Segunda-feira, 9 de Outubro de 2006
Polícia? Eu? Não... Obrigado!

0008t3rt

Quando eu era pequeno, havia sempre algum membro da família que me "ameaçava": "se não comes a sopa ou se não te portas bem, chamo o Polícia"... Aí até aos seis/sete anos, ficou-me "gravado" o trauma e, quando via um Polícia, logo tomava a postura de menino bem comportado... não fosse o diabo tecê-las!
A partir de certa idade, percebi finalmente que os Polícias estão nas ruas para nos protegerem, para nos darem segurança, para zelarem pelo nosso sono tranquilo.
Eu sei - porque se passou comigo -, que antes de Abril de 74, a polícia de então mandava dispersar grupos de três, quatro ou cinco estudantes que estivessem a conversar à porta do Liceu e que, por duas ou três vezes, tive que atirar para o mar o isqueiro... só porque não tinha licença para o usar. Coisa que os jovens de hoje desconhecem completamente.
Mas esse tempo já passou... só que continuamos (alguns) a sentir esse estúpido estigma de que tudo o que é agente da autoridade é anti-cidadão. E não é verdade!
Pouco a pouco, a pequena criminalidade tem vindo a crescer na nossa sociedade e, hoje, o carteirista, o pequeno delinquente que roubava a carteira ou a bolsa da senhora, mas tinha a decência de deixar os documentos próximo de uma Esquadra, já acabou!
O crime violento cresce exponencialmente na sociedade portuguesa. Basta ver e ouvir os noticiários nas nossas televisões. Sejam eles "máfias" de Leste ou do Oriente organizadas, toxicodependentes que roubam e/ou matam por 5 euros, ou até o "nosso vizinho do lado" que assassina a mulher e os filhos por ciúme...
Os exemplos, entram-nos todos os dias pelos olhos dentro!
Longe vai o tempo, em que numa recôndita aldeia do Minho, da Beira, do Alentejo, dos Açores ou da Madeira, a porta ficava apenas no trinco...
Bons tempos esses... que já lá vão.
Revoltamo-nos todos, e exigimos "a cabeça" do meliante que assalta e mata uma idosa para lhe roubar a parca reforma!
"Matamos e esfolamos" o "bandido" que assaltou uma pequena mercearia de bairro e, porque este quis defender o que era seu e lhe custou a ganhar, matou o merceeiro!
Gritamos aos "sete ventos" que o jovem que nos roubou o carro deveria ser trancafiado por longos anos numa prisão de alta segurança!
E depois, quando a Polícia actua, saímos à rua em manisfestação contra o ou os agentes que "usaram a força" contra conhecidos e detectados delinquentes...
Sejam eles da Polícia de Segurança Pública, da Guarda Nacional Republicana, da Polícia Judiciária ou até do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras que expulsou (coitadinho) um meliante que entrou no nosso País com a maior das facilidades.
O que é que queremos, afinal?
Segurança ou permissividade?
Por mim, prefiro o primeiro caso, ainda que por vezes a Polícia tenha que usar um pouco mais da autoridade que lhe tem vindo a ser retirada ano atrás de ano.
Sentimo-nos "orgulhosos" quando a PSP, GNR ou PJ apreendem algumas centenas de quilos de heroína, cocaína, haxixe, crack ou extasy... Mas ai do Agente que dê um estalo na cara do traficante: é logo crucificado! Coitadinho do traficante!
Sabem porque é que não me assustam as câmaras de vigilância, o levantamento do sigilo bancário ou as escutas telefónicas?
Porque não tenho nada a temer... Nada a esconder! Simplesmente!
Enquanto Presidente da Junta de Freguesia de Paço de Arcos, apenas e só tenho que elogiar o EXCELENTE TRABALHO E COLABORAÇÃO prestados pela Polícia de Segurança Pública de Oeiras que, perante algumas queixas e alertas enquanto Autarca, sempre respondeu de FORMA EXEMPLAR. Isto, desde o Comandante até ao Agente menos graduado desta Prestigiosa Corporação!
Sei - porque também já fui jovem -, que a juventude é, por princípio, irreverente e pouco acata os conselhos da Autoridade.
Mas também sei que a juventude de hoje é MUITO DIFERENTE da juventude do "meu tempo". Seja porque razão for, é mais agressiva (vejam-se os exemplos nas Escolas...), mais truculenta, mais violenta!
Sei, igualmente, que será "politicamente incorrecto" afirmar que estão "protegidos" por uma qualquer Associação de Apoio ou de Defesa de... Mas é verdade!
Mas não posso, NUNCA, esquecer que os Agentes Policiais estão a cumprir a sua missão, perdendo noites e noites em vigilâncias, em escutas, em patrulhas, em detecção de delinquentes... os tais "coitadinhos" que uma parte da nossa "sociedade" acaba por querer defender!
Vem tudo isto a propósito de dois casos recentes que envolveram Agentes da GNR (e de outros idênticos ocorridos com a PSP).
Quatro jovens embriagados, um deles conduzindo uma viatura sem seguro, fogem a uma ordem policial de paragem. Um Agente reage... dispara e, infelizmente (repito... infelizmente) atinge mortalmente um deles, ferindo gravemente outro.
E é crucificado nos Tribunais e na praça pública!
No dia imediato (creio), outros e outras jovens, conduzindo um carro roubado, dirigido por um condutor com cadastro por assalto à mão armada e com arma branca (outro "coitadinho"), desobedecem à ordem de paragem de outra brigada.
Resultado: um jovem em coma e uma jovem baleada!
E o Agente é, de novo, crucificado nos Tribunais e na praça pública!
Dizer que todos os Agentes da Autoridade são impolutos, correctíssimos e que seguem a Lei "by the book", seria mentir.
Mas, eu, felizmente, sempre me deparei com "os bons da fita"... Talvez porque sigo e respeito a Autoridade! Não a temo!
Confesso que não percebi nem gostei da atitude algo titubeante da Associação da Guarda na defesa dos seus Homens. Faltou-lhe genica porque, como sempre digo... quem não deve, não teme!
Meus senhores, são os vossos Homens que estão na "mira" dos Tribunais e da opinião pública. Defendam-nos com veemência!
Não me façam perder a (pouca) Fé que ainda tenho na Justiça!


tags:

Publicado por rui.freitas às 00:22
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

2 comentários:
De Bolota a 15 de Outubro de 2006 às 23:49
Rui de Freitas,
Você devia encontrar maneira de fazer chegar este seu texto às chefias da PSP e da GNR. Talvez, assim acordassem para a realidade.


De rui.freitas a 16 de Outubro de 2006 às 00:58
Caro "Bolota",
Eis uma boa ideia, pois ao colocar este "post", fi-lo com a mair honestidade possível (como sempre) e na defesa das "Forças da Ordem", que no nosso País continuam cada vez mais desautorizadas. O que é lamentável e só beneficia os "fora-da-Lei"!
Seguirá um "link" para estas duas Corporações que deviam merecer, de todos nós, os maiores encómios... Pois há que olhar ao "todo" e não apenas "à parte".


Comentar post

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS