Terça-feira, 30 de Agosto de 2011
Pronto: vamos às Festas?
 
Mais um ano, mais uma edição das centenárias Festas em Honra do Senhor Jesus dos Navegantes, que continuo a frequentar religiosamente (leia-se: às quais nunca faltei nem tenciono faltar enquanto por cá viver).

Há quem garanta que são "as meninas dos olhos" (desde sempre ou só agora?) e quem lamente haver "muito menos recursos (sobretudo financeiros) que nos anos anteriores". Se calhar, foi por isso que, este ano, todos andámos sem encontrões na noite da inauguração!? Já em 2010 a "enchente" tinha diminuído, mas este ano é que a "avenida" não tinha engarrafamento. Será "culpa" só da crise ou haverá outras razões, como sejam o excesso de "barzinhos" e "tasquinhas", de "ginjinhas de Óbidos" frente-a-frente, de "remaxes", de artesanato que não o é...?

Ah, mas na noite de 2 de Setembro é que vai ser!

Posto isto (e como já muitos esperavam o meu comentário apreciativo - prefiro dizer o que penso do que fazer o que outros fizeram outrora: tudo criticavam pelas esquinas mas, quando me encontravam ou a alguém da Comissão de Festas, lá vinham as "palmadinhas nas costas"), vamos às Festas.

Desconheço quanto pagou cada um dos patrocinadores/anunciantes mas, pelo que vejo, a coisa deve ter ficado ela-por-ela...

É verdade que a Universidade Atlântica não consta do folheto/programa, mas a publicidade continua espalhada pela Marginal e entradas da Vila, bem como a de outras empresas que igualmente não descortinei no dito folheto, mas estão nas ruas!

Do programa, destacam-se empresas como a Tecnilab (que contra entre os seus clientes, com os SMAS de Oeiras e Amadora), a Triónica2 - Soluções Urbanas (que tem como clientes, Municípios, Empresas Construtoras e Distribuidores de Água), a Logica (que tem contratos de outsourcing com 75 empresas públicas e concessionárias privadas que representam 55% dos clientes finais de água em Portugal e gere os sistemas de facturação desses fornecedores, abrangendo mais de metade dos consumidores finais no país), a on the road e a cateri (ambas sedeadas em Alcabideche...), a Habitágua, empresa especializada na prestação de serviços associados às redes de água e saneamento (que tem como accionistas a CMO - 51% e a Edifer Ambiente - 49%, e Isaltino Morais a presidir à Assembleia-Geral, como é sabido) e, pasme-se, até o TIO - Teatro Independente de Oeiras (também conhecido por "Associação Pancada - Produção de Espectáculos") surge no programa como patrocinador, o que me leva a questionar como é que uma entidade que é apoiada/subsidiada pela CMO consegue ainda ter dinheiro para patrocínios a outrém?

Francamente confrangedor, para mim e para a Comissão de Festas "do meu tempo" (que fomos fortemente criticados e até ameaçados com um pedido de indemnização por uma técnica da CMO, por termos permitido a colocação de uma viatura sobre um estrado e este sobre a relva), foi ver que o "vale tudo" da ocupação do espaço relvado e ajardinado, em vez de acabar ou, pelo menos, diminuir, até aumentou consideravelmente este ano.

Será porque "há filhos e enteados"? Só pode!

Se duvidam, olhem bem as fotos...

 
 
(porque não ficou este equipamento, junto ao espaço dedicado às crianças?)

 
Começou por ser "apenas" um carrocel; agora, é o que se vê!
Dra. Zalinda Campilho, tem algo a dizer sobre esta "ocupação selvagem"?
Pior servido, ficou um dos mais antigos patrocinadores das Festas... de cabeça para baixo!
 
(esta viatura, esteve longas horas estacionada sobre a relva e ninguém a mandou retirar ou rebocar...)

Bem, a apreciação já vai longa, por hoje; avancemos então para o "fim de festa", com o "fabuloso" artista ("presidente" dixit...).
Como ainda não havia tido acesso ao programa, não referi o nome da empressa que patrocina o espectáculo e que é o hipermercado Continente. Mas - há sempre um mas... - ou eu não sei fazer contas ou há "contas" que não batem certo!?
Ora, se o custo do espectáculo ascende a uns "míseros" 50.000,00 euros, e o Continente só "entra" com 30.000,00€, quem paga os 20.000,00 que faltam?
Pronto, acertaram: é mesmo essa "empresa" em que estão a pensar...


Publicado por rui.freitas às 02:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

15 comentários:
De Anónimo a 30 de Agosto de 2011 às 10:45
Pois é, mas ainda falta comentar como é que se consegue de uma ideia boa fazer tantas asneiras, falo do condicionamento do transito, então quem vem da Rua Costa Pinto e não é possuidor de "passaporte" não entra mas quem vem pela marginal ou pela rua ao lado do antigo cinema ja tem entrada franca, pergunto, para que serve o corte na Rua Candido dos Reis? Como é que é possivel cortarem a passagen das escadinhas que dão acesso da praça 5 de Outubro para o Jardim Marques de pombal? para apenas servir uns insuflaveis geridos por uma senhora com muito pouca educação? mas o que é mesmo giro é passarmos de carro ou a pé pela avenida Marques de Pombal e lêr na lona do palco que esta no coreto "Junta de Freguesia de Queijas" ( atencao que temos de ler pelo lado da estrada). A Dona das Festas anda pelas festas com um ar de arrogancia que assusta, nao se pode chamar a atencao que responde mal de imediato, o Patrao (perfeito anormal) parece um cachorrinho atras da dita, nao sabe o que faz nem o que fazer apenas saliva à passagem de uns elementos do sexo oposto,




De rui.freitas a 30 de Agosto de 2011 às 23:15
Caro Anónimo (30 de Agosto de 2011 - 10:45), começo por dizer-lhe que a dita senhora nunca escondeu a sua arrogância, ainda nem lhe passava pela cabeça poder vir a integrar o Executivo da Junta de Freguesia; sempre a conheci assim e com lugar que ora ocupa ainda piorou.
Todo o ser Humano deve primar por uma dose q. b. de humildade (bem diferente de submissão ou subserviência) e, no caso em apreço, ainda mais. Só que há sempre quem sinta ter "o rei na barriga", quando lhe é atribuído um lugar ou função que lhe permita alardear a verdadeira face que, por vezes, tentam disfarçar.
Só que deveria ocorrer precisamente o contrário, pois um Verdadeiro Autarca não é eleito para se servir mas antes para Servir quem o elegeu. Devia ser um prazer e uma honra, mas nem todos pensam assim, "subindo-lhes à cabeça" uma ânsia de poder que em nada o dignifica!
Quanto aos cortes/restrições de trânsito, também confesso não perceber o porquê das opções tomadas e muito menos acredito que tal decorra de "queixas" apresentadas por Fregueses, sabido que é serem as Festas mais do que centenárias. E, convenhamos: em que é que incomoda ou faz perigar os peões a passagem de viaturas ao longo da Avenida Marquês de Pombal? Os carros e roulotes dos Feirantes sempre estacionaram ao longo da avenida e, que eu saiba, nunca alguém teve a vida em perigo ou fez perigar a vida de alguém. Só deu azo a que alguns "conhecedores" mostrem como se sabem desenrascar, pois já vi um desses espécimes entrar pela Marginal, seguir pela Travessa do Forte de S. Pedro, descer pela Praça 5 de Outubro e, claro, continuar pela Avenida Marquês de Pombal...
Impedir o acesso pedonal entre a Praça 5 de Outubro e o Jardim, é outra calinada que ninguém entende. Mas "eles" é que sabem!
Quanto ao "Patrão", olhe que ele não se limita a "andar por aí", também faz "quartel-general" no ex-"Arte & Tapas", onde "confraterniza" com alguns colegas...


De Anónimo a 30 de Agosto de 2011 às 11:31
Bonito, durante o verao temos os ciganos a acampar na relva e ninguem faz nada, a PSP tem medo e a guarda pretoriana do isaltino tambem nada faz, mas no resto do ano se eu tiver com os meus filhos, sobrinhos ou outros pequenos a brincar na relva ja veem todos ter comigo e ate passam multas por "destruicao de propriedade alheia", agora na FEIRA , ja se pode fazer tudo, claro desde que se pague a "bula"


De rui.freitas a 30 de Agosto de 2011 às 23:25
Caro Anónimo (30 de Agosto de 2011 - 11:31), eu não referi no "post" que devem existir, certamente, "filhos e enteados"? Ora aí tem a resposta...
Nada tenho contra a etnia cigana, mas na verdade é confrangedor, sobretudo nos dias quentes de Verão, assistir ao "regabofe" como, displicentemente, muitos desses cidadãos abusam da relva que embeleza o jardim, ocupando-a com mesas, cadeiras, espreguçadeiras, tachos, panelas, abandonando depois latas, copos e pratos de plástico no local onde fizeram o piquenique...
Nunca fui apologista de que não se deve usufruir daquele espaço ou brincar com as crianças na relva, mas daí ao abuso vai apenas um passo e, aos abusos, contrapõe-se a autoridade, que várias vezes chamei a intervir sem qualquer receio. E olhe que nem por isso deixei de ser respeitado!
Permita-me fazer-lhe uma pergunta que é, ao mesmo tempo, uma suspeita: tem a certeza de que todos os participantes nas Festas pagam a "bula"? Lembre-se de que há "feirantes" e Feirantes. E os amigos são para as ocasiões, sendo eu quase capaz de apostar que alguns deles não pagam nem um "tusto"... Certo?


De Anónimo a 30 de Agosto de 2011 às 18:07
A dra. zc tem mais que fazer do que cuidar desse e de outros reparos que são férteis nos serviços que tutela, e apesar dei passar algum tempo na CMO, parte significativa desse tempo, passa-o a atualizar o facebook, a imprimir fotos-depois não se pode usar cópias a cores no serviço-, e outros compromissos sociais atendíveis, como ginásios-porque tem que se manter apelativa para os chefes e demais-, idas a discotecas e namoricos em que sempre foi fértil, não sobrando depois disponibilidade para tratar do lixo que parece crescer exponencialmente na via publica deste concelho e dos espaços verdes que se encontram votados a um abandonono crescendo, chegando ao ponto de já não proceder à sua rega em diversos espaços, e assim vai este concelho que outrora liderou em alguns aspectos importantes relativos a índices de qualidade de vida, e que hoje não passa de uma cópia desmaida desse passado.


De rui.freitas a 30 de Agosto de 2011 às 23:38
Caro Anónimo (30 de Agosto de 2011 às 18:07), custa-me sempre um pouco atingir de alguma forma a Técnica Zalinda Campilho, pois não esqueço as muitas vezes em que a "chateei" para solucionar problemas na Vila e no Jardim em especial. Mas não nego que também tivemos algumas divergências, sobretudo na altura das Festas e por razões de excesso de zelo (pelo menos, assim o considerei). Ainda estou à espera da prometida colocação de "moloks" no Largo Guilherme Gomes Fernandes. Ah, claro que já lá estão, mas isso ocorreu apenas após a tomada de posse do executivo iomafiano.
Por outro lado, bem iria a CMO (e os SMAS também, claro), se fosse apenas Zalinda Campilho a "passear" pelas redes sociais em horário de serviço. Veja que até há quem, igualmente em horário laboral, "comande o seu esquadrão" no "Mafia Wars", como já aqui referi há um tempo...
E, já agora que "ninguém nos ouve", sempre lhe digo que as visitas que mais tempo se detêm a ler ou pesquisar no "Pinhanços dixit..." são provenientes de IP's da Câmara Municipal de Oeiras; o recorde está em pouco mais de uma hora e numa só visita!
Quanto ao estado de abandono e desmazelo, visível nos espaços verdes e limpeza, enfim... são sinais dos tempos!


De Anónimo a 30 de Agosto de 2011 às 19:46
Ela é uma dos 3 mosqueteiros.


De rui.freitas a 30 de Agosto de 2011 às 23:41
É bem possível, é bem possível, Caro Anónimo (30 de Agosto de 2011 - 19:46), por isso terei de voltar a confirmar mais vezes quais os IP's dos visitantes deste "blog".


De Anónimo a 31 de Agosto de 2011 às 11:15
Na segunda foto ve-se mais uma "tasca" da FEIRA, o que eu gostaria de saber é se a mesma esta a ser explorada pelo CDPA ou se o Sr. Director de Sede anda abusivamente a utilizar o mobiliario e os funcionarios do CDPA para a sua "Tasca"? ou será da Junta de Freguesia com acordos com o Clube? ou então da Nova Morada com acordos? pois porque só assim se justifica o uso do que nao é nosso.
Quando as bandeiras da publicidade de uma marca de gelados estarem invertidas apenas se nota a ilitracia que a Dona da Feira tem, entao nao fiscaliza o que se faz?


De rui.freitas a 31 de Agosto de 2011 às 22:55
Caro Anónimo (31 de Agosto de 2011 - 11:15), um comentário preciso e pertinente, que pensei viesse a surgir mais cedo. Mas ainda bem que o fez!
Na verdade, quando alguma coisa nos "cheira mal", devemos tapar o nariz mas abrir bem os olhos, quanto mais não seja para percebermos de onde vem o "odor". E os casos que aqui refere são disso um excelente exemplo.
1.º - Tanto quanto soube, a dita "tasca" parece estar a ser "gerida" pela CHE Nova Morada; mas mesmo disso tenho dúvidas. Será do conhecimento de toda a Direcção ou...? Some 2 + 2 e diga-me: conhece alguém que esteja "ligado" às duas entidades que refere aqui? Ora vê!
2.º - De facto, para quem considera as Festas a sua "menina dos olhos" e as "coordena" (?) com tanta arrogância, deveria ter o cuidado de verificar se tudo está consoante a "fama" que tanto apregoa. O funcionário ou funcionários podem enganar-se - e até a dita-cuja não é infalível -, mas quem antes tanto criticou não deve correr o risco de deixar "pontas soltas",, sob pena do "feitiço se virar contra o feiticeiro".
Bem observado, sim senhor... ou senhora!


De Anónimo a 2 de Setembro de 2011 às 10:45
Bonito, a ser verdade gostaria de saber o porquê.
Corre de boca em boca ( portanto tem a validade que tem), que para o espetaculo de hoge à noite a Junta cedeu mais uns espaços em cima da relva, um para o CDPA por 100€ com as costas viradas para o palco e outro para um contentor de uma marca de cerveja, aqui é que ponho as duvidas, entao é a junta que vai explorar o dito contentor de cerveja? Faz concorrencia directa as restantes "tascas" que pagaram para venderem durante as Festas todas? Então a "dona" das festas ja se intitulou de Presidente das festas a alguns donos de embarcaçoes que estavam na praia velha e que foram deslocados sem que para isso tenham sido alertados, grande senhora, integra e honesta.
Atencao que digo Praia Velha, nao me interessa o que vem escrito na internet, ate porque se vier mal temos a obrigacao de corrigir e nao entrar em defesa do que esta errado como o "perfeito anormal" fez na ultima edicao do jornal do Padrinho.


De rui.freitas a 5 de Setembro de 2011 às 02:40
Caro Anónimo (2 de Setembro de 2011 - 10:45), o "boca em boca" que refere é rigorosamente verdadeiro... e não se limitou só a esses espaços; houve mais, com esplanadas montadas "à descarada" em cima da relva. Quanto à "concorrência", é já um hábito que vem de há anos, tendo começado por "nascer" dentro do rinque de patinagem, local onde nunca por nunca alguém havia sido autorizado a fazê-lo. E, para que saiba (está tudo aqui no blog), a Junta até pagou os barris de cerveja, com a condição de ser ressarcida se houvesse lucro. "Tá-se" mesmo a ver que nem apresentação de contas houve, não?
A polémica lançada pelo "perfeito anormal" é apenas para "consumo" de quem enfia carapuças e se deixa confundir. Eu próprio, que não "sou filho da terra" mas que adoro Paço de Arcos, sempre a designei assim e nunca por Praia dos Pescadores; existem a Praia Nova e a Praia Velha, ponto final...
Mas, repito, não estranhe o despotismo dessa gentinha; está-lhes no sangue, não há nada a fazer!


De Gerónimo a 2 de Setembro de 2011 às 14:56
Pois ainda não consigo perceber a vossa (de todos) indignação com o que se passa nestas tão queridas Festas.
É lógico que a Dona fará tudo por conseguir os seus objectivos, que é impor o seu cunho pessoal a umas FESTAS que nos são tão queridas. Agora que o consiga é outra coisa. No ano passado, depois de terem anunciado melhorias e grandiosidade, ficámos com os mesmo feirantes e as mesmas tascas de sempre, não havendo melhoria. Alias havia menos gente na Festa. Este ano lá fui à inauguração e ainda havia menos gente. As barraquinhas eram as mesmas, o artigo o mesmo, o abuso de ocupação permitida aos feirantes, o mesmo. Também reparei que a Dona andava praticamente a caminhar sobre agua (não é um trocadilho) de nariz arrebitado e dar a imagem de que esse grande evento (segundo ela) era obra sua e só sua. Nunca foi uma senhora simpática e afável , nem mesmo de nova e solteira, menos agora com o novo estatuto de separada e com mancebo novo.
É pena que esses ares de mulher trabalhadora não coincidam com a verdade do seu papel na nossa Junta, nem dela nem do executivo nem da cambada de pategos que se sentam na mesa de assembleia a acenar com a cabeça esquecendo quem realmente manda.
Viva as Festas!


De rui.freitas a 5 de Setembro de 2011 às 02:47
Caro Gerónimo, ainda bem que está de acordo comigo, quando diz que em 2010 não houve "enchente" e este ano muito menos (excepção feita, claro, ao espectáculo do "famoso" Tony, nas palavras do "perfeito anormal"). Eu também estive na inauguração (e noutros dias), andando perfeitamente de mão dada com a minha mulher, lado a lado, sem os encontrões e pedidos de desculpa de outrora.
À "dona das festas", como aqui referi, falta-lhe uma grande dose de humildade, pois quem abraça a causa pública não é (não devia ser) para servir-se mas sim para Servir. Isso é que marca a diferença entre o verdadeiro Autarca e o "autarca" ambicioso, razão porque este ano aumentaram os "enteados" e diminuiram os "filhos"; isto é, uns pagaram e bem para lá estar e outros... nada ou quase nada. Mas são todos "bons amigos". não são?
Faço coro consigo e também digo: Viva as Festas!


De Panfletaria a 13 de Fevereiro de 2012 às 15:20
Pior que estão todas as bandeiras da kibon de cabeça pra baixa rsrsrsrs. Isso é burrisse ou de proposito?


Comentar post

Sempre na hora certa
anti-corrupção
Visitantes desde Maio 06
Acordo Ortográfico
Prémios recebidos
ThinkingBlogger blog com tomates
Visitantes on-line
online
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Meteorologia
     
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS