Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2007
"Carta Aberta" a Miguel Sousa Tavares

Acabo de ler, no "Oeiras Local", uma "Carta Aberta" dirigida a Miguel Sousa Tavares, acerca da opinião por este expressa relativamente ao "duvidoso" comportamento dos Professores, Médicos e Juízes do nosso País!
A bitola é, seguindo a "moda", avaliar "por baixo" o trabalho desenvolvido por estas três classes profissionais. Mas, por ora, vou referir-me apenas aos Professores!
Tendo saído em aguerrida defesa da Sra. Ministra da Educação - que ora avança, ora recua nas medidas que ele própria propõe -, Miguel Sousa Tavares (filho do "Tareco" de boa memória), entende que todos os/as Professores/as são abstencionistas, mal-formados, desbaratadores do erário público através de horas extraordinárias que "cobram" e não fazem, etc., etc., etc.
Pois bem. Certamente, Miguel Sousa Tavares não conhece os mesmos Professores que eu!
Aqueles e aquelas com quem privei (e não me refiro aos meus bons tempos de Escola e de Liceu), são pessoas empenhadas e interessadas na sua profissão, em proporcionar aos seus alunos o melhor ensino possível, em ouvir as suas queixas e em tentar dar-lhes respostas adequadas, em não "cobrar" um minuto sequer de extraordinários ao Estado (que somos todos nós) por terem de ficar uma, duas ou três horas para além do seu horário a acompanhar os alunos com maiores dificuldades de aprendizagem, em darem "tudo por tudo" para que os seus educandos apreendam (e não apenas aprendam) a matéria leccionada.
Foram quatro as Escolas do Ensino Básico que conheci bem "de perto" em Paço de Arcos, e muitas as Professoras que assim pensam e assim agem...
Uma delas, por exemplo, suplantou - para mim - tudo e todos, pelo carinho que tinha e tem pelos seus alunos, pela forma "inteira" e desinteressada com que se entrega à sua educação! O seu exemplo é, ainda hoje, uma referência para mim!
Depois, analiso o reverso da medalha!
As dificuldades que essa Professora, todas as Professoras, encontram quando pretendem ir um "pouco mais além", exigindo, como deve ser e lhes compete, um pouco mais de esforço por parte dos alunos!
Ai Jesus, cai o Carmo e a Trindade!
"O meu filho" é sempre diferente dos outros... Não é!
"O meu filho" não pode ser tratado assim... Pode, claro!
"O meu filho" é "educado" por mim e instruído por si... Mas sabemos que não é assim!
Em boa verdade, o chamado "meu filho", é "depositado" na Escola pela manhã e "recolhido" ao fim da tarde... Não está na Escola para fazer qualquer sacrifício, para "obedecer" à Professora ou ao Professor e sim para ser um ser "livre"!
Deixem-me rir...
Então, não é o "sistema" (como dizia o "outro") que os "obriga" a passar de classe... Ainda que não o mereçam? Só para contar para as estatísticas!?
Então, não é o "sistema" que, agora, lhes quer impor a TLEBS?

Formação, profissionalização, são palavras em "voga" deste governo socialista! Tudo bem, mas a prática demonstra o contrário.
Começando pela formação. É que "formar" não se resume a "debitar" noções, por mais válidas que elas sejam!
Formar, é muito mais do que isso! É "formar" o indivíduo, a personalidade daqueles que, amanhã, regerão os "nossos destinos"!
Portanto, Miguel, ao "reprovares" os e as Professoras do meu País, estás a "reprovar" o próprio sistema de Ensino... Cada dia mais degradado e menos eficaz.
Não atribuamos é a culpa a quem ensina mas sim a quem não quer ser ensinado!

De acordo?



Publicado por rui.freitas às 01:43
Link do post | Adicionar aos favoritos

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obituário (1): faleceu o ...

De mim, para todos...

Poupança ou... desperdíci...

Já assinou?

Mais uma derrota... que n...

Mais uma derrota... que n...

"Despachados" e secretari...

Até a(s) barraca(s) abana...

Levantando um pouco do vé...

A "importância" do PDM-Oe...

Perguntar, não ofende...

Fim das sondagens sobre o...

29 de Setembro, no Municí...

Até já!

Por esta, muito menos... ...

Por esta, não esperava eu...

Fiquei com uma dúvida...

Revisão do PDM de Oeiras

Apagar o fogo com... gaso...

Isabel Sande e Castro: a ...

Ai João, João...

A "importância" do PDM-Oe...

Ainda o PDM: BE questiona...

PDM Oeiras já está em dis...

"Palavra, depois de dita....

Há cada mistério...

Desfeito o "mistério"...

Esta, sim, é uma excelent...

Temos candidato à Junta d...

Vou Cabo Verde

Ou és por mim...

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS