeu que Barack Obama está a perder terreno "interno", acusando-o alguns opositores de descurar a segurança dos EUA, dentro e fora de portas.

A resposta está aí!

A da Al-Qaeda, infelizmente, também não tardará...



Publicado por rui.freitas às 22:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

4 comentários:
De Os 3 Mosqueteiros de Oeiras a 3 de Maio de 2011 às 13:14
É mentira,
é mentira,
é mentira,
sim Sr...

cantava-se assim nos nossos tempos. Os pinóquios da política, ao contrário do que pensa o Zé Povinho, não é exclusivo português. Nesse "hit- parade" também estamos cá muito atrás.
Obama e os seus assessores viram muitos filmes de cow-boys e sabem que um "WANTED" pega sempre. Agora que tem de provar que é norte- americano, de nascimento, que melhor maneira senão tirar este coelho da cartola.
Ele já foi utilizado várias vezes porque não utilizá-lo mais uma? O problema é que com este expediente já não dá para mais nenhuma vez. Desespero ou mera estupidez?


De rui.freitas a 4 de Maio de 2011 às 00:39
Caro(s) Os 3 Mosqueteiros de Oeiras, que é mesmo mentira, penso eu de que. E não apenas eu, como - segundo o que tenho lido - milhares de pessoas um pouco por todo o mundo.
Agora, promete-se a divulgação de fotos do "morto" que, estando "cadáver e morto" :-), deixa de ser procurado e poderá enfim viver em paz... nos EUA.
A encenação não convenceu mas, como aqui refere, este, "já não dá para mais nenhuma vez"!


De José António Baptista a 4 de Maio de 2011 às 02:30
Não sei porquê, começo a suspeitar que daqui a uns anos Osama vai ressuscitar...
Só não consigo imaginar a estória que vão inventar nessa altura. Talvez que afinal a bala deixou-o em coma...


De rui.freitas a 5 de Maio de 2011 às 01:23
Em coma andam, normalmente, os norte-americanos (e, infelizmente, não só). Pensem bem nos mandatos dos últimos presidentes... Uma desgraça!


Comentar post

Sempre na hora certa
anti-corrupção
Visitantes desde Maio 06
Acordo Ortográfico
Prémios recebidos
ThinkingBlogger blog com tomates
Visitantes on-line
online
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Meteorologia
     
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS