Domingo, 19 de Dezembro de 2010
Morreu José Correia dos Santos

O último dos "Cinco Violinos", Correia dos Santos, faleceu esta madrugada, aos 84 anos de idade.

Encerra-se assim, infelizmente, um ciclo incomparável no hóquei em patins português e em especial no Clube Desportivo de Paço de Arcos, cuja camisola sempre envergou sem nunca a ter trocado por outra.

Pelo CDPA, foi oito vezes campeão nacional e, por Portugal, conquistou seis campeonatos do Mundo (o primeiro dos quais em 1947) e outros tantos da Europa; foi capitão da Selecção Nacional de Hóquei em Patins, e com Emídio Pinto, António Raio, Edgar e seu primo Jesus Correia, formou esse brilhante grupo "baptizado" como os "Cinco Violinos".

De entre as muitas justas homenagens que recebeu, permito-me destacar o prémio "Alto Prestígio" (a distinção com mais alto significado atribuída pela Confederação do Desporto e que é sempre subordinada a um tema escolhido anualmente para a Gala do Desporto, sendo na edição do ano 2008 "O Amor à Camisola") e, mais recentemente, galardoado como um dos "Cem Atletas do Centenário da República".

A 7 de Dezembro de 2000, tive o privilégio e a honra de lhe entregar a Medalha de Honra da Freguesia de Paço de Arcos - Grau Ouro, aqui documentada.

O seu corpo esteve em câmara ardente na Capela mortuária de Paço de Arcos, saindo o funeral amanhã, pelas 11 horas, para o cemitério de Oeiras.

Aos seus familiares ainda vivos, endereço os meus mais sentidos e respeitosos sentimentos.



Publicado por rui.freitas às 22:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

24 comentários:
De Luis a 21 de Dezembro de 2010 às 17:59
Foi muito emotivo ver chegar à câmara ardente da igreja de Paço de Arcos a representação de Executivo da Junta de Freguesia de Paço de Arcos, os senhores e senhoras lideres de bancada, o presidente da mesa de Assembleia e o representante da Câmara Municipal de Oeiras. Mais emocionante ainda foi o terem colocado um estandarte com a bandeira de Paço de Arcos, de Oeiras e do CDPA . Emocionou-me ainda a bandeira a meia haste na Junta e o terem apagado a musica das ruas durante a saída do corpo a caminho do cemitério. Posso dizer que neste momento sou um homem emocionado e orgulhoso do nosso governo local.
Não posso estar orgulhoso, mas sim enojado e doido, porque nada disto aconteceu. Vergonhosamente, tudo isto não passa de situações que deveriam ter acontecido para honrar um amigo e uma figura de vulto e emblemática da nossa terra. Este homem sim merecia todas as honras e medalhas que lhe possam ter sido atribuídas Este homem deixou o nosso nome em alto e colmou-nos de orgulho. Este homem não precisou de tachos na CMO ou nos SMAS , não precisou de ofender os amigos de Paço de Arcos nem de se enjeitar com o seu povo. Este homem era um dos nomes que fazem de Paço de Arcos aquilo que é e que esta cambada de sacanas tudo fazem para mandar para o esquecimento. Consolo, é que destes filhos da sua senhora mãe, ninguém se vai lembrar com carinho e respeito. Agora lá ira o Nicha pedir minutos de silêncio na próxima Assembleia para tentar limpar a bela porcaria que fizeram, ou que não fizera. Vergonha nessa cara meus senhores. Reles é o mínimo que se me apraz chamar-lhes.
Que vergonha!


De NOÉ a 22 de Dezembro de 2010 às 22:36
Vergonha é coisa que a IOMAFIA não tem...


De rui.freitas a 24 de Dezembro de 2010 às 17:33
Está mais do que provado..., Caro Noé!


De rui.freitas a 24 de Dezembro de 2010 às 17:31
Caro Luís, quando iniciei a leitura, senti-me tentado a fazer um "mea culpa" e publicar um "post" elogioso; depois, caí em mim e percebi que ninguém muda assim tanto de um dia para o outro. É o Executivo e a Assembleia - mais o CDPA - no seu melhor!
Aos dois primeiros órgãos, lembro e aconselho a leitura do Regulamento de Atribuição de Medalhas, aprovado em Assembleia de Freguesia ainda presidida por Manuel Rodrigues André e que refere algo parecido com isto: "sempre que ocorra o falecimento de uma personalidade a quem foi atribuída a Medalha de Mérito da Freguesia, o Executivo enviará uma coroa de flores e far-se-á representar na cerimónia fúnebre" (...)!
É claro que ninguém é obrigado a saber que Freguês morre diariamente. Mas, também é verdade que estamos a falar de cinco membros do Executivo e 13 da Assembleia... E ninguém soube de nada? Ninguém ouviu um único comentário na Freguesia? Impossível!
Eu nem ando por cá com a frequência que gostaria e soube, quanto mais quem tem "olheiros" pela Vila. Ou será que só vêm o que lhes interessa?
Se calhar, é isso!


De rui.freitas a 24 de Dezembro de 2010 às 17:32
Desculpem: esqueci que a Bandeira da Freguesia também deve ser colocada a meia-haste!
Mas, ler regulamentos e leis dá trabalho, não dá?


De Anónimo a 29 de Dezembro de 2010 às 11:07
Caro Sr. Moderador,
Ontem na sessão da Assembleia de Freguesia foi feito o repudio/desmentido do que aqui foi relato sobre a presença ou não dos membroas da JF no funeral.
Pelos vistos as coisas não se passaram com aqui foi relatado:
- Diversos membros do executivo estiveram presentes;
- As Bandeiras estiveram a meia haste;
- O Presidente da Junta esteva ao funeral tendo acompanhado o cortejo funebre até ao cemiterio.
A bem da verdade se faz este post...
E.T. Poderemos não estar de acordo com a atuação da JF (tambem tenho criticas a fazer), porem temos que ser verdadeiros.
Nota adicional: Quem fez o desemntido/repudio foi o Presidente da Assembleia.


De rui.freitas a 30 de Dezembro de 2010 às 01:40
Caro Anónimo (29 de Dezembro de 2010 - 11:07), não sendo eu "moderador" mas sim administrador do blog, sempre quero dizer-lhe que o pedido de rectificação não me deve ser dirigido, já que não é (são) de minha autoria o(s) comentário(s) que referem as ausências.
Este comentário (e não post), merecia ser assumido e não feito anonimamente; assim é que tinha sido correcto, mas algo o impediu de divulgar a sua identidade (vá-se lá saber porquê?).
Folgo em saber que, mais uma vez, o "Pinhanços dixit..." acordou consciências e foi tema de outra sessão da AF de PA. Ainda bem!
Agradeço os esclarecimentos!
E, já agora, quanto à música: foi ou não silenciada durante a passagem do féretro?


De Anónimo a 30 de Dezembro de 2010 às 10:26
Caro Sr.
Ser administrador do blog está implicito a função de moderador.
Dirigi-me a si enquanto administrador/moderador porque no seu post teceu comentarios de apoio e critica a eventual actuação da JF que, não sendo verdade, pelas afirmação do Presidente da Assembleia, entendi fazer o post em causa.
Este post é assumidamente anonimo, como tantos outros, porque daí não vem mais ou menos credibilidade. Estranha-se, portanto, que ache mais seria mais correcto um identidade. o Sr. tem dado creditos a outros post anonimos....
Por outro lado, apenas e só fiz eco de uma declaração publica de repudio às inverdades que circulavam (não necessáriamente atraves do seu blog), revelando as fontes e as circunstancias em que foram feitas tais declarações.
Como é obvio, nada sei sobre a musica. Essa questão terá que apurar...


De rui.freitas a 31 de Dezembro de 2010 às 03:05
Caro Anónimo (30 de Dezembro de 2010 - 10:26), em primeiro lugar, dizer-çhe que está no seu pleno direito em não revelar a identidade e comentar como anónimo... outros fazem-nos também, como refere! Não vem por aí qualquer mal ao mundo.
Isso só lhe prova (e a quem duvidar) que este "blog" não accionou a moderação de comentários, razão porque não me considero "moderador".
Os comentários que teci, foram baseados em informações aqui expressas por outros comentadores habituais; do mesmo modo que, ao que diz, outras inverdades circularam por Paço de Arcos (não necessariamente através do meu blog). Fico mais descansado!
Se o Nicha afirma não ser verdade o que aqui foi escrito, lá terá a sua razão, não devendo no entanto esquecer que, se calhar, não sabe (porque não lhe dizem) tudo o que se passa pelas bandas da Junta...
Pronto: a terminar, alguém poderá confirmar se a música foi desligada ou não ? Por favor!
Só para mantermos tudo em pratos limpos. Pode ser?


De Anónimo a 31 de Dezembro de 2010 às 12:37
Desejo-lhe um BOM ANO de 20100


De Anónimo a 31 de Dezembro de 2010 às 12:38
Correcção: 2011


De Luis a 31 de Dezembro de 2010 às 17:47
Permitam-me fazer um comentário a este comentário.
"Por outro lado, apenas e só fiz eco de uma declaração publica de repudio às inverdades que circulavam (não necessáriamente atraves do seu blog), revelando as fontes e as circunstancias em que foram feitas tais declarações." Ora, se circula esta informação e não só pelos comentadores deste blog, alguma verdade terá, não? Ou alguém acredita que assim de repente surgem vários pontos de informação, de diferentes pontos e todas concordantes? A mim parece-me difícil que aconteça, mas pronto, será assim. Teorias da conspiração? deve ser. Ou talvez exista muita gente que não acredita em nada do que saia de certas bocas.
Já agora, o Nicha tem a certeza absoluta d que disse na tal assembleia? ou só disse o que achou que tinha que dizer. Fica a pergunta.


De Luis a 31 de Dezembro de 2010 às 17:40
Como fui eu que fiz o comentário, aqui estou para responder.
Não sei o que terá dito o Nicha na Assembleia porque não estive presente, mas eu que assisti a ambos velórios (também ao do Chico Arrolha) sei o que vi ou não vi.
Musica? nunca foi desligada.
Lamentavelmente ao velório e funeral do Chico não apareceram mais do que uma dúzia de pessoas e todas elas amigos que lamentaram profundamente a morte de tão grande ser humano. presenças oficiais. não havia.
No tempo que permaneci no velório do Zé, não apareceu ninguém que comparecesse de forma oficial e tive o cuidado de perguntar se por lá tinha aparecido "alguém". A resposta foi negativa. Se hastearam a bandeira foi à ultima da hora e em honra do Zé porque o Chico não teve direito a nenhuma honra .
Não tenho por costume fazer comentários carregados de mentiras, e se por algum motivo os meus timings e dos das entidades oficiais não coincidiram, nem com outros amigos a quem perguntei, então lamento e peço desculpa se assim foi.


De rui.freitas a 1 de Janeiro de 2011 às 04:29
Amigo Luís, a morte de um Homem Bom é um pouco a morte de uma parte denós; seja ele um "herói" ou um mero cidadão. Francisco Estêvão (Xico Arolha) insere-se em que âmbito?
Tenho para mim (mas sou suspeito, porque seu Amigo) que abarca ambas as situações. Merecia igual tratamento paço-arcuense, que foi e se orgulg«hava de ser.
Lamento ambas as perdas da nossa Freguesia e pergunto: por quem os sinos dobram?


De Luis a 2 de Janeiro de 2011 às 16:16
Caro amigo, a esta pergunta de Ernest Hemingway a resposta será certamente: por nós, os que aqui estamos entregues à bicharada e à anormalidade.


De Anónimo a 26 de Dezembro de 2010 às 22:23
diga lá andou em paço de arcos neste dia, é porque se andou estava cego porque as bandeiras estavam postas, a meia haste respeitando a memoria deste SENHOR , antes de falar abra os olhos


De rui.freitas a 28 de Dezembro de 2010 às 00:14
Caro Anónimo (26 de Dezembro de 2010 - 22:23), nesse preciso dia (domingo, não segunda-feira)), até andei por Paço de Arcos, mas não passei pela Junta. Se reparar, verá que eu escrevi isto: "eu nem ando por cá com a frequência que gostaria" mas, caso a bandeira da Junta tenha estado a meia-haste, fica o meu pedido de desculpas. Quem a hasteou ou mandou hastear, apenas cumpriu o Regulamento e o seu dever...


De Luís a 28 de Dezembro de 2010 às 00:59
Não sei qual de vocês, fabulosos 5, mandou finalmente colocar a bandeira a meia haste, mas quando passei para ir ai velório , não estava. Finalmente foi colocada? boa, não fizeram mais que a vossa obrigação. De resto nem você nem ninguém do executivo compareceu ao velório , nem à saída do corpo nem ao funeral . Nem sequer houve representação feita pelo Nicha , nem pelos membros da assembleia. Quando andaram a pedir votos, deveriam ter pensado que os lugares cobiçados acarretam algumas responsabilidades e por isso agora não há desculpa para não as cumprirem.
Não se preocupe que os meus olhos e os dos demais moradores de Paço de Arcos já estão mais que abertos, assim que poupe o trabalho.


De Luis a 28 de Dezembro de 2010 às 01:07
Finalmente algum de vocês, fabulosos 5, mandou hastear a bandeira? que bom, não fizeram mais que a vossa obrigação. Quando passei para ir ao velório, não estava hasteada, se o fizeram depois, só lhes fica bem.
Mas de resto, aparecer na capela, à saída do corpo ou ir ao cemitério, nem o fizeram nem se fizeram representar. E era vossa obrigação, prestar homenagem a quem sempre fez o que vocês não fazem nem nunca farão, que é amar Paço de Arcos e honrar esta terra.
Nem sequer tiveram a decência de apagar aquela horrorosa e repetitiva musica que escolheram para nos atormentar nesta data. Era o mínimo que deveriam ter feito. Definitivamente nessas cabeças ocas não entra mesmo nada.
Continuam iguais a si mesmos, a fazer bosta da grossa.


De Respeitador a 25 de Janeiro de 2011 às 18:01
Sr. Rui Freitas Não querendo tomar medidas drasticas em relação ao escriba do seu BLOG com o nome "Luis" o que duvido ou apresentando o mesmo como pseudonimo...!! Vou sugerir ao Sr. com criador do Blog e sendo amigoo!! do escriba que utiliza tal NOME proprio ...!! Que se identifique na sua MAIOR dignidade do ser HUMANO que é a verdade e não andar encoberto pelas nuvens da cobardia . O que quero dizer /sugerir ao Sr. ou bloqueia este escriba pelo seu IP. Ou solicita ao mesmo que se apresenta da VERDADE quem se trata ..!! Ou istó passa ao campo seguinte ....que penso que o Sr saiba e o escriba tb saiba ...!!!.....Se o Sr quizer solicitar o seu email pessoal terei todo o prazer de me encontrar consigo pessoalmente ai fim de termos uma pequena conversa . Fico aguardando noticias .


De Luís a 27 de Janeiro de 2011 às 14:20
Caro Rui, como soube que tem estado atrapalhado de saude, começo por lhe desejar as melhoras.
Ora aqui temos uma coisa daquelas que não lembra a ninguém, um Respeitador (não deve ser nome proprio) vem exigir que eu me identifique quando ele(?) ora usa este nome ou "o que me deram" ou é anónimo para chamar bipolar ao nosso amigo JCB. Então quem anda oculto pelas nuvens da cobardia e não se identifica na sua dignidade de ser humano? É que no meu cartão de cidadão e no meu passaporte, o nome Luis aparece. Será que no deste comentador aparece Respeitador? não deve aparecer.
Está muito ofendido porque me atrevo a contar o que ouço nas nossas ruas e vejo no meu trabalho? Fica ofendido porque tenho amigos que me contam o que se cozinha dentro de sertos grupos politicos? ofende-o o facto de ter opinião e estar eu ofendido porque quem deveria fazer não faz? Será que em democracia não se pode um homem insurgir e pedir contas, pedir explicações e informar o que sabe? pelos vistos, segundo este Respeitador, não podemos. Está ofendido? temos pena! Eu estou lixado com o Respeitador "o que me deram" porque desperdiçou já um ano das nossas vidas e nada fez para honrrar a confiança que alguns em vós depositaram.
Então se sabia que eu sou o JCB porque anda outra vez à minha procura? então não sabia nada, anda a pescar para ver se me cala.
Tenho que proteger o meu posto de trabalho e sustento da minha familia, senão ao lado de Luís colocava também o primeiro nome e o meu apelido.
Mas meu caro Respeitador, se acha que o que tenho dito está errado, venho e coloque o seu nome verdadeiro e refute cada post que eu fiz até agora. Os meus, o do Rui de Freitas, e os de tantos outros tantos fartos de aturar a sua natural estupidez e Perfeita Anormalidade. Passe Bem e um bom ano


De Fernando Reigosa a 23 de Dezembro de 2010 às 20:39
Compartilho a revolta dos que dão a cara e dos que não dão a cara. Não sou nado e criado em Paço de Arcos, mas já por cá ando há perto de sessenta anos. Nunca fui praticante de hóquei em patins, mas vibrei, hoje menos, com as conquistas daqueles que souberam honrar a camisola branca, e mostrar esta terra ao mundo. Não percebo o divórcio dos que têm o dever e a obrigação de pugnar pela história desta Vila e do País, da ambição popular de ver consagrados, de algum modo, a(s) história(s) dos 'heroísmos' dos nossos (vossos) antepassados.
Não me parece, no entanto, que é ofendendo uns ou outros, que resolveremos o problema da visibilidade merecida. Antes unindo esforços, onde quer que seja, para exigir á Câmara Municipal de Oeiras, á Junta de Freguesia de Paço de Arcos e ao Clube Desportivo de Paço de Arcos, Entidades primeiramente responsáveis pela não tomada de medidas que lhes são exigidas. Refiro-me em concreto a um museu do Hóquei Patinado de Paço de Arcos, que, como diria o poeta, deu mundos ao mundo".Seguramente que as palavras bonitas que tradicionalmente os responsáveis propalam nestas ocasiões, como foi o caso, não servem para nada, leva-as o vento. E eu não vou ter grandes condições para explicar aos netos e outros o que, de facto, significou tamanha epopeia. Tenho escrito algumas vezes no 'blog "Os Bardinos"', esta mesma opinião; nunca tive qualquer reacção. Estará tudo acomodado? Ou será mais simples para aliviar a consciência disparar em todas as direcções?
Já ofereci a minha ajuda (e sei que tenho uns quantos atrás de mim) para o que fôr necessário construir nesse sentido. Compete a uma qualquer Entidade aproveitar as ajudas para dar o pontapé de saída, e não pensem em comissões independentes e ´balhanas' do género porque (sei de experiência própria) sem´chapéu de chuva´as 'pernas ficam curtas', e também porque, tanto quanto julgo saber essa figura já terá sido tentada aqui, algo recentemente, sem resultados.
Disponham, mas sejam construtivos em vez de parecerem ´comadres desavindas'.


De Vitor Martinez a 23 de Dezembro de 2010 às 21:07
Fernando,

Infelizmente aqui por esta terra tem sido, durante estes mais de cinquenta anos que por aqui estou e em que adoptei Paço de Arcos como a "minha terra", tem sido, dizia eu, sempre, mas sempre, mas fácil dizer mal, criticar por criticar, disparar a torto e a direito, que meter ombros e avançar para "fazer obra"!
Penso mesmo, que será um mal congénito, que ataca ferozmente alguns fregueses desta linda vila, que se acham deveras iluminados, mas que quando procurados para "fazer obra" fogem que nem coelhos assustados, refugiando-se muitas vezes no anonimato, para, depois das coisas acontecerem (ou não), virem com a língua ou a caneta afiadas e disparar em todas as direcções!
Também acho que Paço de Arcos e concretamente o CDPA mereciam, mais que qualquer outro local ou clube deste país, um MUSEU DO HÓQUEI EM PATINS, não só pela história do CDPA, como pelas figuras de estatura mundial que por lá passaram (e ainda passam!).
Se esse projecto um dia arrancar, aqui fica o meu compromisso no sentido de, se assim os seus promotores o desejarem, me disponibilizar para ajudar no que for preciso, para que se possa chegar ao um "final feliz"!
Não precisa de ser um projecto megalómano, longe disso, mas sim algo que faça com que as gerações vindouras não esqueçam Homens e Desportistas como o Jesus Correia, o Correia dos Santos, o Emídio Pinto, o Vilaverde, o Virgílio, entre outros que seria exaustivo agora aqui mencionar.
Para já, e para todos, um Feliz e Santo Natal!
Vitor Martinez


De rui.freitas a 24 de Dezembro de 2010 às 17:48
Amigos Fernando Reigosa e Vítor Martinez, agradeço, em primeiro lugar, as opiniões expressas neste "blog", que também é vosso, na qualidade de paço-arcuenses "adoptados", como eu fui há precisamente 30 anos.
Mas tenho que lembrar-vos que este "Pinhanços" "nasceu" duma necessidade política de fazer ouvir a minha voz (e a do meu Partido) na Assembleia de Freguesia, nos idos de 2005/2009, sob pena de estar a falar em "circuito fechado" para meia dúzia de Fregueses, habituais frequentadores dessas Assembleias. Isto, para vos dizer que o "Pinhanços dixit..." terá sempre uma componente política.
Aqui, o comentário é livre, não moderado e muito menos censurado, razão pela qual se sobrepõe, naturalmente, a componente política... Porque é disso que se trata.
Como é possível - expliquem-me - que 18 eleitos (Junta e Assembleia), mais não sei já quantos funcionário(a)s e muitos mais "olheiros" não têm conhecimento do falecimento duma personalidade de tão grande peso na Freguesia, como foi Correia dos Santos?
Como já escrevi aqui, eu próprio, que "ando menos por aqui" do que gostava, soube ao final do mesmo dia e, na Junta e Assembleia ninguém soube de nada?
E, sabendo, não reagiram em conformidade com a decência e bom-senso? É impossível, meus amigos!
Claro que Paço de Arcos - mais do que qualquer outra Freguesia ou Município português - merece ter um Museu do Hóquei em Patins; Claro que o Clube Desportivo de Paço de Arcos também não está isento de "culpa" na omissão à morte de José Correia dos Santos.
Não pretendamos é "passar um pano" ou escamotear a responsabilidade de quem devia ter prestado digna homenagem a um Homem e não o fez...


Comentar post

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS