Sexta-feira, 30 de Setembro de 2011
Tarde e mal...

A detenção, por quase 24 horas, do presidente da Câmara de Oeiras, ocorreu, foi um facto. Tal como a ordem de libertação do Tribunal, com base da Lei. Nada a obstar, salvo não se entender como e porquê se "mete a pata na poça" desta maneira tão "inocentinha" e que, certamente, dará lugar a uma indemnização a pagar por todos nós.

Não foi uma detenção por razões políticas, todos o sabemos, mas não resisti a tentar ler o que "pensava" o presidente da Concelhia de Oeiras do PSD. Teria aproveitado este "caso" para se demarcar politicamente? É claro que já antevia a resposta! Aos "quesitos, disse nada..." e o que disse, disse-o tarde e mal; nada dizendo!

 

 

E, aqui, foi mesmo... Nada de nada!



Publicado por rui.freitas às 19:14
Link do post | Adicionar aos favoritos

De Os 3 Mosqueteiros de Oeiras a 4 de Outubro de 2011 às 13:48
Olhando para este pequeno PSD-indígena e para o pequeno ministro que ontem, no "Prós e Contras", perante o real poder da Nação desde a dinastia de Avis, se comportou com uma arrogância e vacuidade extremas, é de nos perguntarmos se este novo poder, que tão indulgentemente tem sido aceite pelo povo, não passa, afinal, de uma versão transformada do poder socretino, com sede em Berlim. Tudo indica que sim.


De ABEL a 4 de Outubro de 2011 às 14:01
Dou-lhe razão e utilizando uma expressão do Rui parece que vamos de mau a piao. A Dilma já disse que mais austeridade não resolve, vamos ver se alguém a ouve.
P.S.D: A reforma à lei eleitoral autárquica é mais um perfeito disparate. Só de devia reduzir o nº de Veradores e acabar com Adjuntos e Chefes de Gabinete. O resto devia ficar igual exceptuando algumas fusões de Municípios e o fim da inerência dos Presidentes de Junta nas Assembleias Municipais Isto sim era mexer na gordura e ter coragem.


De rui.freitas a 6 de Outubro de 2011 às 00:37
Caro Abel (4 de Outubro de 2011 - 14:01), quem não sinta a pressão do aperto ora imposto, é concerteza quem contribuíu ou ajudou a contribuir para o estado calamitoso do Estado que Sócrates nos legou. Alegres e contentes (quando alguns "sinais" já eram visíveis) uma ampla maioria de portugueses deu-lhe de novo o voto de "confiança", do qual ele usou e abusou, endrominando-os a todos (ou quase todos).
Vamos de Mao a Piao? Vamos; ainda vamos por mais algum tempo e, Caro Abel, não é comparável a situação de Dilma Russef (a grandeza territorial, industrial, natural, petrolífera, aquífera, etc... do Brasil) com a de Passos Coelho.
Não o cenheço bem, mas acha que PPC está feliz e contente por apertar cada vez mais o cinto aos portugueses, como você, como eu...? Estou certo de que não. Mas que deve ele fazer? Entrar em incumprimento e dizer à "troika": obrigadinho pelos milhões e, agora, passem muito bem!!!???
Concordo e discordo de si, quanto à nova Lei Autárquica; curiosamente, até discordo de uma concordância sua; a de diminuir o número de Vereadores. Porquê e para quê? Porquê não implementar o indicado por Marques Mendes? Executivos monocolores, não; sim a dar a maioria de Vereadores ao partido, coligação ou movimento que vencesse as eleições. Isso, sim, concordo sem qualquer dúvida e já o defendo há muitos anos.
Concordo, obviamente, com extinção de muitas empresas municipais, com a redução de chefes de gabinete, assessores/as, secretáras/os, adjuntos, adjuntos de adjuntos, secretários de secretários e até, porque não (não vem mal ao mundo), extinguir as inerências dos presidentes de Junta nas AM's. Aqui, com um parêntesis: não seria isso um "atentado" às populações que elegeram esses autarcas e que neles vêm uma forma de pressão sobre as Câmaras? É que nem todos são "da mesma cor" e isso respalda o presidente de Junta, quando se trata de exigir mais e melhor à Edilidade.
Já agora, não sei a sua opinião no que concerne à redução de Juntas de Freguesia e extinção ou fusão de Câmaras Municipais!?
Concorda, por exemplo, que o Município de Barcelos englobe (http://www.cm-barcelos.pt/autarquia/freguesias) 89 FREGUESIAS?
Concorda que continuem a existir Municípios com menos população do que certas Freguesias? E Freguesias com menos de 500 eleitoes? Para quê? Que capacidade reivindicativa têm perante a Edilidade a que pertencem?
Não se trata apenas de uma questão de poupança e, por isso, a minha resposta aos três casos que apontei é: não, não e não!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS