Quinta-feira, 1 de Outubro de 2009
Obrigado, Paço de Arcos!

Tal como havia anunciado, decorreu ontem a derradeira Sessão da Assembleia de Freguesia de Paço de Arcos neste Mandato. Encerrou-se mais um ciclo na minha vida!

Ponderei seriamente se devia ou não estar presente, acabando por optar pela ausência. Fosse como fosse, as críticas não deixarão de surgir, razão pela qual devo aos leitores deste blog e, em especial, aos eleitores da Freguesia que continuo a Amar, uma explicação.

As Actas das Sessões deste órgão existem e são públicas, pelo que qualquer Cidadão as pode consultar. Nelas verão vertidas as minhas muitas intervenções.

Contrariamente ao que fui acusado por alguns ao longo destes quatro anos, fui eu o alvo principal "a abater" (basta lerem os comentários de muitos cobardes "anónimos" desde que o "Pinhanços dixit..." foi criado), uma das raras vozes que se fez ouvir para criticar e denunciar as trapalhadas, os compadrios, as irregularidades e as ilegalidades que se cometeram impunemente neste mandato.

A meu lado tive - é justo reconhecê-lo -, alguns elementos que me deram a honra de aceitar itegrar "a minha equipa" (perdoem-me a imodéstia) e aos quais sempre, mas sempre, foi concedida liberdade de voto. Houve quem usasse!

Nunca me atrevi a condicionar ninguém, mas alguns - poucos - deixaram-se condicionar!

Do mesmo modo que critiquei e apontei erros e omissões, também votei favoravelmente propostas que entendi serem correctas, justas e benéficas para Paço de Arcos. Está nas Actas!

De tudo me acusaram. Até - pasme-se - de ter contribuído para a morte de JOÃO DOS SANTOS AGUIAM SERRA! E precisamente por alguns daqueles que, quando ele mais precisou de Amigos, nunca estiveram a seu lado! Adiante.

Em 2005, aceitei o desafio de me recandidatar à presidência da Autarquia pelo Partido Social Democrata, o mesmo a quem tive o orgulho de "oferecer" (quatro anos antes, com obra realizada, como consta ainda do site da Junta - à excepção das imagens e textos "misteriosamente" desaparecidos) a maior maioria de sempre na Freguesia que escolhi e que me escolheu, adoptando este slogan:

" Rui Freitas - Consigo... por Si!"

Afinal, não consegui, por escassos quinhentos e poucos votos, que os eleitores decidiram não me conceder! Estavam e estão no seu direito, sobretudo numa eleição marcada pela cisão no PSD concelhio e consequente aparecimento de um movimento independente que "baralhou" todos os dados.

Aliás, poucos entenderam cinco situações muito importantes:

1.ª - Eu não mudei; continuei Militante no Partido ao qual pertenço;

2.ª - Por essa razão, fui ofendido, ostracizado, ameaçado telefonicamente (com os pneus do meu carro cortados no decorrer duma Assembleia de Freguesia);

3.ª - Outros mudaram e acharam que eu devia ter mudado também;

4.ª - Aos que mudaram e assumiram o seu acto, nada tenho a apontar;

5.ª - Denunciei e denunciarei, sim, aqueles que, aparentemente, se mantiveram no PSD mas, na realidade, já não estavam com o PSD, antes contra o PSD!

Exactamente aqueles que designo por "laranja-verde-alface".

E, quando a traição parte "de dentro", daqueles que menos esperamos, ainda é pior!

Mas isso pouco importa; assumi o meu lugar na Assembleia de Freguesia, de cabeça bem erguida e com o propósito de continuar a Servir Paço de Arcos! Arrostando, desde o início, com as mais diversas rasteiras e traições.

Não guardo rancores (embora insistam em dizer o contrário), mas os meus Pais sempre me disseram que, "quem não se sente, não é filho de boa gente". E eu, garantidamente, sou-o!

Fui eu próprio, sou eu próprio, continuarei a ser eu próprio! A pensar pela minha cabeça, recusando o "politicamente correcto"... e "vou continuar a andar por aí!".

De cabeça erguida, sem "pôr os olhos no chão" quando me cruzar com quem quer que seja (como alguns o fazem actualmente)!

Foi com algum natural orgulho que ouvi o que ouvi, no passado domingo, quando exerci o meu direito de votar!

Felizmente, ainda existem Cidadãos Sérios, puros e de distintas "cores" partidárias, que reconhecem a forma como Servi Paço de Arcos!

Era tudo isto que queria dizer na Sessão da Assembleia de Freguesia de ontem. Mas também sei que a emoção me tolheria a voz e não me permitiria fazê-lo da forma como melhor o sei fazer: escrevendo!

OBRIGADO!


tags:

Publicado por rui.freitas às 01:42
Link do post | Comentar | Ver comentários (16) | Adicionar aos favoritos

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Obrigado, Paço de Arcos!

Arquivos

Agosto 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Outubro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Links aconselhados
Mais sobre mim
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
RSS