Quinta-feira, 18 de Maio de 2006
Encerramento das Maternidades

00028yb5   "O melhor do mundo, são as crianças"

Fátima Ferreira levou à RTP 1, dia 16 (infelizmente, só assisti a uma pequena parte do programa), o candente tema do encerramento (ou não) de várias Maternidades em Portugal, com especial destaque para as de Elvas (Ai... Badajoz à vista) e Barcelos.
"Prós e Contras" à parte, achei que toda esta "embrulhada" é como que um remake do "Código Da Vinci", que hoje estreia no nosso País! Quanto mais "publicidade", melhor...
Não sendo Técnico de Saúde, limito-me a emitir a minha opinião pessoal sobre o assunto - como o fez, aliás, a minha companheira Dra. Manuela Ferreira Leite.
Começa por fazer-me alguma impressão, quando ouço dizer que "as portuguesas estão a raciocinar com o coração" e pergunto: mas não são elas que nos "trazem" a este desgraçado Planeta, as principais interessadas no tema?
Acaso o Sr. Ministro Correia de Campos as ouviu?
Outra coisa que me ficou no ouvido, foi a "quantificação" dos nascimentos. Menos de "X"... nã, já não pode ser, não compensa!
Acaso o Sr. Ministro Correia de Campos não tem vergonha de ser tão "redutor"?
Espantou-me, também, a posição do Sr. "His Master Voice", Dr. Luís Graça (do Hospital da Cruz Vermelha, onde nada, mas mesmo nada pode correr mal...), em vergonhosa atitude de vassalagem ao Sr. Ministro Correia de Campos!
Então a opinião da Dra. Blandina Gil já não conta para nada? Mulher e Médica!
Acaso o Sr. Ministro Correia de Campos acha que por haver boas auto-estradas (o tal "betão" de que acusaram o Sr. Prof. Cavaco Silva e o Sr. Ministro Ferreira do Amaral...), as parturientes já podem "aguentar" uns 50 ou 60 quilómetrozitos a mais?
Parece que os Bombeiros (coitados, sempre o elo mais fraco) ainda não sabiam para onde levar quem... "mas o (des)governo resolve"...
A mim, pessoalmente, não me chocaria que um(a) filho(a) meu(inha) nascesse em Badajoz, Espanha... Mas eu já estou como o outro Sr. Ministro: culpo D. Afonso Henriques. E quem não quiser que o(a) filho(a) nasça "ali ao lado"? Tem de fazer os tais "quilómetrozitos"; não?
E se as coisas derem para o torto, o Sr. Ministro Correia de Campos assume a responsabilidade? Não creio!
"Ainda sou do tempo" em que o ministro "Coelhone" se demitiu para "assumir" a queda da Ponte Hintze Ribeiro. Lembram-se? Pois é, a memória é curta, não? O que ele queria, era "pôr mão" no "aparelho" xuxialista, que estava a desmoronar-se!
Acaso o Sr. Ministro Correia de Campos ouviu, antecipadamente as opiniões dos Presidentes das Câmaras Municipais de Barcelos, Elvas, Lamego... ou otras?
Tudo para benefício da saúde e segurança das parturientes e nascituros... Diz-se!
Não morrem recém-nascidos em Hospitais Centrais ou em caríssimas clínicas privadas?
Sabe, Sr. Ministro Correia de Campos, a minha filha Sara (que hoje teria pouco mais de 25 anos), viveu sete minutos, graças a um "erro" de uma obstetra num Hospital Central (o da Cruz de Carvalho, no Funchal), "só" porque era um parto pélvico e a Sra. Dra. (acabadinha de estagiar) não soube lidar com a situação!
Dois casais amigos, perderam um filho e uma filha por "desleixo" em clínicas privadas!
Penso que também é grave querer fechar uma Maternidade que é pertença de uma Fundação!?
Mas, para um (des)governo que também tenciona "nacionalizar" as casas dos proprietários que não façam obras nas mesmas... Já acredito em tudo!
Fecham Centros de Saúde... O de Paço de Arcos, será equipado quando?
Fecham escolas a vosso bel-prazer...
Certo! Eu entendo que não é viável manter uma escola aberta para "meia dúzia" de alunos! Agora, atirar para as Autarquias a responsabilidade da sua deslocação, é que não posso aceitar! A menos que os Srs. cumpram com os vossos compromissos de transferências de verbas para as mesmas. O que não fazem!
Dizem as "sondagens" e a "propaganda", que Portugal está cada vez mais "cor-de-rosa". Isto é, tudo vai "melhorânnnndoooooo", como diria qualquer "compadre" alentejano (pessoas por quem tenho o maior respeito).
E assistimos a quê?
Contestação de quase todos os sectores sócio-económicos do nosso País: professores, todas as polícias (nos EUA - que nem são o melhor exemplo - assassinar um polícia "dá" pena de prisão perpétua ou pena de morte...), juízes, pequenos, médios e grandes empresários, alunos, associações de pais (nem sempre com razão, é verdade...), forças armadas, senhorios, inquilinos, agentes culturais, revendedores de combustíveis, consumidores de combustíveis, transportadores (aéreos, marítimos e terrestres), pescadores, armadores, agricultores... Enfim, para já não falar nos já poucos milhões de trabalhadores (descontando o recorde de meio milhão de desempregados que os Srs. dizem estar a diminuir... Ah! Ah! Ah!).
Demagogia? Não, Sr. Primeiro e Srs. Ministros!
Esta é a pura e dura realidade no meu País!
Esta das auto-estradas facilitarem as parturientes... é de bradar aos céus!
Sr. Ministro, terá a coragem de pedir desculpas a todas as futuras mães de Portugal?
Felizmente, sei que é habitual os governos "xuxialistas" fazerem marcha atrás, depois de tomarem "decisões irreversíveis", razão pela qual aconselho a todos um pouco de calma, cabeça fria e tomada de decisões sérias.
Como dizia o "outro": "fico chateado, claro que fico chateado", quando supostas comissões "idóneas" começam a responder... "Yes, Minister!"
Para terminar, respeito, naturalmente, todas as opiniões (comecei por dizer que não sou Técnico de Saúde...), incluindo a da minha companheira Dra. Manuela Ferreira Leite.
Mas, daí a fazerem "colagens" com outras opiniões, é que não.
Que eu saiba, quem emite opinião oficial do PSD é o seu líder ("ao lado" do qual estarei este fim de semana), o Dr. Luís Marque Mendes... ou quem estiver para isso mandatado!



Publicado por rui.freitas às 01:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS