Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008
O "presidente da Junta"

O título chamou-me a atenção, quando relia o "Oeiras Actual", página 12, de Novembro passado (ver motivo, no post abaixo) e que aqui reproduzo, com a devida vénia ao autor, Luís Vaz do Carmo, in "Bloco de Notas", e à publicação em questão.

 

 

Nada de mais verdadeiro - em meu entender -, do que esta definição de Luís Vaz do Carmo, sobre O QUE É (ou devia ser) UM PRESIDENTE DE JUNTA!

 

Mas - nestas coisas há sempre um mas... -, o que Luís Vaz do Carmos deve desconhecer, é a realidade da presidência da Junta de Freguesia de Paço de Arcos!

Refere o autor que, o presidente da Junta é "o político que está mais próximo dos munícipes, mais concretamente dos fregueses". Devia ser mas, no caso, não é!

Quem pretender ou necessitar falar com o sr. presidente da JFPA, de duas uma: ou está lá entre as 08H00 e as 08H30 da manhã... ou então, só lá pelas 19H30... apenas para assinar o expediente. Até há um mês (mais coisa menos coisa), ainda era "encaminhado" para o Pavilhão (Gabinete da Direcção) do Clube Desportivo de Paço de Arcos. E agora?

"Sabe o que uma Junta de Freguesia pode fazer?" ("agora com poderes reforçados"), questiona o colunista, segundo o qual a Autarquia "pode intervir nos calcetamentos, na limpeza das ruas, na manutenção dos equipamentos destinados à infância e à terceira idade"...

Puro desconhecimento da realidade paço-arcuense!

Aquilo que ouço ao sr. presidente desta Autarquia, é que "vai oficiar à Câmara Municipal de Oeiras", para que mande arranjar! Pelas minhas contas, já devem ter seguido para a CMO mais de um milhar de ofícios (ler posts anteriores referentes a Assembleias de Freguesia).

Estou a lembrar-me, entre outros exemplos, do meu alerta para o degradado piso da "Alameda dos Torpedos" (assim auto-designada pela Junta de Paço de Arcos), para a qual, DURANTE UM ANO, andei a pedir especial atenção para o calcetamento dos buracos... Ao fim de 365 dias, o sr. presidente informou-me - em Assembleia de Freguesia - que iria pedir à CMO que procedesse em conformidade...

Então, para que serve a Delegação de Competências subscrita com a Edilidade, questionei eu? Pelos vistos... para nada!

Nem mesmo que a CMO inscreva em GOP's a transferência de 1.500.000 euros/ano para as 10 Juntas de Freguesia do Concelho, ao abrigo da tal DC, o que perfaz 150.000 euros/ano para cada uma.

Refere o autor do "Bloco de Notas", que a CMO transferiu "recentemente 67.000 euros para as Juntas de Freguesia do Concelho". Pois acredito que sim! O curioso, será saber quanto foi transferido para a Junta de Paço de Arcos (prometo ler com atenção os últimos Boletins "Oeiras Actual"... já agora, até para ver se condizem com os Relatórios apreciados em Assembleia de Freguesia)!

A propósito de "trabalho" desenvolvido: sabem quanto tempo estiveram "virados ao contrário" do sentido correcto dois sinais de trânsito colocados mesmo frente à Junta? Quase dois meses...

 

Mesmo admitindo que a Junta - por não ter meios técnicos e humanos - não proceda à limpeza das ruas, não posso aceitar, enquanto Autarca, que outras incumbências simples (já não peço mais...) e perfeitamente definidas em Protocolo de DC, sejam alvo permanente de "ofícios" para a Câmara Municipal de Oeiras. Para que serve esta Junta, afinal?

Para isto?

 

  (clicar, para ampliar)

 

Este Ofício, dirigido à "Exma. Sra. Vereadora Dra. Madalena Castro, A/C da Sra. Eng.ª Cristina Infante", tem por referência o n.º 3/2008, está datado de 2008-01-3 e tem como Assunto: "Ruas com buracos no asfalto".

Em primeiro lugar, pequenos buracos podem ser tapados (em emergência) com uma massa asfáltica designada "Lat-Hole" mas, de facto, as chamadas "crateras", só mesmo com asfalto, daí o correcto pedido de intervenção à CMO.

A grande "novidade", é que, agora, tais pedidos já são publicamente "publicitados" na zona em questão! Nestes casos, não é OBRIGAÇÃO de uma Junta atenta comunicar e solicitar a intervenção da Câmara? Ao que chegámos...!

Já agora, ficam três perguntas:

Se o sr. presidente ficou de "indicar as ruas desta freguesia que se encontram com buracos no asfalto" (como se lê no ofício), não haverá outras a merecer igual tratamento?

E quando esta for intervencionada (aguardemos), também o "publicitará" publicamente?

Haverá aqui alguma "cunha" do sr. presidente da Assembleia? É que, no local próprio, só uma vez o ouvi referir tal problema, a ponto de já lhe ter dito que "não espere que seja eu a defender a sua dama"... no caso, a CHE Nova Morada!



Publicado por rui.freitas às 01:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

O "presidente da Junta"

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS