Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009
Oeiras votou... assim, porquê?

O "cenário" que vos traço aqui, é um dos muitos possíveis (haverá para todos os gostos) e a "leitura" que faço dos resultados indicados abaixo também, mas é a "minha leitura", a forma como entendo porquê o Partido Social Democrata, que em 2005, sozinho, ficou a escassos de 3.000 votos do IOMAF e, em 2009, coligado com o CDS-PP e PPM (note-se que não fui nem sou contra...), se quedou a cerca de 20.000!

Tentarei começar por clarificar aquilo que, ontem (às duas da manhã) e desde que se iniciou a pré-campanha, deixei nas entrelinhas.

Era minha intenção não me imiscuir nesta campanha, garanto-vos, pois de há longo tempo que vinha alertando (aqui e junto de algumas pessoas) para o total logro que as muitas tramóias, hábil e continuadamente preparadas, faziam antever. O PSD era "o" alvo a abater! Só quem não quis perceber é que não entendeu...

Por outro lado, muitos dos fiéis Companheiros com quem trocava impressões, partilhavam da mesmíssima opinião. O "circo estava montado"...

No entanto, não resisti - mais uma vez - ao apelo de um Amigo para que, neste blog, desse o apoio possível à "Coligação Mais Oeiras" e, muito em especial, à Dra. Isabel Meirelles, que apenas conhecia de "ouvir falar" como a "Senhora Europa".

Felizmente, tive o grato prazer de conhecer pessoalmente uma Senhora que, sem nada me exigir também, me deixou sempre à vontade para participar em quantas iniciativas entendesse e, mais ainda, para estar a seu lado quando achasse que o devia fazer. E fi-lo, discretamente, algumas vezes!

Tive o cuidado de o alertar para o caminho totalmente "minado" que iriam pisar e, infelizmente, não me enganei, sobretudo depois de conhecer os integrantes das várias listas aos Órgãos Autárquicos. Daí que lhe tenha dito, aberta e sinceramente, que aceitaria apoiar a Candidata proposta pelo PSD e apenas ela; o que foi aceite e cumprido, apesar de ter estado presente em duas apresentações de candidatos a outras tantas Freguesias: Cruz Quebrada-Dafundo (onde esse Amigo surgia em segundo lugar) e em Porto Salvo (a pedido irrecusável de outro Amigo), além da apresentação no Forte de S. Bruno e no Programa oficial em Paço de Arcos.

Foi apenas por ter dado a minha palavra (para muitos, coisa de somenos importância, mas não para mim), que publicitei as acções de campanha e as fotos (escolhidas) que entendi, já que - como atrás referi -, ao tomar conhecimento de quem integrava as listas à Câmara, Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia (as cinco que reportam à Comissão Política da Secção de Oeiras do PSD), fiquei totalmente esclarecido e estarrecido perante uma realidade que nem nas minhas piores conjecturas sopusera!

Em comentários que podem ser lidos neste blog (até ver, não pretendo utilizar a moderação prévia), em conversas com Amigos e Companheiros e até através de e-mails recebidos, fui continuadamente alertado, avisado e gozado, por estar a apoiar uma candidatura que não era a do PSD mas sim daqueles que "moviam os cordelinhos" e de há muito identifico como os "laranja-verde-alface". Aliás, aos "já conhecidos e identificados", juntaram-se ainda outros; uns, porque receavam mudanças a 11 de Outubro e queriam "resguardar-se", outros, porque acharam melhor seguir maus exemplos e estar de bem com Deus e o Diabo!

Soube, por exemplo, que algumas vezes foi sugerido a Isabel Meirelles que "não valia a pena ir a tal local ou bairro, porque... aí está ganho" ou, em contraponto, que "não vale a pena ir a esse bairro ou local, pois aí não temos hipótese, é tudo IOMAF"...

Assim se faz a contra-informação, a desinformação e se preparam as tramóias!

Desconheço os verdadeiros motivos porque Isabel Meirelles aceitou ser candidata à Câmara Municipal de Oeiras, sabendo todos nós que não foram o protagonismo e muito menos o "tacho" que a fizeram correr. É minha convicção que não precisa nem de um nem de outro!

Então, porquê? Não sei! Eu, no seu lugar, com as suas capacidades, com o respeito já conquistado nacional e internacionalmente, nunca teria aceite. Pelo menos, nas condições em que aceitou, com as listas que lhe impuseram e com os "sapos" que teve de engolir!

Fê-lo pelo PSD? Quero crer que sim, mas eu continuaria a dizer não!

Desconheço também se, com este resultado (apenas dois mandatos atribuídos), irá ou não aceitar Pelouros na Edilidade. Desconfio que não (mas isto é um "supúnhamos"...)!

Sendo certo que a candidatura independente obteve cinco mandatos (em 11) e, caso se confirme a minha suspeita de que Isabel Meirelles não assumirá Pelouros, com quem acham que o IOMAF fará coligação, acordos... chamem-lhe o que quiserem? Desta vez, não será com o PS, certamente! 5 + 2 = 7!

A culpa não é de Isabel Meirelles nem daqueles que, desinteressadamente, estiveram a seu lado.

De há muito que os Órgãos próprios do PSD estavam alertados (Distrital - percebe-se agora porque não agiu - e Nacional, que nunca reagiu).

Mas, os verdadeiros responsáveis estão na Comissão Política da Secção de Oeiras (os Militantes de Algés responderão pela sua Secção) e, a esses, pede-se-lhes um derradeiro "pingo de vergonha" e, naturalmente, a sua demissão e convocação de eleições livres!

Só que isso é pedir demais a quem não teve pejo - entre outras coisas - de avançar com a "candidatura" de Pedro Simões (que ainda acreditou no Pai Natal) e com os nomes dos cinco candidatos que mais lhes interessavam às Freguesias "deste lado" do Concelho e aos quais Isabel Meirelles não soube, não pôde ou não quis dizer NÃO!

Quem quer tomar a iniciativa de exigir responsabilidades e avançar com alternativa?

Por mim, entendo que o voluntarismo tem limites e o meu esgotou. Da próxima vez - se a houver - escolherei muito bem quem irei apoiar e em quem irei votar na nova caminhada que o PSD de Oeiras precisa urgentemente de iniciar!

Caso contrário, alguém que feche a porta e apague a luz....



Publicado por rui.freitas às 02:19
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

38 comentários:
De Paulo Lopes a 25 de Outubro de 2009 às 11:44
Meu caro anónimo,
Ou devo antes dizer, Meu caro cobarde,
Sim, porque em politica aqueles que se escondem atrás do anonimato, para atacarem os outros que sempre foram frontais para todos, mais não são que cobardes.
No partido em que milito e que porventura não é o seu, estou habituado a poder dizer aquilo que penso e democraticamente a ouvir aqueles que estão contra a minha opinião. Mas isso sempre com frontalidade e sem medo de represálias.
Quanto aos carros de som, digo-lhe que não sou contra a utilização dos mesmos em campanha por estarem demodé , mas sim porque considero de muito duvidosa utilidade a sua utilização actualmente.
Relativamente aos brindes e uma vez que está tão bem informado sobre o que se passou em reuniões da campanha da coligação Mais Oeiras, é porque muito provavelmente participou nas mesmas, deve saber que fui contra a utilização dos brindes na nossa campanha principalmente por razões financeiras e não outras como quer dar a entender no seu comentário.
A cobardia normalmente está associada à mentira, e só por isso percebo que se esconda atrás do anonimato, pois só assim pode mentir tanto em tão pouco espaço.
É bom que se lembre também, quem foi aquele que tanto insistiu para que a Isabel Meirelles passasse horas fechada em dezenas de serviços municipais, onde além de falar com dirigentes municipais e presidentes de empresas municipais, que mais não eram que apoiantes do IOMAF incluindo o próprio mandatário do IOMAF , nada mais lhe foi permitido, como o de visitar livremente as instalações e falar com os funcionários, de forma a que essas visitas fossem realmente úteis para a candidatura . Se calhar foi você!!!!
E quanto a boicotar a campanha, tema que o persegue há já muito tempo, não o ouvi falar dos candidatos que pura e simplesmente teimaram em não aparecer durante toda a campanha. Esse é um tema que se calhar não lhe convém comentar
Não posso acabar, sem lhe desejar as maiores felicidades politicas em Oeiras e na CMO .
Por mim saí da campanha de Oeiras, ao lado da Isabel Meirelles , de cabeça bem erguida e com muitos novos amigos, que apesar das divergências que possam ter existido entre nós na campanha, sempre mantiveram um diálogo honesto e frontal comigo. E isso para mim é o mais importante.


De rui.freitas a 26 de Outubro de 2009 às 00:55
Caro Amigo Paulo Lopes, ainda bem que "anda por aqui" e decidiu responder ao "valente" anónimo que o atacou. De facto, para estar tão bem informado, só pode ter feito parte da equipa da própria Campanha.
Ainda bem que esclareceu muito melhor outra situação já aqui referida em comentário. O caso do "sr." que praticamente "sequestrou" a candidata Isabel Meirelles em "gabinetes" que lhe interessavam; o que eu desconhecia, era que o "sequestro" foi ao ponto de lhe coarctar a liberdade de falar com quem queria e entendia. Assim, sempre garantiu mais "confidencialidade" e menos votos no partido a que diz pertencer...
Mas, ó Paulo, alguns candidatos não terem aparecido, se calhar, até foi um favor, não acha? Isto, se estivermos a pensar nas mesmas pessoas!
Apesar de discordar parcialmente de si (alguns brindes, são úteis para fazerem as pessoas/eleitores recordarem), não duvido da sua capacidade e experiência nessas lides. Quantas já foram, incluindo as do Prof. Aníbal Cavaco Silva?
O problema para "essa" gente, são os que continuam a manter a cabeça bem erguida, coisa que os ditos desconhecem o que é, de tanto se vergarem.
Deixe-os lá!


Comentar post

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS