Quinta-feira, 10 de Novembro de 2011
Jorge Paulo em entrevista ao "I"

(Foto: António Pedro Santos)

"O candidato à distrital do PSD de Lisboa avisa que, se os militantes não forem envolvidos no debate, podem não aceitar a austeridade do governo".

Ler AQUI

Nota: tomo a liberdade de destacar as palavras finais da entrevista concedida ao jornal "I", por Jorge Paulo:

"Esses (maus) exemplos devem obrigar-nos a ser mais exigentes e a não trocar as convicções por conveniências. É o que tenho feito e na política tem de ser assim."



Publicado por rui.freitas às 01:46
Link do post | Adicionar aos favoritos

De Diogo a 10 de Novembro de 2011 às 21:15
«"O candidato à distrital do PSD de Lisboa avisa que, se os militantes não forem envolvidos no debate, podem não aceitar a austeridade do governo"»

Bom, resta-nos rogar a Deus que os militantes não sejam envolvidos no debate!

Agora mais a sério, austeridade porquê? Os Bancos têm, desde há muito e graças ao dinheiro de que dispõem, colocado os seus homens no Governo (mais tarde, e em paga pelos seus préstimos, integra-os em lugares de administração bancária).

Graças a esses cavalheiros a soldo (sejam do PS, PSD e CDS), construíram-se centenas (milhares) de elefantes brancos pornograficamente caros, passando pelo CCB, Euro 2004, Expo 98, auto-estradas, as muitas dezenas de scuts, aeroportos, metros de superfície, casa da música, etc., aos quais os bancos iam buscar 1/3 em juros de empréstimos.


No Jornal Expresso de 1/9/2007, o jornalista Fernando Madrinha explicou sucintamente de que forma a Banca subsidia e utiliza a política e os políticos para saquear este país:

[...] «Não obstante, os bancos continuarão a engordar escandalosamente porque, afinal, todo o país, pessoas e empresas, trabalham para eles. [...] os poderes do Estado cedem cada vez mais espaço a poderes ocultos ou, em qualquer caso, não sujeitos ao escrutínio eleitoral. E dizem-nos que o poder do dinheiro concentrado nas mãos de uns poucos é cada vez mais absoluto e opressor. A ponto de os próprios partidos políticos e os governos que deles emergem se tornarem suspeitos de agir, não em obediência ao interesse comum, mas a soldo de quem lhes paga as campanhas eleitorais.» [...]


Que tem a dizer sobre isto o sorridente candidato António Pedro Santos?


De rui.freitas a 11 de Novembro de 2011 às 22:58
Caro Diogo (10 de Novembro de 2011 às 21:15), como já aqui lhe disse, "A Natureza das Cousas" tem muito que se lhe diga. Mas você não disse nada; pelo menos nada de jeito!
E já nem me refiro à confusão dos nomes do autor da foto (que, como bloguer sério, faço questão de sempre referir) com o do candidato à CPDistrital de Lisboa: Jorge Paulo Roque da Cunha; não. Refiro-me a essa "maravilhosa tirada" de que "os militantes não sejam envolvidos no debate!" Essa, foi de mestre... desencartado!
Então quem é que você entende dever ser envolvido? A sua resposta é por mim ansiosamente aguardada.
Eu percebo que você viva num mundo à parte, numa espécie de "bolha" de fantasia e, digo-lhe sinceramente, ainda consegue ser mais "naif" do que eu! Atrevo-me até a confessar publicamente que você "descobriu a pólvora"! Pena é que foi demasiado tarde, e gostaria de ter lido igual reacção, quando Sócrates & pandilha desgovernavam esta País.
Então os banqueiros e especuladores é que ditam "lérias" na política? CABUMMMM... descobriu a pólvora e acendeu o rastilho...
Ou será que está a referir-se às PPP's, SCUT's, Ascendi's, BES(es) e outros que levaram a fatia de leão e nos deixaram nesta degradante estado perante o resto da Europa e do Mundo? Se for assim...
Desconheço em que partido você milita; e isso para mim é o menos importante. Mas, no PSD não é certamente! Se fosse, estaria agora a ler o seu escrito, como uma séria e necessária crítica a quem nos colocou no buraco e não a quem dele nos quer tirar.
É difícil? É! Vai levar dois ou três anos? Espero que sim! Encontrará muros e muros de descrença? Claro que sim! Mas, toque lá na sua consciênciazinha (se a tem) e admita (se quiser, souber ou puder) que algo já começou a mudar em Portugal! Para mellhor.
Não tão cèleremente como desejávamos, mas note que já há quem tenha "as barbas de molho".
Ou ainda não reparou?


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS