Segunda-feira, 7 de Agosto de 2006
A "teia"... (*)

00056qgc

Quando, a 18 de Fevereiro, decidi criar o “Pinhanços Dixit”, não o fiz por rancor ou “revanchismo” de mau perdedor - como alguns dos meus detractores quiseram (e querem) fazer crer. Estavam (e estão) muito enganados! Basta ver o tempo que mediou entre o resultado das Eleições Autárquicas (9 de Outubro de 2005) e o aparecimento deste “Blog”... Mais de quatro meses!
Criei-o, com o único propósito de “chegar” ao maior número possível de leitores (especialmente da Freguesia de Paço de Arcos), pois a noção que tinha deste “mundo” era de que o mesmo costumava funcionar como “bola de neve”... Um Amigo conta a outro Amigo, este a outro Amigo e assim sucessivamente.
Porquê? Simplesmente, porque a “minha voz” (leia-se: Bancada do PSD na Assembleia de Freguesia) apenas se “ouvia em circuito fechado”, sem eco ou resultados práticos!
Chegara a “hora” de ir mais além, de ser “ouvido lá fora”, comentado e, até, criticado, se fosse caso disso.
Alguns Amigos (com “A” maiúsculo) já me chamaram a atenção para o facto de eu exercer “demasiada pressão” sobre os visados nas minhas críticas. Por mim - e apesar de reconhecer na Amizade o mais nobre dos sentimentos -, não o entendo assim, relembrando-lhes que, aqueles que me acusam de “mau perdedor” mais não são do que “péssimos ganhadores”, já que têm absoluta necessidade de “colar-me” esse e outros “rótulos” que apenas pretendem denegrir um trabalho sério, vertical, honesto e empenhado de sete anos e meio em prol da Freguesia e Fregueses de Paço de Arcos.
Só isso me “faz correr”... e nunca o “politicamente correcto” para agradar a “gregos e troianos”!
Pelas falhas, omissões e erros cometidos nestes 10 meses de mandato, não reconheço aos tais “visados” qualquer legitimidade para se insurgirem contra as verdades (e só as verdades) que continuo e continuarei a denunciar neste “blog” que pretendo “caseiro”, ou seja, prioritariamente virado para as questões que afectam (por excesso de ilegalidades ou inércia na acção) a Autarquia paço-arcuense e não só, contrariamente aos outros quatro que abaixo referirei e que visam o Concelho no seu todo.
Aqueles que me conhecem bem, sabem que “reajo muito com o coração”. Esse é, certamente, um dos meus principais “pontos fracos”... Não há nada a fazer!
Tudo isto já foi por mim escrito e descrito, não sendo esse o tema que hoje quero aqui abordar.
Quero sim dizer-vos, para começar, que este contacto mais estreito com a “blogosfera” me permitiu “abrir novos horizontes”, saber o que pensam e como reagem outros “blogueiros”, aprender e aperfeiçoar-me (duas coisas que sempre pautaram a minha vida).
Naturalmente, passei a dar “prioridade” à leitura - agora assídua - dos “blogs” mais directamente relacionadas com e sobre o Concelho onde vivo: Oeiras.
E, caros leitores, acreditem que, por estas bandas, a “blogosfera” está “ao rubro”, valendo quase tudo, no que aos comentários colocados diz respeito.
Sem pretender efectuar uma análise ou estudo aprofundados aos quatro “blogs” que mais me chamaram a atenção (embora outros refiram temas de Oeiras, mas com menos acuidade), digo-vos já que esta pode (e deve) ser considerada uma abordagem parcial... estou no meu pleno direito de o fazer.
E começaria exactamente pelo direito de cada um criar, manter e “alimentar” o seu “blog” sem qualquer interferência exterior... leia-se “censura”, aberta ou encapotada directa ou indirectamente.
Percebo o(s) “compromisso(s)” inerentes, mas tanto me faz que o “Um tempo novo” use, abuse ou teça loas na “defesa” dos poderes instituídos no nosso Município ou do ataque acérrimo e continuado ao Partido Social Democrata, aos seus líderes a vários níveis (especialmente ao Presidente do Partido) ou àqueles com quem discorda, pois dá-me assim razão para também exercer o direito à presente crítica!
Ou que o “Oeiras Local” opte por ser apenas uma “correia de transmissão” de pequenas queixas avulsas (justas, na sua maioria, diga-se) contra a Edilidade, sem nunca ter a coragem de buscar ou apontar o cerne do problema.
Como disse antes, qualquer deles está no seu pleno direito de seguir o caminho escolhido. Como eu escolhi o meu!
E se o “Cais da Linha” me tem merecido uma ou duas visitas diárias, mercê das posições que tem assumido (mau-grado algumas serem divergentes das minhas opiniões), que dizer então de um outro que - segundo me haviam dito já há largos meses -, tem “abalado” as estruturas do poder instituído no nosso Concelho?
Desse, confesso ser leitor muito assíduo!
Refiro-me ao “Políticopata”, esse “incontornável” crítico da actividade política do movimento IOMAF que suporta a Edilidade e não, necessariamente, da própria Autarquia.
Eu próprio, às vezes, dou comigo a “magicar” se devo levar a sério o seu autor (ou não?), pois tanto me “aponta” caminhos ínvios trilhados pelos responsáveis municipais, como “resvala” para “senderos” que nada têm a ver (aparentemente) com a Autarquia à qual pertenço enquanto eleitor.
Que fique bem claro que não conheço a identidade de qualquer deles (bem gostaria, no caso do Políticopata, sobretudo)... !
Pode ser que, um dia, “ele” se digne ler este meu “post” e, de duas uma: passarei a ser mais um dos seus “inimigos” ou (espero eu) um seu reconhecido e fiel leitor, que já não consegue passar um dia que seja sem aceder ao seu “blog” verrinosamente apetecível. “Fónix”!
Divirto-me “à brava” a lê-lo e a relê-lo... Confesso! Quem pode ignorá-lo?
Dizem-me alguns Amigos que, quem “manda”, anda desejoso de saber quem ele é!
Também eu gostaria de saber... Apenas e só para descobrir que “métodos” usa e que “fontes” utiliza, quanto mais não fosse para “engrossar” o número de visitas ao meu “despretencioso” “Pinhanços”...
Olhando a Lua (quase cheia) pergunto de mim para “comim”: quem é você, que tantos ânimos tem vindo a acirrar?
Diz você (e já me confirmaram que sim), que foi “censurado” e que está na “lista negríssima” de alguns ex-militantes do meu próprio Partido... hoje "transvestidos" de "verde alface"!
Pudera: tal como eu (desculpe-me a imodéstia), você não gosta de “engolir sapos” e muito menos “elefantes”. Custam a passar-nos pela garganta, não é?
Umas vezes “brejeiro”, outras “certeiro”; umas vezes “político”, outras “pata”, mas sempre na senda do “picador-mor” da Corte Oeirense, apenas “invejo” o número sempre crescente de visitas ao seu “blog”.
Qualquer dia, terá de confidenciar-me qual é o seu “segredo”. Ok?
Até lá, espero e confio que não esmoreça nem se deixe intimidar pelas pressões que, ao que me dizem, continuam a exercer sobre as suas intervenções!
Por mim, continuarei a “visitá-lo” as vezes que eu entender...
Estamos num País livre ou não?

(*) - “Teia”, “Rede” = Web (de World Wide Web, resumidamente conhecida pela sigla “www”)



Publicado por rui.freitas às 02:00
Link do post | Adicionar aos favoritos

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS