Quinta-feira, 9 de Março de 2006
A tomada de posse (a 9 e não a 4 de Novembro)... ajuda a compreender

Exmo. Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Paço de Arcos;
Exma. Sra. e Srs. Eleitos para a o Executivo e Assembleia de Freguesia de Paço de Arcos;
Exmo. Sr. Vereador, Dr. José Eduardo Costa, meu Bom Amigo;
Querida Amiga e Amigos que comigo partilharam a honra e o gosto de servir Paço de Arcos, durante quatro anos, no Executivo da Junta de Freguesia que hoje cessou funções;
Digníssimas Entidades civis, militares e religiosas desta Freguesia que me acolheu em 1980;
Minhas Senhoras e meus Senhores,
Permite o regime democrático (felizmente) que, de quatro em quatro anos, os cidadãos eleitores escolham, livremente, um punhado de homens e mulheres que possam - E DEVAM - representar, apoiar e defender os seus legítimos interesses em órgãos muitas vezes esquecidos ou menosprezados como são a Assembleia e a Junta de Freguesia. Tempos houve em que não era assim, e eu - já com quase 54 anos de vida -, fui daqueles que, arrostando com as responsabilidades inerentes à decisão que isso implicava, me bati com os meios de que dispunha, para que essa legítima pretensão se transformasse em realidade. Tal como nesses tempos - e os que têm mais de 40 anos sabem do que falo -, milito, dou a cara e defendo os ideais em que, sinceramente, acredito. "Oeiras dá o exemplo", foi o mote e o ideal que o Partido Social Democrata - o meu Partido -, me propôs seguir, ao depositar nos meus ombros a responsabilidade de apresentar-me ao eleitorado de Paço de Arcos.
No alforge, trazia sete anos e meio de serviço empenhado, dedicado, desinteressado, honesto, transparente e sincero a esta Freguesia e aos que nela residem ou trabalham, e por isso - pensava eu -, assistia-me a legitimidade de os representar e defender. Porquê? Porque em 6 de Junho de 1998, seis meses depois de ter sido eleito na lista encabeçada pelo Presidente da Junta formalmente empossado a 4 deste mês, assumi por inteiro a responsabilidade que me competia: presidir aos destinos desta nossa Freguesia, apesar de alguns quase apostarem que não levaria a bom porto o barco que, sem o ter pedido, me colocaram nas mãos.
Enganaram-se, pois encontrei o porto seguro, fui "o homem do leme", e soube encontrar o caminho certo para responder aos anseios e necessidades da população de Paço de Arcos. Ao ponto de, em 2002, ser eleito com a maior maioria de sempre na nossa Freguesia, liderando a lista novamente apresentada pelo Partido Social Democrata. Não foi um orgulho... Foi uma honra e uma enorme responsabilidade!
Tanto assim foi, que relembro, aqui e agora, para os que já se esqueceram, o que disse o actual Presidente eleito, em entrevista concedida ao Jornal "A Voz de Paço de Arcos" em Dezembro de 2003. Quando questionado se o seu regresso à política estaria para breve, respondeu o seguinte (está escrito): "Só se o PSD o quiser, uma vez que a minha lealdade e dedicação ao Partido continuam a ser as mesmas. Penso, porém, que para já não será precisa a minha presença. Porquê? Porque, tal como no CDPA, a sucessão na Junta de Freguesia foi também um êxito, pois a indigitação do Sr. Rui Freitas revelou um autarca de gabarito, direi mesmo de «cinco estrelas» ".
Em 2005, aceitei o honroso convite para integrar as listas do PSD à Freguesia de Paço de Arcos, em circunstâncias que sabia serem difíceis porque anómalas, perante um estranho cenário composto por uma nova lista candidata no plano Autárquico. Encabeçado pela Dra. Teresa Pais Zambujo (a quem daqui cumprimento com a mesma amizade e respeito de sempre), o projecto definido pelo Presidente do PSD para o Município e Freguesias tinha como grandes linhas - nem poderia deixar de ser assim - a Verdade, Honestidade, Transparência, Correcção e Trabalho, muito trabalho em prol das populações.
Em Paço de Arcos, o eleitorado não ratificou esse projecto no passado dia 9 de Outubro, dando-nos apenas a possibilidade de sermos a segunda candidatura mais votada. Nem por isso deixaremos cair os braços, antes elevaremos bem alto a nossa cara, agindo com o mesmo sentido de responsabilidade de quando nos atribuíram anteriores maiorias. O trabalho não nos assusta; ser oposição séria, atenta e responsável também não.
Para mim, ser Autarca a sério, é um desafio inolvidável mas, mais do que isso, é uma sensação tão apaixonante que jamais alguém a poderá apagar da minha cabeça ou do meu coração.
Termino, citando um velho provérbio Mongol que me enviou há dias o meu grande Amigo Luís Finote, aqui presente: "O vitorioso tem muitos amigos; o vencido, bons amigos."
Muito obrigado a todos.
Rui Freitas - 2005.11.04



Publicado por rui.freitas às 02:44
Link do post | Adicionar aos favoritos

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS